Apocalyptica: banda acerta em cheio ao revisitar a música instrumental

Resenha - Cell 0 - Apocalyptica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Victor de Andrade Lopes
Enviar Correções  

9

Após mais uma pausa relativamente longa entre álbuns (este é apenas o terceiro em praticamente uma década), o quarteto finlandês de cello metal Apocalyptica marca 2020 com um disco pra lá de especial: Cell-0, o primeiro totalmente instrumental desde Reflections (2003).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda vinha se enveredando por um caminho interessante ao trazer vozes humanas para suas canções. Por mais que os fins comerciais fossem nítidos, eles foram bastante felizes na aventura.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas a extensa turnê em comemoração ao Plays Metallica By Four Cellos deixou os fãs e o próprio grupo nostálgicos dos tempos instrumentais. E assim eles decidiram esquecer a cantoria e foram para o estúdio apenas com arcos e baquetas nas mãos. Ainda sem gravadora naquela época, a liberdade criativa foi total. O que rendeu ótimos frutos.

A abertura "Ashes of the Modern World" é um excelente cartão de visitas, mostrando todos os aspectos do Apocalyptica: o peso, a dinâmica, a emoção, a delicadeza, enfim. E essa demonstração continua na épica faixa-título, com quase 10 minutos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Rise" lembra "Farewell", a estupenda peça que marcou o lançamento autointitulado deles de 2005, mas claro que sem alcançar o mesmo nível de grandiosidade - o que não a torna menos incrível, ainda mais se levarmos em conta os sutis acordes ao piano que aparecem na reta final.

A relativamente pesada e certeira "En Route to Mayhem" é um dos destaques, seguida pela não tão empolgante "Call My Name", que fica abaixo da média puxada por suas companheiras.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Fire & Ice" tem sua introdução serena adornada com a sempre bem-vinda participação de Troy Donockley (Nightwish) e seus inconfundíveis sopros. Essa jogada é sucedida por uma sequência pesada e intrincada, aproximando o grupo do metal progressivo - algo que o próprio violoncelista Perttu Kivilaakso reconheceu em entrevista ao Music Waves.

A reta final vem com a morna "Scream for the Silent", que nos instiga com alguns toques sintéticos ao teclado; a esperançosa "Catharsis", com mais um pouco de piano, e a excelente "Beyond the Stars", que encerra o disco e a si mesma com forte carga emocional.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Esta faixa, aliás, assim como o terceiro single ("En Route to Mayhem") lida, ainda que instrumentalmente, com questões ambientais. E o álbum todo gira em torno deste conceito.

Cell-0 é um belo jogo de palavras. A princípio, parece "cello", o termo anglófono para violoncelo. Mas o título deve ser lido como "cell zero" - célula zero. A célula fundamental. Aquela sem a qual as outras não podem existir. O que isso tem a ver com o meio ambiente? É que, na visão dos membros, existe um elemento básico e não definido que nos falta e, por isso, os humanos acabam destruindo a natureza e as coisas bonitas que ele mesmo construiu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Cell-0 é um sucessor de Reflections que nunca teria soado assim se tivesse sido lançado logo após o dito-cujo. Os finlandeses não teriam demonstrado tamanha maturidade sonora sem os anos de shows e trabalhos diferentes que lançaram entre um e outro. Ele é a coroação da evolução musical do quarteto e abre 2020 já com uma das obras mais classudas e admiráveis que o ano nos oferecerá.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Abaixo, o vídeo de "Ashes of the Modern World":

Track-list:
1. "Ashes of the Modern World"
2. "Cell-0"
3. "Rise"
4. "En Route to Mayhem"
5. "Call My Name"
6. "Fire & Ice"
7. "Scream for the Silent"
8. "Catharsis"
9. "Beyond the Stars"

Fonte:
Sinfonia de Ideias
http://bit.ly/apocalypticacell0

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Apocalyptica: vídeo oficial da banda tocando "Master Of Puppets" em festival

Apocalyptica: lançada "Talk to Me", música com participação de Lzzy Hale

Apocalyptica: banda lançará single com participação de Lzzy HaleApocalyptica
Banda lançará single com participação de Lzzy Hale


Originalidade: 10 Bandas ou Projetos InusitadosOriginalidade
10 Bandas ou Projetos Inusitados

Metallica: Oito grandes covers feitas por outras bandas de Rock e MetalMetallica
Oito grandes covers feitas por outras bandas de Rock e Metal


Separados no nascimento: Dave Mustaine e Mika HakkinenSeparados no nascimento
Dave Mustaine e Mika Hakkinen

Black Sabbath: mais uma do Tony Iommi pra cima do pobre Bill WardBlack Sabbath
Mais uma do Tony Iommi pra cima do pobre Bill Ward


Sobre Victor de Andrade Lopes

Victor de Andrade Lopes é jornalista (Mtb 77507/SP) formado pela PUC-SP com extensões em Introdução à História da Música e Arte Como Interpretação do Brasil, ambas pela FESPSP, e estudante de Sistemas para Internet na FATEC de Carapicuíba, onde mora. É também membro do Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil e responsável pelo blog Sinfonia de Ideias. Apaixonado por livros, ciências, cultura pop, games, viagens, ufologia, e, é claro, música: rock, metal, pop, dance, folk, erudito e todos os derivados e misturas. Toca piano e teclado nas horas livres.

Mais matérias de Victor de Andrade Lopes no Whiplash.Net.

GooAdHor Goo336 Cli336 Goo336 Goo336 Cli336 Goo336 Goo336