Tressultor: "a sua próxima empadinha será de carne humana"!

Resenha - Cartel de Juarez - Tressultor

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Willba Dissidente
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em São Bento do Sul, Santa Catarina, o quarteto TRESSULTOR, está fazendo algo novo ao aliar o Thrash Metal groove dos anos noventa com vocais cantados em português, como era na época dos primórdios do estilo no Brasil. Acompanhe "Cartel de Juarez", segunda demo dos meninos e tenha cuidado: a próxima empadinha que você comer pode vir recheada de carne humana!

HailMetal.com: Os cinqüenta melhores álbuns de Death MetalBandas Novas: 10 coisas que vocês jamais devem dizer no palco

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando o Thrash Metal começou no Brasil, os grupos baluartes do estilo, DORSAL ATLANTICA, KORZUS, LEVIAETHAN, TAURUS, ANTHARES, OVERDOSE até o RATOS DE PORAO cantavam em português. Com a advento do fenômeno SEPULTURA (que já começou cantando em inglês), em especial nos noventa, todas essas bandas citadas estavam cantando em inglês. Muitas deles pegaram influência de EXORTATION e PANTERA e pisaram fundo no acelerador dos anos 1990 deixando os andamentos mais rápidos e "paradinhas matadoras" de lado para se tornarem grupos de Groove Thrash; também conhecido como "Pula-Pula". Nessa época não tinham bandas fazendo groove cantando em português, todas estavam no inglês. Não que o TRESSULTOR, tenha parado no tempo, já que no seu som se notam influências de grupos de Metalcore como HATEBREED, PROJECT 46 e outros.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O pessoal que só curte o Thrash Metal das basqueteiras pode estranhar esse som mais calcado nas bases sobre bases, com menos solos, ainda que existam aqui ou acolá, assim como o pessoal mais fã de PANTERA, pode desconfiar dos vocais em português; mas quem curte pancadaria, mosh-pitt, palavrões e temas sangrentos se divertirá nos 14 minutos de duração dessa demo. A abertura em dedilhado de "Ateu" dá um clima, o som fica na base mais cadenciada e de repente desce a laje do pré-refrão em diante. A faixa título é a que tem a letra mais repetitiva e é seguida de "Direção ofensiva" em que há um flete com o Death Metal. O destaque do disco é "Deliciosas empadas da Dona Isabel".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Esse tema tem o melhor refrão, um solo bem legal, além do andamento ser mais calcado nos clássicos do Thrash e menos moderno. Todavia, o ponto alto do destaque do disco é a letra da canção. Ainda que o título possa parecer cômico a música descreve com exatidão de detalhes bizarros e sangrentos o violentíssimo episódio de canibalismo e serais killers ocorridos recentemente na nordeste brasileiro.

Quem se interessar e quiser saber mais sobre o caso:

https://www.vice.com/pt_br/article/gy8mvx/o-jogos-mortais-br...

O fanatismo religioso de origem judaico-católico gerou no sertão do nosso Brasil uma série de crimes mais impetuosos que qualquer filme B, explotation, australiano como "Jogos Mortais". Não é à toa que o cd-demo comece defendendo o ateísmo e acabe no caso da seita conhecida como "O Cartel". E inclusive a personagem Juarez da faixa-título está também no número "Direção Ofensiva", dando a segunda demo do TRESSULTOR um aspecto de disco conceitual.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Cartel de Juarez" pode ser comprado diretamente com os meninos da banda por R$10,00 pelos links relacionados (ao final da resenha). O cd vem em mídia cd-r sem impressão em caixa acrílica com encarte contendo as letras. Por se tratar de uma demo é perdoável ter sido usado o mesmo desenho na traseira e contra-capa. A gravação de "Cartel de Juarez" é ao vivo no estúdio e tendo em vista esse gênero de registro de som é bem legal para se curtir.

O TRESSULTOR já está na sua segunda demo, ainda que agora - no geral - as músicas estejam mais curtas; mas quem curtiu a primeira também irá apreciar essa. É esperar que eles mantenham o nível nos próximos lançamentos.

TRESSULTOR:
Hans Kechele - Vocal e baixo.
Acelmo Kurowsky - Guitarra.
Renahn Grosch - Guitarra.
Lucas Cruz - Bateria.

Discografia:
Epidemia (Cd-Demo, 2014).
Cartel de Juarez (Cd-Demo, 2017).

Cartel de Juarez - nacional - indie - 13:45

01 . O Ateu (04:33)
02 . Cartel de Juarez (03:08)
03 . Direção Ofensiva (02:46)
04 . Deliciosas Empadinhas de Dona Isabel (03:17)

NOTA DO AUTOR: Willba Dissidente é vegetariano, mas caso não fosse se tornaria agora após descobrir pela demo do TRESSULTOR esse grotesco episódio ocorrido no interior do Pernambuco.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Tressultor"


HailMetal.com: Os cinqüenta melhores álbuns de Death MetalHailMetal.com
Os cinqüenta melhores álbuns de Death Metal

Bandas Novas: 10 coisas que vocês jamais devem dizer no palcoBandas Novas
10 coisas que vocês jamais devem dizer no palco


Sobre Willba Dissidente

Willba Dissidente é fã das bandas de hard rock dos anos 70 e 80 e de metal oitentista dos mais variados países. Quem quiser saber mais deve acessar seu canal no youtube. Obrigado! Stay Hard (True As Steel)!

Mais matérias de Willba Dissidente no Whiplash.Net.

adGoo336