RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemQuando o Lynyrd Skynyrd irritou Mick Jagger ao abrir o show dos Rolling Stones

imagemApós dez anos, Jason Newsted procura guitarristas para montar um projeto de metal

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemA única música tocada no Festival de Woodstock que atingiu o primeiro lugar nas paradas

imagemAs queixas que colegas do Paralamas mais fazem sobre Herbert Vianna, segundo o próprio

imagemSlash acha que os rockstars dos 60s e 70s eram mais inteligentes e educados que os dos 80s

imagemO hit da Legião Urbana antiviolência cantado sob perspectiva de jovem da periferia

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagem"A vida é curta", afirma Floor Jansen, vocalista do Nightwish

imagemJohn Lennon queria regravar todas as músicas dos Beatles, segundo produtor George Martin

imagemA bizarra lembrança que Kerry King tem do último show do Slayer

imagemA icônica reportagem de Glória Maria em que Raul Seixas disse que foi atropelado por onda

imagemA reação de Jairo Guedz quando houve o racha do Sepultura no auge do sucesso

imagemA vingança de Joana Prado (ex-Feiticeira) contra filhos briguentos que envolve RPM


Def Leppard Motley Crue 2

Black Sabbath: o Renascimento dos pais do Metal em Heaven And Hell

Resenha - Heaven And Hell - Black Sabbath

Por Mateus Ribeiro
Postado em 15 de fevereiro de 2019

A troca de integrantes em uma banda geralmente é difícil. Agora, imagine que essa banda é o Black Sabbath e que o vocalista que saiu da banda é Ozzy Osbourne. Parada indigesta, não? Até seria, se seu substituto não fosse Ronnie James Dio.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Não precisa ser muito esperto para saber o tamanho da contribuição de Ozzy Osbourne para a banda, e para a música em geral. Ozzy participava muito das composições, além de ser um grande frontman, talvez o maior de todos os tempos.

Dificilmente uma banda atingirá o nível criativo que o Sabbath atingiu em tão pouco tempo, lançando seis clássicos absolutos entre 1970 e 1975. Claro que os dois álbuns posteriores são bons, mas nada que chegue no pé de um "Sabotage", por exemplo.

Entretanto, após a tour de "Never Say Die", a demissão de Ozzy foi algo inevitável, pois além de vários desentendimentos, todos nós sabemos como o Madman gostava de experimentar todo e qualquer tipo de droga. Enfim, não havia outra saída que não fosse chutar a bunda do Madman.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Logo depois de Ozzy passar no RH, Tony Iommi recrutou Ronnie James Dio, que cantava no Rainbow, banda do (nada) simpático e (menos ainda) carismático Ritchie Blackmore.

A incerteza que cercava a banda era enorme. Ninguém sabia o que esperar. A dúvida se foi logo nos primeiros acordes da primeira música, a MARAVILHOSA "Neon Knights".

A qualidade, que havia ficado na porta do estúdio em "Technical Ecstasy" e "Never Say Die", voltou. E voltou com tudo. Começando pela capa, uma das mais belas e significantes dentro das milhares que já vi na vida.

A voz de Dio caiu como uma luva na sonoridade da banda, um pouco diferente do que a banda havia feito até então. Seja nas músicas mais corridas, seja nas canções mais cadenciadas, o baixinho deu uma aula de como um vocalista de Metal deve cantar. Com todo respeito ao gigante Ozzy, que é o vocalista com a cara da banda, mas Dio é o vocalista mais técnico que já passou pela maior banda de Metal que esse planeta já viu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vale ressaltar que além de debulhar no microfone, nosso querido e saudoso duende executou um trabalho excepcional ao escrever as letras do disco. O trabalho instrumental dos outros membros não precisa de nenhum comentário. É o mesmo Black Sabbath competente e inspirado de meia década atrás, porém, com um gás novo na banda, gás esse que vinha de alguém com muita vontade de conquistar o mundo.

Seja pela bela "Children of The Sea", pela agitada e grudenta "Wishing Well", ou pelo solo maravilhoso de "Lonely Is The Word", o disco vale ser ouvido desde o primeiro até o último segundo.

A cereja do bolo fica por conta da faixa título. "Heaven And Hell" se tornou um dos maiores clássicos da banda. Seu riff inicial arrepia até o menos sensível dos seres humanos. E o que dizer do baixo e da bateria conduzindo a música? Dio parece ter colocado 110% de seu sentimento ao gravar (e interpretar) esse hino do Metal. O solo de Iommi chega a encher os olhos de lágrimas, tamanho o feeling do maior criador de riffs da história. Emocionante. Música que vale a carreira de qualquer banda.

O disco fez a banda ressurgir. Dio foi uma escolha mais do que acertada. Uma pena que após o disco, a banda começou a mudar de formação mais do que time na zona de rebaixamento. Pouco importa, na verdade. A história já estava escrita, com a ajuda da voz de um ser com pouco mais de um metro e meio de altura. Porém, um gigante do Heavy Metal e da música.
Ouça. Se emocione. Sinta cada riff, cada nota, cada batida dessa obra sensacional.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"…fool, fool, look for the answer…"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Heaven And Hell - Black Sabbath

Resenha - Heaven and Hell - Black Sabbath

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.
Mais matérias de Mateus Ribeiro.