Matérias Mais Lidas

Bill Hudson: No Brasil, se você não tocar com ex-membro do Angra, ninguém vai ouvirBill Hudson: "No Brasil, se você não tocar com ex-membro do Angra, ninguém vai ouvir"

Tony Martin diz que Iommi liberou e seus álbuns com Black Sabbath serão relançadosTony Martin diz que Iommi liberou e seus álbuns com Black Sabbath serão relançados

A sincera opinião de Regis Tadeu sobre Lemmy Kilmister (Motörhead)A sincera opinião de Regis Tadeu sobre Lemmy Kilmister (Motörhead)

Eric Clapton: o que ele acha de ter tirado esposa de George Harrison?Eric Clapton: o que ele acha de ter tirado esposa de George Harrison?

Metallica: Cliff Burton observou Robert Trujillo durante sua audição para a bandaMetallica: Cliff Burton "observou" Robert Trujillo durante sua audição para a banda

Timo Tolkki compartilha pintura de Andre Matos e diz palavras de carinho ao amigoTimo Tolkki compartilha pintura de Andre Matos e diz palavras de carinho ao amigo

O dia que Jimi Hendrix abriu show com música dos Beatles e Paul McCartney assistiuO dia que Jimi Hendrix abriu show com música dos Beatles e Paul McCartney assistiu

Anthrax: Scott Ian toca Sepultura com filho virtuoso de 10 anos de idadeAnthrax: Scott Ian toca Sepultura com filho virtuoso de 10 anos de idade

Cantora de ópera ouve Painkiller pela primeira vez e dá sua opinião sobre Rob HalfordCantora de ópera ouve "Painkiller" pela primeira vez e dá sua opinião sobre Rob Halford

A sincera opinião de Lemmy Kilmister sobre Christina AguileraA sincera opinião de Lemmy Kilmister sobre Christina Aguilera

O grande mérito de Andre Matos enquanto cantor, na opinião de Fabio LioneO grande mérito de Andre Matos enquanto cantor, na opinião de Fabio Lione

Capital Inicial: o surpreendente motivo pelo qual Dinho Ouro Preto começou a usar drogasCapital Inicial: o surpreendente motivo pelo qual Dinho Ouro Preto começou a usar drogas

Marcelo Barbosa diz que seu curso online de guitarra dá mais dinheiro que o AngraMarcelo Barbosa diz que seu curso online de guitarra dá mais dinheiro que o Angra

Kiko Loureiro: o que o guitarrista do Megadeth pensa de quem o chama de arroganteKiko Loureiro: o que o guitarrista do Megadeth pensa de quem o chama de arrogante

A opinião de Diva Satanica, da Nervosa, sobre Tatiana Shmailyuk do JinjerA opinião de Diva Satanica, da Nervosa, sobre Tatiana Shmailyuk do Jinjer


Stamp

Astral Doors: um novo álbum de inéditas após três anos

Resenha - Black Eyed Children - Astral Doors

Por Franklin da Silva Monteiro
Em 23/08/18

Nota: 8

O ASTRAL DOORS volta com um álbum de inéditas após 3 anos, desde "No From the Shadows". O novo "Black Eyed Children" é o oitavo trabalho de estúdio da banda sueca, lançado em 31 de março de 2017, pela Metalville.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Contando com claras influências de Dio, principalmente nas linhas de vocais de NILS JOHANSON e no som que remete ao heavy metal clássico, era esperado mais um álbum de um trabalho bem executado que atende as expectativas de qualquer ouvinte.

Iniciando com "We Cry Out", com um som bem clássico, encaixa perfeito como música de abertura, é uma viagem de volta aos tempos de Rainbow.

‘Walls" é a segunda faixa, trazendo um estilo mais melódico, com introdução limpa e sonoridades remetendo a influências de Avantasia, explorando alternativas sonoras, como pode ser ouvido no encerramento da mesma.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

"God is Devil" é o rock clássico cheio de clichês, mesmo assim mostra qualidade, vindo na sequência outra ‘’hard rocker’’ "Die on Stage’’, com uma bela introdução executada por órgão e a lenta e cadenciada "Tomorrow’s Dead".

"Good vs. Bad" é uma canção furiosa, que traz de volta a velocidade de riffs bem executados, lembrando as canções de guerra de CIVIL WAR, projeto paralelo de JOHANSON, principalmente no refrão poderoso.

"Suburban Song", conta com uma bela introdução de violão e um andamento de fácil assimilação. Aqui ouvimos uma boa influência do hard rock clássico, bem nítido no som do ASTRAL DOORS, dividindo atenção com o heavy metal.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

"Lost Boy" é uma faixa que mistura riffs empolgantes de guitarra com boas doses de órgão, tornando o som bem encorpado. Mais uma vez o refrão bem executado, marca de uma boa banda com influências de power metal.

"Slaves to Ourselves" com uma introdução épica, contado com as harmonias de guitarra, fecha o ciclo do segundo ato do álbum, que inicia em "Good vs. Bad". Uma faixa bastante enérgica, possui ótimos solos de teclado e guitarra.

E por fim temos, Black Eyed Children", faixa-título com quase 9 minutos de duração, possui todos os elementos e clichês de um bom heavy metal. É uma das melhores faixas do álbum se levar em consideração a criatividade sonora desenvolvida ao longo da canção.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

No fim das contas, "Black Eyed Children" é um álbum que deve agradar, apesar das mudanças no horizonte sonoro do ASTRAL DOOS com o passar dos anos, quem acompanha a banda desde os primórdios, pode sentir falta do velho estilo tão marcante dos primeiros álbuns.

Faixas
01. We Cry Out
02. Walls
03. God Is the Devil
04. Die on Stage
05. Tomorrow's Dead
06. Good vs Bad
07. Suburban Song
08. Lost Boy
09. Slaves to Ourselves
10. Black Eyed Children

Banda
Nils Patrik Johansson – Vocals (Lion's Share, Wuthering Heights, ex-Civil War, ex-Richard Andersson's Space Odyssey)
Joachim Nordlund– Guitars (Sky of Rage)
Mats Gesar – Guitars
Jocke Roberg – Keyboards
Johan Lindstedt – Drums
Ulf Lagerstroem – Bass

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Heavy Metal: Alguns discos que são obras-primas pouco lembradas - Parte 3Heavy Metal
Alguns discos que são obras-primas pouco lembradas - Parte 3


Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos