Matérias Mais Lidas

Rodolfo Abrantes: O sonho da minha mãe era eu voltar aos RaimundosRodolfo Abrantes
"O sonho da minha mãe era eu voltar aos Raimundos"

Carlinhos Brown: ele diz que provocou garrafadas no Rock in Rio 2001 e explica razãoCarlinhos Brown
Ele diz que provocou garrafadas no Rock in Rio 2001 e explica razão

Metallica: TikToker que calou haters na guitarra agora tem patrocínio da Sully GuitarsMetallica
TikToker que calou haters na guitarra agora tem patrocínio da Sully Guitars

Nirvana: Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.Nirvana
Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.

Yngwie Malmsteen: aos 10 anos ele fazia solos de Blackmore e enganava os amigosYngwie Malmsteen
Aos 10 anos ele fazia solos de Blackmore e enganava os amigos

Kurt Cobain: ele não curtia Led Zeppelin e Aerosmith devido às letras machistasKurt Cobain
Ele não curtia Led Zeppelin e Aerosmith devido às letras machistas

Guns N' Roses: Bumblefoot revela quais músicas mais gostava de tocar ao vivoGuns N' Roses
Bumblefoot revela quais músicas mais gostava de tocar ao vivo

Soul Station: projeto de Paul Stanley com guitarrista brasileiro lança músicaSoul Station
Projeto de Paul Stanley com guitarrista brasileiro lança música

Jon Schaffer: Todd La Torre se diz chocado, mas não surpreso com atos do guitarristaJon Schaffer
Todd La Torre se diz chocado, mas não surpreso com atos do guitarrista

Sebastian Bach: ele volta a criticar Chris Jericho e diz que wrestling é uma m*rdaSebastian Bach
Ele volta a criticar Chris Jericho e diz que wrestling é uma m*rda

AC/DC: Axl Rose sempre sugeria músicas esquecidas para shows (mas em cima da hora)AC/DC
Axl Rose sempre sugeria músicas esquecidas para shows (mas em cima da hora)

Accept: Fomos a primeira banda de metal da Alemanha, afirma Wolf HoffmannAccept
"Fomos a primeira banda de metal da Alemanha", afirma Wolf Hoffmann

New York Dolls: morre o guitarrista Sylvain Sylvain, aos 69 anosNew York Dolls
Morre o guitarrista Sylvain Sylvain, aos 69 anos

Eddie Van Halen: ele chorou quando Wolfgang mostrou música que fala sobre perdaEddie Van Halen
Ele chorou quando Wolfgang mostrou música que fala sobre perda

Rock in Rio 2001: 5 shows históricos do festival, realizado há 20 anosRock in Rio 2001
5 shows históricos do festival, realizado há 20 anos


Matérias Recomendadas

Ortografia: como deveriam realmente se chamar as bandas?Ortografia
Como deveriam realmente se chamar as bandas?

Iron Maiden: o equipamento de palco da World Slavery TourIron Maiden
O equipamento de palco da World Slavery Tour

Bateristas: Os 30 melhores de todos os temposBateristas
Os 30 melhores de todos os tempos

Bruce Dickinson: vocalistas que ele respeita e admiraBruce Dickinson
Vocalistas que ele respeita e admira

As regras do Thrash Metal
As regras do Thrash Metal

Stamp
Tunecore

Cosmosquad: reafirmando química musical do supertrio

Resenha - Morbid Tango - Cosmosquad

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Victor de Andrade Lopes
Enviar Correções  

8

Em 2017, o trio de rock progressivo/jazz fusion de Los Angeles Cosmosquad, formado pelo guitarrista Jeff Kollman (Chad Smith's Bombastic Meatbats, Glenn Hughes, Mogg/Way, Asia featuring John Payne), o baterista Shane Gaalaas (B'z, MSG, Uli Jon Roth, Yngwie Malmsteen) e o baixista Kevin Chown (Tarja, Chad Smith's Bombastic Meatbats, Paul Gilbert, Tony MacAlpine), lançou seu quarto álbum de estúdio, The Morbid Tango.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Seguindo a lógica da discografia do supergrupo, o disco segue dando ênfase maior em guitarras distorcidas e músicas relativamente pesadas, deixando o jazz "puro" que os marcava em seus primórdios para momentos mais reservados.

A abertura autointitulada é um ótimo cartão de visitas para este álbum que reserva outros ótimos momentos técnicos e cativantes, como "Cyclops", "The Ballad of Rick James", "Recollection Epilogue" e "The Crosses".

Os primeiros minutos de cada uma das faixas "irmãs" "Still Life" e "Sangfroid" remetem aos trabalhos iniciais do grupo, aqueles em que o jazz imperava. Mas os minutinhos finais de ambas incorporam o som intrincado e agressivo mais recente do trio.

Além disso, considerando que o disco é instrumental, podemos eleger "Always Remember the Love" como sua balada? E fica então faltando mencionar apenas o breve interlúdio "Anatomy of a Beatdown" e o encerramento "Beyond Death's Door", que é tocado em dois tempos, sendo o segundo uma espécie de epílogo sereno acrescido do termo "Reprise" em seu título.

Sem dever nada a seus três antecessores, The Morbid Tango é a reafirmação da química e da virtuosidade deste supertrio que vale por um sexteto (com a ajuda de alguns membros de apoio).

Abaixo, uma apresentação ao vivo em estúdio de "Morbid Tango".

Track-list:
1. "Morbid Tango"
2. "Cyclops"
3. "The Ballad of Rick James"
4. "Anatomy of a Beatdown"
5. "Recollection Epilogue"
6. "Always Remember the Love"
7. "The Crosses"
8. "Still Life"
9. "Sangfroid"
10. "Beyond Death's Door"
11. "Beyond Death's Door Reprise"

Fonte: Sinfonia de Ideias
http://bit.ly/cosmosquad


Baladas de Sangue
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Ummagumma: Desentendimentos e confusões... o que é rock progressivo?Ummagumma
Desentendimentos e confusões... o que é rock progressivo?

Led Zeppelin: por que Robert Plant não gosta de cantar Stairway to Heaven?Led Zeppelin
Por que Robert Plant não gosta de cantar "Stairway to Heaven"?


Sobre Victor de Andrade Lopes

Victor de Andrade Lopes é jornalista (Mtb 77507/SP) formado pela PUC-SP com extensões em Introdução à História da Música e Arte Como Interpretação do Brasil, ambas pela FESPSP, e estudante de Sistemas para Internet na FATEC de Carapicuíba, onde mora. É também membro do Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil e responsável pelo blog Sinfonia de Ideias. Apaixonado por livros, ciências, cultura pop, games, viagens, ufologia, e, é claro, música: rock, metal, pop, dance, folk, erudito e todos os derivados e misturas. Toca piano e teclado nas horas livres.

Mais matérias de Victor de Andrade Lopes no Whiplash.Net.