Miguel Bestard: músico uruguaio aprofunda suas raízes brasileiras

Resenha - Formas de Viajar - Miguel Bestard

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Victor de Andrade Lopes
Enviar Correções  

8

O vocalista e guitarrista uruguaio Miguel Bestard, que já rodou bastante pela Europa também, vem fincando raízes cada vez mais profundas em terras brasilis.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Falo não só de sua atuação no Suricato e nas bandas de apoio de André Frateschi e Paulinho Moska, mas também de seu segundo disco solo, Formas de Viajar, lançado em agosto de 2020.

A obra contrasta com a estreia Busker, de 2018, que era toda acústica, crua e simples. Criado conforme a atribulada agenda permitisse em formato de power trio (com Fafa Barbosa no baixo e Rodrigo Trobo na bateria), o álbum tem um jeitão de rock latino com uma levada que nos remete a Lenine, Nando Reis, Zeca Baleiro e o próprio Moska, que participa do carro-chefe do disco, "Êxodo Blues".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Grande aposta do lançamento, é a única em português e teve sua qualidade geral puxada lá pro alto com as intervenções da lenda carioca. O single reaparece como penúltima faixa todo repaginado, alongado e em espanhol.

O tempo é tema de várias canções ("Manaña Ayer", "Chronos" e "Un Día de 40 Horas"), mas a vida em geral (que nada mais é que uma longa caminhada sobre a linha do tempo) também é tema de outras, como "Respiré Agradecido" e "Cosmic Friend", que apesar do nome, mantém é em espanhol e pode ser uma espécie de balada no disco. Destaque para o verdadeiro diálogo que Miguel estabelece com sua guitarra ao longo da peça.

publicidade

Esta arte de "conversar" com as seis cordas, aliás, será reproduzida (e inclusive intensificada) em "Formas de Viajar", onde apenas o homem e suas seis cordas são ouvidos.

Juntando-se a Ritchie, Maga Bo e outros artistas estrangeiros "picados" pelo mosquito da música brasileira, Miguel já é mais tupiniquim que os artistas locais que tentam soar como os gringos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Abaixo, o clipe de "Êxodo Blues".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Track-list:
1. "Mañana Ayer"
2. "Chronos"
3. "Invisible"
4. "Éxodo Blues"
5. "Dale Voz"
6. "Cosmic Friend"
7. "Un Día de 40 Horas"
8. "Respiré Agradecido"
9. "Éxodo Blues 2"
10. "Formas de Viajar"

FONTE: Sinfonia de Ideias
http://bit.ly/miguelbestard




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Fotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron MaidenFotos de Infância
Bruce Dickinson, do Iron Maiden

Fotos de Infância: Jon Bon JoviFotos de Infância
Jon Bon Jovi


Sobre Victor de Andrade Lopes

Victor de Andrade Lopes é jornalista (Mtb 77507/SP) formado pela PUC-SP com extensões em Introdução à História da Música e Arte Como Interpretação do Brasil, ambas pela FESPSP, e estudante de Sistemas para Internet na FATEC de Carapicuíba, onde mora. É também membro do Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil e responsável pelo blog Sinfonia de Ideias. Apaixonado por livros, ciências, cultura pop, games, viagens, ufologia, e, é claro, música: rock, metal, pop, dance, folk, erudito e todos os derivados e misturas. Toca piano e teclado nas horas livres.

Mais matérias de Victor de Andrade Lopes no Whiplash.Net.

CliIL Cli336 WhiFin Cli336 Cli336