Tombs: "The Grand Annihilation", mantendo sua marca indelével

Resenha - Grand Annihilation - Tombs

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcelo Hissa
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8

Quarto lançamento dessa intensa banda vinda dos confins do Brooklyn. Tombs lança mais uma rica obra de Sludge Black Metal. Sucedendo a qualidade ímpar de Savage Gold, o novo álbum, The Grand Annihilation, mantém a bola no ar e se proemine entre os trabalhos no estilo no ano de 2017.

Capas: 10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhosGuns N' Roses: a trágica história do baixista fundador

A mensagem do The Grand Annihilation é distribuída uniformemente em 10 faixas seguindo os preceitos do estabelecidos pela banda: vocais berrados, riffs cadenciados e distorcidos, mas sem perder a pressa, sob uma temática obscura e violenta. Black Sun Horizon já abre em sobressalto apresentando lado black metal intermeada por uma levada morosa doom. Essa toada doom assume um domínio mais marcante com vocais abrandados em Cold, Underneath, Shadows at the End of the World e Walk With Me in Nightmares. O ritmo arfante do black/death se salienta em faixas como Old Wounds e Way of the Storm. Tombs deixa claro o lema "menos é mais" e não se deixa levar pelo padrão comercial de criar músicas destoantes, balada indolentes ou hinos prolixos.

The Grand Annihilation é uma obra uniforme muito bem executada que mescla um padrão ritmo doom com a velocidade death e temática quase black. Sem grandes solavancos Tombs deixa claro o lema "menos é mais" e não segue o influxo comercial padrão de criar músicas destoantes, balada indolentes ou hinos prolixos.
Cada vez mais a banda fica a sua marca resoluta e inabalável no metal.

TrackList
1.Black Sun Horizon 05:23
2.Cold 04:50
3.Old Wounds 03:40
4.November Wolves 06:22
5.Underneath 04:26
6.Way of the Storm 07:10
7.Shadows at the End of the World 04:34
8.Walk with Me in Nightmares 02:17
9.Saturnalian 03:08
10.Temple of Mars 06:47




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Tombs"


Capas: 10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhosCapas
10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhos

Guns N' Roses: a trágica história do baixista fundadorGuns N' Roses
A trágica história do baixista fundador

Traduções: Letras de rock relacionadas a ocultismo e satanismoTraduções
Letras de rock relacionadas a ocultismo e satanismo

Gigwise: as capas mais polêmicas dos anos 2000Gigwise
As capas mais polêmicas dos anos 2000

AC/DC: os últimos dias do vocalista Bon ScottAC/DC
Os últimos dias do vocalista Bon Scott

Metallica: Hetfield com vergonha ao relembrar documentárioMetallica
Hetfield com vergonha ao relembrar documentário

PPCorn: as 5 maiores vozes do Rock - Freddie Mercury não é o 1ºPPCorn
As 5 maiores vozes do Rock - Freddie Mercury não é o 1º


Sobre Marcelo Hissa

Médico em horário comercial, fanático e colecionador de música em tempo integral. Tipo de música preferida: a boa, se tiver peso melhor ainda.

Mais matérias de Marcelo Hissa no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336