Black Sabbath & Blue Oyster Cult: a Black & Blue Tour de 1980

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Edson Medeiros, Fonte: Acid Experience
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Em 1980 dois pioneiros do Heavy Rock estavam em fase muito distintas de suas carreiras, o BLACK SABBATH - para muitos os patronos do Heavy Metal - passavam por uma fase de incertezas com a troca de vocalistas, saía OZZY OSBOURNE e entrava RONNIE JAMES DIO, estavam seguindo quase que aos trancos e barrancos com a tornê do seu novo álbum Heaven and Hell que só ficava em posições medianas nos principais catálogos, e o pior simplesmente não conseguiam lotar as casas de shows por onde passavam chegando até a cancelar algumas apresentações devido a pouca vendagem de ingressos. Enquanto isso seus rivais americanos do BLUE ÖYSTER CULT - que no inicio de carreira chegaram a ser considerados uma imitação barata do SABBATH - seguiam produzindo bons álbuns desde sua estreia homônima em 1972 até seu atual LP Cultösaurus Erectus, isso sem nem ao menos terem trocado uma vez de formação o que manteve sua reputação intacta sem sofrer a mesma baixa de popularidade que o SABBATH sofria com a saída de OZZY.

Separados no nascimento: Phil Lynott e TiriricaIron Maiden: as 20 melhores músicas da "Era de Ouro"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Ambos os grupos eram empresariados por SANDY PEARLMAN, que numa tentativa de melhorar a reputação do SABBATH nos EUA firmou um contrato entre as bandas para que elas excursionassem em conjunto, aproveitando-se da imensa popularidade do BÖC em sua terra natal para conseguir boas vendagens.

Desde o seu início a Black & Blue Tour se mostrou problemática a começar com a divisão do dinheiro, passando pelas diversas regalias solicitadas por ambas as bandas e a divergência sobre quem seria o headlinner, para evitar maiores problemas Pearlman decidiu contratar outras bandas para abrirem os shows, com o SABBATH e o BÖC revezando noite a noite quem entraria primeiro e quem fecharia o show.

Com o andamento da excursão a coisa só foi ficando pior, o pessoal do BÖC se irritava com a má-vontade de TONY IOMMI e Cia. para com eles e com as constantes sabotagens dos roadies do SABBATH com o seu equipamento durante os shows, enquanto isso IOMMI e GEEZER reclamavam dos privilégios que o CULT teve durante toda tour - eles acabavam sempre sendo favorecidos pelo empresário por terem sido revelados por ele ainda no inicio dos anos 70 - e lhes incomodava o fato de terem de se subjulgar a alguma outra banda, além disso, ainda ocorriam muitos problemas internos no SABBATH que inclusive culminaram na expulsão do baterista BILL WARD em meio a tour - devido a seus problemas com o abuso de álcool e ao sua depressão após a morte de seus pais - e na chegada de VINNY APPICE. O BLACK SABBATH ainda parecia carregar uma espécie de maldição durante a turnê com todo o tipo de má sorte acontecendo com eles, desde incêndios e o mal tempo até gigantescas confusões durante seus shows envolvendo o público, a polícia e a própria banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma das apresentações da Black & Blue Tour foi registrada em vídeo no Nassau Coliseum em Nova York, sendo lançada em VHS, mas nunca tendo sido oficialmente remasterizada em DVD.

No final das contas a tour foi pior para o BLACK SABBATH que sofreu durante toda a temporada nos EUA, já o pessoal do BÖC não tem boas lembranças mesmo é do mau-humor dos membros do SABBATH e da indiferença de que eram vitimas, afinal estavam em mais um ótimo ano.

Informações Gerais da Tour:

BLACK SABBATH:
RONNIE JAMES DIO (vocal)
TONNY IOMMI (guitarra)
GEEZER BUTLER (contra-baixo)
BILL WARD (bateria)
GEOFF NICHOLLS (teclados)*músico de apoio
VINNY APPICE (bateria)**entrou no meio da turnê substituindo o baterista BILL WARD

Setlist básico (BLACK SABBATH):
"War Pigs"
"Neon Knights"
"N.I.B."
"Lady Evil"
"Sweet Leaf"
"Children of the Sea"
"Black Sabbath"
"Heaven and Hell"
"Iron Man"
"Sabbath Bloody Sabbath"
"Orchid"
"Die Young"
"Paranoid"
"Children of the Grave"

BLUE ÖYSTER CULT:
ERIC BLOOM (guitarra-base, teclados e vocal)
BUCK DHARMA (guitarras-solo e vocal)
JOE BOUCHARD (contra-baixo)
ALLEN LANIER (teclados e guitarra)
ALBERT BOUCHARD (bateria e percussão)

Setlist básico (BLUE ÖYSTER CULT):
"Dr, Music"
"E.T.I. (Extra Terrestrial Intelligence)"
"The Marshall Plan"
"Cities on Flame with Rock and Roll"
"Unknown Tonge"
"Divine Wind"
"ME 262"
"Hot Rails to Hell"
"Black Blade"
"Godzilla"
"5 Guitars"
"Born to Be Wild"
"(Don't Fear) The Reaper"
"Roadhouse Blues"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção CuriosidadesTodas as matérias sobre "Black Sabbath"Todas as matérias sobre "Blue Oyster Cult"


Tony Iommi: ouça arranjo feito para Catedral de BirminghanTony Iommi
Ouça arranjo feito para Catedral de Birminghan

Álbuns: os vinte piores discos de todos os temposÁlbuns
Os vinte piores discos de todos os tempos


Separados no nascimento: Phil Lynott e TiriricaSeparados no nascimento
Phil Lynott e Tiririca

Iron Maiden: as 20 melhores músicas da Era de OuroIron Maiden
As 20 melhores músicas da "Era de Ouro"


Sobre Edson Medeiros

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280