Resenha - Varios Artistas - Roadie Metal - Volume VII

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Willba Dissidente
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Roadie Metal: 7° viagem pela estrada brazuca do Som Pesado.

No ar desde maio de 2014, o programa de web-rádio Roadie Metal é transmitido todas às quintas (das 20:30 às 23:00) e aos sábados (das 14:40 às 16:15). Além de entrevistar uma banda diferente a cada edição, o programa tem como mérito a criação de coletâneas (desde a segunda edição em disco duplo), focadas nas bandas que estiveram no segmento naquela época, com distribuição gratuita aumentando ainda mais a divulgação do diferenciado underground brasileiro. Acompanhe agora a viagem que o Roadie Metal fez pela sétima vez nessas estradas perdidas do Brasil.

Diferente de muitas coletâneas, filmes etc que prometem abranger o Brasil todo e mal citam algo fora do eixo Rio-São Paulo, a sétima coletânea do Roadie Metal conseguiu ao menos um representante de todas as regiões do Brasil; ainda assim as maioria dos conjuntos são cariocas ou paulistas. Porém, muito infelizmente, das 35 bandas só duas possuem mulheres na formação, totalizando TRÊS MUSICISTAS num universo de mais de 140 MÚSICOS!!!!! É o underground sendo exemplo de condições sociais e históricas que colocam a mulher em papel secundário na sociedade e também de anos de desenvolvimento estatal voltado à ex-capital federal e seu estado vizinho.

Voltando à coletânea, o primeiro Cd é o mais "leve", voltado para os grupos de Hard, Heavy, Power, Progressivo; enquanto no segundo se dá o Death, Thrash, Punk, HxCx. As únicas excessões são o S.I.F. no primeiro disco e o SOUTH HAMMER no segundo, pois se os invertessem funcionaria perfeitamente. Alguns ouvintes prefeririam todo os estilos juntos e misturados, outros podem achar melhor o viés escolhido pelo Roadie Metal. Esse crítico acredita que variar estilos torna o material mais dinâmico, já que dificilmente alguém, por exemplo, só ouve Heavy e não se interessa por Thrash. Ainda que a diagramação do encarte não esteja uniforme, todo trabalho artístico de Marcelo Nespoli está de parabéns. Super variado e muito bem sacado no tema do motociclismo, caveiras e ambientes de se viajar, as 16 páginas trazem nomes de todos os grupos, integrantes, link de contato e deveria conter uma foto de cada banda, mas por a falta de profissionalismo de algumas bandas em enviar a foto, a mesma foi substituída pela capa do disco. Embaladas em capa de papelão, os dois CD-r vem com mídia de papel impresso colado.

Chegando ao recheio do bolo, a música, iremos aos pedaços, ou um disco de cada vez.

O destaque do disco inicial é também a banda mais velha no CD, os paulistanos do TROPA DE SHOCK. Na ativa desde 1989, o, agora, quinteto apresenta uma volta ao Heavy tracional à la JUDAS PRIEST da época "Painkiller" que no passado os consagrou. Outro destaque é o Hard Rock progressivo UNDERLOAD com enfase nas guitarras de Sasha Z. Heryn Dae também chama a atenção com seu ótimo Heavy Tradicional com passagens em outros idiomas e fazendo um trampo mais cru temos o OVERHEAD que soa algo como o THE RODS (época do "Wild Dogs") em português. O MAKINARIA ROCK apresenta o Hardão setentista 'modernizado' e peca na letra ao citar um palhaço sem dedo. Todos temos direito de protestar contra políticos que não gostamos, mas ironizar uma deficiência física é por demais cruel; ainda mais se essa deficiência foi adquirindo trabalhando numa ocupação que nunca quem nasceu rico precisaria labutar. O APERYON trouxe a mais longa música do disco, com quase 9 minutos, também, infelizmente a com a produção mais pobre.

Completam o cast VATE CABBRAL (New Metal com solo de guitarra), GRAVIS (thrash metal moderno), VÁLVERA (tradicional com vocal de thrash em português), DOLORES DOLORES e NORMANDYA (Groove Metal), BLESSED IN FIRE (metal melódico no instrumental com vocal diferenciado), S.I.F. (hardcore em português com vocal feminino gritado), UNDERHATE (na fronteira do Heavy e do Thrash), EDUARDO LIRA (instrumetal rápido e pesado com destaque no bumbo duplo de Miguel dos Anjos), FENRIR'S SCAR (Metal gótico moderno com vocal masculino e feminino) e SYREN (cujo vocalista Luis se destaca).

O segundo disco tem como destaque outra banda fundada também em 1989, só que do interior de Minas Gerais: DEADLINESS. Não obstante a longa carreira, o grupo apresenta a faixa título do primeiro full length, "Guerreiros do Metal"; Thrash Metal clássico com algumas passagens groove. Após o início com o VOODOOPRIEST, Death Metal do ex-vocal do TORTURE SQUAD, e MONSTRACTOR, Thrash, ambos muito bem produzidos, o CD solta as duas bandas com gravação mais modesta do cast (FORKILL, CRIMINAL BRAIN) interpoladas por KRYOUR (Death muito bem produzido). Além do DEADLINESS, os outros destaques são o DEMOLITON e o HELLMOTZ (com seu Thrash tradicional), o DIOXINA (com o baixo desgraçado do David Collins e letra em português), além do HEAVENLY KINGDOM (aquele thrash oitentista com longas introduções e bons riffs, na mesma pegada do THE FORCE) e HxCx nordestino do CRUSH.

Também é digna de destaque a banda de Death Metal HANDSAW (cuja um integrante saiu na foto oficial do grupo segurando seu cachorro) e o MELAINE KLAIN (cujo guitarrista se chama Chapolin). Completam o disco DEATH CHAOS (Death Groove moderno), PYSCHOSANE (thrash moderno), AS DO THEY FALL (Thrash variado em escalas menores) e o SOUTH HAMMER (cujo instrumental é heavy, mas o vocal é gutural).

Após ouvir o segundo disco e ter o ouvido mais machucado de quem levou uns jabs do Maguila e teve a orelha arrancada às mordidas pelo Mike Tyson, ficasse aquela sensação boa que o Brasil tem muitas e milhares de bandas maravilhosas a serem conhecidas. Bora percorrer essas estradas na garupa do Roadie Metal!

Contato para bandas que desejam sair na coletânea e/ou editores para o site Roadie Metal: gleison@roadie-metal.com

CD I - 79'32''
01 - SYREN - Motordevil
02 - TROPA DE SHOCK - Inside The Madness
03 - VÁLVERA - Cidade Em Caos
04 - DOLORES DOLORES - I Was Wrong
05 - UNDERLOAD - Let It Go
06 - MAKINÁRIA ROCK - Eleição Ou Gozação
07 - HERYN DAE - Heryn Dae
08 - OVERHEAD - Overhead
09 - NORMANDYA - Lost Seasons
10 - FENRIR'S SCAR - Downfall
11 - BLESSED IN FIRE - Blessed In Fire
12 - APEYERON - The Dance Of Fire
13 - S.I.F. - Puritania
14 - GRAVIS - Ladrão
15 - VATE CABAL - A Extração Da Pedra Da Loucura
16 - UNDERHATE - Revolution Day
17 - EDUARDO LIRA - Sunrise

CD II - 79'55''
01 - VOODOOPRIEST - Juggernaut
02 - MONSTRACTOR - The 4th Kind
03 - FORKILL - Let There Be Thrash
04 - KRYOUR - Chaos Of My Dream
05 - CRIMINAL BRAIN - Victim
06 - HANDSAW - Supreme Being
07 - DYING SILENCE - Sem Conserto
08 - DEMOLITION - Infected Face
09 - DEADLINESS - Guerreiros do Metal
10 - HELLMOTZ - Wielding The Axe
11 - DEATH CHAOS - House Of Madness
12 - MELAINE KLAIN - Lavagem Celebral
13 - PSYCHOSANE - Road
14 - AS DO THEY FALL - Nemesis
15 - DIOXINA - Sombras
16 - HEAVENLY KINGDOM - Hungry Misery And Pain
17 - SOUTH HAMMER - Harley My Motorcicle
18 - CRUSH - Pedrada

Links Relacionados:
http://www.canalfelicidade.com/
http://www.facebook.com/RoadieMetal
http://www.soundcloud.com/roadie-metal
http://www.twitter.com/roadiemetal




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Tropa De Shock"Todas as matérias sobre "Deadliness"Todas as matérias sobre "Voodoo Priest"Todas as matérias sobre "Underload"


Thrash Metal: 20 bandas brasileiras de qualidade inquestionávelThrash Metal
20 bandas brasileiras de qualidade inquestionável

Vitor Rodrigues: Walk on home, Phil!Vitor Rodrigues
"Walk on home, Phil!"


Rob Halford: explicando por que chutou o celular do fã durante o showRob Halford
Explicando por que chutou o celular do fã durante o show

Sonho de Consumo: os 10 palcos de shows mais desejadosSonho de Consumo
Os 10 palcos de shows mais desejados

Guitar World: melhores solos de guitarra de todos os temposGuitar World
Melhores solos de guitarra de todos os tempos

Guns N' Roses: a trágica história do baixista fundadorGuns N' Roses
A trágica história do baixista fundador

Hard Rock: as 25 melhores músicas acústicas do gêneroHard Rock
As 25 melhores músicas acústicas do gênero

Linkin Park: Chester está no nível de Freddie Mercury e James HetfieldLinkin Park
"Chester está no nível de Freddie Mercury e James Hetfield"

Religião: os rockstars que se converteramReligião
Os rockstars que se converteram


Sobre Willba Dissidente

Willba Dissidente é fã das bandas de hard rock dos anos 70 e 80 e de metal oitentista dos mais variados países. Quem quiser saber mais deve acessar seu canal no youtube. Obrigado! Stay Hard (True As Steel)!

Mais matérias de Willba Dissidente no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336