John Lennon: 10 coisas que você não sabia sobre o Beatle

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: ultimateclassicrock.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

John Lennon, um dos compositores mais amados do mundo, completaria 71 anos neste domingo (09 de outubro). Através de seu trabalho com os BEATLES, suas colaborações com outros artistas e sua carreira solo, Lennon deixou uma marca musical que continua a inspirar cada nova geração com o passar dos anos. Enquanto milhares de fãs dos Beatles devem ter se reunido em volta do mosaico de flores "Imagine" em Strawberry Fields, no Central Park em Nova York para a celebração de seu aniversário, o Ultimate Classic Rock relembra algumas coisas do passado, em uma lista com as 10 coisas que você não sabia sobre John Lennon.

773 acessosRock: gênero é um trintão decadente, segundo Spotify5000 acessosCretin: transexual rompe barreiras no metal extremo

10. Segundo John, as melhores coisas dos Beatles nunca foram gravadas:

Mas o contexto deste comentários de Lennon, pode ser diferente do que você está pensando. Falando à revista Rolling Stone em uma entrevista em 1971, John disse que o sucesso do grupo tinha um preço e a fama esmagadora acabaram com sua criatividade e a banda nunca alcançou o seu potencial. "É por isso que nunca nos aperfeiçoamos como músicos, nós matamos a nós mesmos", disse ele.

09. Ele aprendeu a tocar vários instrumentos:

Um motorista de ônibus presenteou Lennon com um de seus primeiros instrumentos musicais, dando-lhe uma gaita, que Lennon passou a tocar extensivamente durante as apresentações e gravações iniciais com os Beatles. Sua mãe também lhe ensinou a tocar banjo e comprou-lhe a sua primeira guitarra. Ele tocou também uma variedade de instrumentos, incluindo o teclado Mellotron.

08. O filme "Let It Be" deixou Lennon se sentindo meio "cru":

Refletindo sobre o documentário dos Beatles "Let It Be" de 1970, Lennon disse que o filme foi criado por Paul para Paul. "Let It Be" foi uma das principais razões do fim dos Beatles, Lennon disse que ele e os outros membros estavam cansados de serem apenas "músicos acompanhantes" de Paul.

07. John Lennon não se contentava em ser apenas um "Beatle":

Como todos nós já sabemos, Lennon tinha uma personalidade diversa, inquieta e infinitamente criativa. Durante as filmagens de "How I Won the War", John refletiu sobre como ser uma celebridade lhe proporcionaria a capacidade de tentar com suas próprias mãos, encontrar outras saídas criativas, incluindo pintura, escritas e a forma de agir. Ele afirmou que seu objetivo era simplesmente encontrar algo que o deixasse mais excitado.

06. Para ele, Elvis Presley está no inferno:

Em uma conversa com a Playboy em 1980, Lennon explicou o motivo de sua retirada do mundo da música, dizendo que rock 'n'roll não era mais divertido. "Decidi optar por outro caminho em meus negócios, indo para Las Vegas e cantando alguns hits, se você tiver sorte pode ir para o inferno e se encontrar com Elvis. Mas se tiver frango frito no inferno, nós todos iremos pra lá.

05. Ele ofereceu alguns conselhos úteis para Bruce Springsteen:

"Cuidado, companheiro!". Esse foi o comentário que Lennon fez sobre Bruce Springsteen em 1980, para a revista Rolling Stone. "Deus ajudou Bruce Springsteen, e agora ele decidiu que não precisava mais Dele. Tomara que ele sobreviva pensando nisso".

04. Tudo que ele precisava era... de um traje do gorila?:

Lennon comprou um traje de gorila para si mesmo, certamente uma das compras mais interessante de todos os tempos. Ele pensava que todos na banda deveriam ter um, mas no final, ele foi o único. E embora John tenha usado algumas vezes, ele imaginava que dirigir sua Ferrari vestido daquele jeito seria uma bela forma de despistar os paparazzis, não é?

03. Ele criticava sua própria voz, acredite ou não:

Assim como muitos artistas, Lennon teve dificuldades com sua própria voz. O produtor George Martin disse a Ray Coleman (autor da biografia) que Lennon tinha uma "antipatia por sua própria voz", o famoso produtor dos Beatles não conseguia entender isso. Martin disse que Lennon sempre pedia para colocar mais efeitos em sua voz, para aque ela soasse "diferente".

02. "Dear Prudence" tem poderes curativos:

A irmã da atriz Mia Farrow, Prudence Farrow, estava se sentindo pra baixo e deprimida, e conheceu os Beatles enquanto participava de uma excursão espiritual com o guru Maharishi Mahesh Yogi. Na esperança de animá-la, Lennon compôs "Dear Prudence" para ela. "Prudence" provou ser exatamente a medicina musical que ela precisava.

01. Lennon e David Bowie compartilhavam um intenso desprezo pela fama:

Lennon ajudou a escrever a música "Fame", que se tornaria uma das mais conhecidas canções de David Bowie, após compartilhar histórias sobre momentos na vida que eles tinham desperdiçado, pelo resultado de seus status como celebridades. "Fame" em si surgiu de uma jam session, Bowie convidou John para ir ao estúdio e ele acabou tocando guitarra na faixa e também pode ser ouvida a voz de Lennon ao fundo.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 11 de abril de 2013
Post de 14 de julho de 2016

VinilVinil
Os dez discos mais vendidos nos EUA em 2017

773 acessosRock: gênero é um trintão decadente, segundo Spotify382 acessosRingo Starr: novo álbum sai em setembro, e traz Paul McCartney1327 acessosBeatles: Paul McCartney fecha acordo sobre direitos autorais306 acessosSgt. Pepper's: entrevista exclusiva com o Sargento Pimenta0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

Paul McCartneyPaul McCartney
"Não, não tenho! Nem na minha bunda!"

Bandas britânicasBandas britânicas
As 10 melhores de acordo com o WatchMojo

CapasCapas
Algumas das mais toscas de todos os tempos

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "John Lennon"0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"

CretinCretin
Transexual rompe barreiras no metal extremo

VocalistasVocalistas
Três grandes erros na história de três grandes bandas

HistóricasHistóricas
Fotos de encontros inusitados entre rockstars

5000 acessosSeparados no nascimento: Lady Gaga e Eddie5000 acessosOs Headbangers não praticantes5000 acessosChris Cornell: relatório policial descreve últimas horas e morte5000 acessosKiss sobre Secos e Molhados: "há quem acredite em OVNIs"5000 acessosRodolfo Abrantes: "Raimundos como banda não me interessa"5000 acessosGuns N' Roses: assista os primórdios da banda em 1986

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online