Tankard: um dos melhores discos da carreira da banda

Resenha - One Foot in the Grave - Tankard

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

9

E quem diria que a lenda do thrash metal alemão, os alcoólatras do TANKARD, após tantos anos de carreira (35 anos!), e no 17º álbum de sua discografia, colocariam no mercado um de seus melhores discos! Sim, caro amigo leitor, "One Foot in the Grave" é uma verdadeira obra prima do thrash metal, mostrando que a banda ainda tem muita lenha para queimar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Logo na primeira audição podemos constatar que "One Foot in the Grave" é um dos discos mais pesados da carreira dos caras, com um trabalho fabuloso de guitarras de Andy, e a agressividade latente transbordando em cada um das 10 faixas aqui presentes. E claro, tudo isso com aquela característica toda peculiar do quarteto em criar música pesada, sempre de forma crítica, mas com muito bom humor.

Já na abertura, com "Pay to Pray", e sua forte crítica às religiões-negócios, temos riffs e mais riffs em profusão, e as tradicionais linhas vocais de Gerre ainda mais agressivas. Uma das fortes candidatas a clássico instantâneo da banda que encontramos por aqui,

Há também diversos outras faixas que merecem ser citadas, como "Arena of the True Lies", que retrata os problemas das "falsas verdades" da internet; "Northern Crown", bem variada, e que traz inclusive alguns riffs que remetem ao thrash da Bay Area, e "Syrian Nightmare", que como o próprio nome já diz, trata dos horrores da guerra na Síria, aqui abordados de forma crua e na cara.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vale ainda mencionar a grudenta faixa título, ultra veloz e com um ótimo refrão, e que ganhou um clipe bem divertido.

E não bastasse tudo isso, a versão nacional do álbum, lançada pela Shinigami Records, traz ainda um CD bônus, com a apresentação da banda no Rock Hard Festival, em 2016, trazendo um setlist cheio de clássicos como "Zombie Attack", "The Morning After", "Rest in Beer", "Chemical Invasion" e "A Girl Called Cerveza".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ou seja, trata-se de um lançamento mais que imperdível, de uma das maiores bandas da história do metal germânico, que ainda se mostra em plena forma. COMPRE!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

One Foot in the Grave - Tankard
(2017 – Shinigami Records - Nacional)

1. Pay to Pray
2. Arena of the True Lies
3. Dont Bullshit Us!
4. One Foot in the Grave
5. Syrian Nightmare
6. Northern Crown (Lament of the Undead King)
7. Lock Em Up
8. The Evil That Men Display
9. Secret Order 1516
10. Sole Grinder

CD2 (Bonus Disc): Live at Rock Hard Festival 2016

1. Zombie Attack
2. The Morning After
3. Fooled by Your Guts
4. Rapid Fire (A Tyrants Elegy)
5. Rules for Fools
6. R.I.B. (Rest in Beer)
7. Metal to Metal
8. Not One Day Dead
9. Chemical Invasion
10. A Girl Called Cerveza
11. Rectifier
12. (Empty) Tankard

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Tankard: Crystal é uma cerveja tão ruim quanto a HeinekenTankard
"Crystal é uma cerveja tão ruim quanto a Heineken"

1986: O ano definitivo da música pesada1986
O ano definitivo da música pesada


Uruca: Os 9 mais azarados da história do RockUruca
Os 9 mais azarados da história do Rock

Megadeth: a canção que Dave Mustaine menos gostaMegadeth
A canção que Dave Mustaine menos gosta


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Goo336 CliIL Goo336 Goo336 Cli336 Goo336