Matérias Mais Lidas

imagemO dia que Ivete Sangalo arrasou cantando Slayer com João Gordo na TV aberta

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagemNoel Gallagher revela seu único arrependimento em sair do Oasis

imagemA hilária crítica de Roberto Frejat contra fala cheia de "pretensão" do Bon Jovi

imagemGuitarrista Brian Ray conta como é ter Paul McCartney como patrão

imagemJohn Frusciante conta como "espíritos" auxiliam seu processo criativo

imagemO impagável apelido que Andre Matos deu a Luis Mariutti por sua pontualidade

imagemO dia que Digão assistiu ensaio da Legião Urbana sem saber que era a banda

imagemBlackie Lawless relembra encontro inusitado com Cliff Burton em backstage

imagemUriah Heep: a audição de David Coverdale para substituir David Byron

imagemAvião de Edu Falaschi enfrenta granizo e banda relata pânico: "Quase morremos"

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemO Metallica não tem mais o que provar, muito menos algo novo para oferecer

imagemO motivo que fez com que cena do rock dos anos 1980 fosse inexpressiva em Belo Horizonte

imagemDicionário do Metal: cinco bandas com a letra A


Summer Breeze
Samael Hypocrisy

Pink Floyd: "The Dark Side of the Moon" sincroniza com "O Mágico de Oz"?

Por Rodrigo Clark
Postado em 06 de setembro de 2021

Em março de 1973, o Pink Floyd lançava seu oitavo álbum, intitulado "The Dark Side of the Moon". Mais de vinte anos depois, surgiu na internet um boato de que o álbum, quando tocado junto ao filme "O Mágico de Oz", de 1939, traria uma impressionante sincronia entre as músicas do disco e as cenas do filme. O Pink Floyd nega qualquer conexão entre as duas obras. No entanto, o filme e o álbum emparelham direitinho, fazendo com que a coincidência seja assombrosa!

Um jornalista chamado Charlie Savage resolveu investigar a história e, de fato, descobriu diversas semelhanças. Ele publicou uma matéria sobre o assunto e, mesmo que o Pink Floyd tenha negado qualquer influência do filme sobre a criação do disco, a lenda já havia ganhado vida.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em vídeo recente do canal "Só me resta o Rock'n'Roll" são demonstrados cada um desses pontos comuns entre o filme e o álbum.

Confira os pontos comuns entre as duas obras e comenta o que você acha dessas coincidências.

0’08" O álbum deve começar a tocar exatamente no terceiro rugido do leão da MGM, o que anuncia o início do filme.

4’01" Dorothy se equilibra na cerca do chiqueiro da fazenda. A música "Breathe" diz nessa hora: "and balanced on the biggest wave", ou seja, "equilibrado na maior onda".

4’09" Dorothy acidentalmente cai dentro do chiqueiro. A queda marca o início da música "On The Run", que tem andamento bem mais rápido.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

8’02" Dorothy estava sonhando com um lugar bonito e tranquilo, quando é despertada pelos relógios do início de "Time".

11’05" A cena do filme muda para Dorothy fugindo de casa com seu cachorrinho Totó no momento em que a letra da música "Time" diz: "no one told you when to run" ou seja, "ninguém lhe disse quando correr".

13’54" O vidente diz para Dorothy voltar para casa. No mesmo momento, o final de "Time" traz os versos "home, home again", que significa "em casa novamente".

16’11" O tornado começa no filme e a música "Great gig in the sky" fica mais agitada.

19’32" Dorothy vê a Terra de Oz pela primeira vez quando a música "Money" começa. É a primeira cena colorida do filme e "Money" é a primeira música do lado B do LP.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

21’13" A Bruxa Boa do Norte vem flutuando em uma bolha e recebe Dorothy na Terra de Oz. Enquanto isso, a letra de "Money" diz: "não vem com essa besteira de que é bom fazer o bem". ("Don't give me that do goody good bullshit")

33’45" Dorothy se despede da Bruxa Boa do Norte e dos munchkins e inicia sua jornada pela estrada de tijolos amarelos. A transição da cena é marcada pelo início da música instrumental "Any Colour You Like".

37’26" Dorothy encontra o Espantalho. Ele começa a cantar e dançar, dizendo o que faria se tivesse um cérebro. Enquanto isso, ouve-se repetidamente o verso: "the lunatic is on the grass" ("o lunático está na grama"), de uma música sutilmente chamada "Brain Damage", que significa "dano cerebral", em português.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

42’38" Dorothy encosta o ouvido no peito do Homem de Lata para comprovar que ele não tem coração. No mesmo instante, ouve-se batimentos cardíacos ao final da música "Eclipse".

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pink Floyd: Para David Gilmour, reunião de 2005 no Live 8 foi "como dormir com a ex"

David Gilmour pilota o próprio avião para ir tocar em disco de Donovan

Cinco capas de discos simples que ficaram marcadas para sempre

Rafael Bittencourt escolhe e comenta seu inusitado álbum favorito do Pink Floyd

"Comfortably Numb": Roger Waters lança nova versão "mais sombria" da canção

Pink Floyd: Roger Waters acidentalmente apagou solo de David Gilmour em "Animals"?

Pink Floyd: Nick Mason lista seus cinco bateristas preferidos

Com camisinhas, o Pink Floyd mudou a história dos shows ao vivo

Noel Gallagher foi esnobado por David Gilmour: "Acho que deixei ele p*to"

A opinião de Roger Waters sobre semelhança entre "Dark Side of the Moon" e "Mágico de Oz"

Roger Waters confessa que não tem o mínimo interesse em AC/DC ou Van Halen

Roger Waters lista e comenta as músicas que ele levaria para uma ilha deserta

Ian Anderson comenta o papel do Pink Floyd no surgimento do rock progressivo

Por que Radiohead é o Pink Floyd dessa geração, segundo Marcelo Damaso

Entrevista de Roger Waters pode arruinar venda bilionária do Pink Floyd

Slipknot: Jim Root molharia as calças se encontrasse David Gilmour

Alice Cooper recorda rolê com o Pink Floyd em Los Angeles em 1967

Rodrigo Flausino: em novo vídeo, a relação entre Chaves e o rock and roll

Aerosmith: curiosidades sobre a voz de Steven Tyler

Os dez maiores picaretas da música internacional


Sobre Rodrigo Clark

Rodrigo Clark é músico inscrito na OMB-SP, formado em Letras e criador do canal “Só me resta o Rock’n’Roll” no YouTube.

Mais matérias de Rodrigo Clark.