Freedom Call: Para alegrar os fãs de power metal melódico

Resenha - Master of Light - Freedom Call

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Quando surgiu, em 1998, o FREEDOM CALL causou frisson no mundo do metal melódico, já que tinha em sua formação o então baterista do GAMMA RAY (um dos principais nomes do estilo), Dan Zimmermann (que hoje já não faz mais parte da banda), e lançando um ótimo debut em 1999, “Stairway to Fairyland”. Todavia, a banda nunca conseguiu se firmar como uma das grandes do estilo, embora sempre com lançamentos consistentes, como este “Master of Light”, talvez seu melhor álbum desde o debut.

5000 acessosHeavy Metal: cinco discos necessários dos anos setenta5000 acessosChinese Democracy: de 1994 a 2008, a saga do álbum mais caro da história

Bem mais pesado que os trabalhos anteriores, e com o vocalista, guitarrista e líder Chris Bay cantando de forma bem mais espontânea, e sem os gritinhos insuportáveis de outrora, “Master of Light” é um verdadeiro deleite para os fãs do Power metal melódico, da escola de bandas como GAMMA RAY, STRATOVARIUS, ANGRA e é claro, o HELLOWEEN.

“Metal is for Everyone”, por exemplo, mostra bem esse lado mais pesado da banda, com riffs excepcionais, e uma timbragem instrumental mais agressiva e suja, mas com ótimas melodias, e um refrão para se cantar junto logo na primeira audição. Esta mesma linha também é seguida na ótima “A World Beyond”, com Chris cantando muito.

“Hammer of the Gods”, outro dos destaques do trabalho, segue o padrão “I Want Out”/”Future World” de composição em questão de metal melódico, parecendo que foi o próprio Kai Hansen (HELLOWEEN, GAMMA RAY, UNISONIC) quem a compôs.

Os arranjos vocais, em especial os coros, também chamam muito a atenção, e sem dúvida tiveram uma preocupação especial da banda durante o processo de gravação, contando inclusive com a participação de Oliver Hartmann (AVANTASIA, AT VANCE) nos backings.

Assim, se você curte o estilo, e não procura por inovações, mas sim por um trabalho inspirado, que abusa dos clichês, mas de forma correta, e que lhe trará momentos de mais pura diversão, eis aqui uma ótima pedida!

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Master of Light – Freedom Call
(2016 – Shinigami Records)

Track List:

1. Metal is for Everyone
2. Hammer of the Gods
3. A World Beyond
4. Masters of Light
5. Kings Rise and Fall
6. Cradle of Angels
7. Emerald Skies
8. Hail the Legend
9. Ghost Ballet
10. Rock the Nation
11. Riders in the Sky
12. High Up

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Freedom Call"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Freedom Call"

Heavy MetalHeavy Metal
Cinco discos necessários dos anos setenta

Guns N RosesGuns N' Roses
De 1994 a 2008, a saga do álbum mais caro da história

MetallicaMetallica
A regressão técnica de Lars Ulrich

5000 acessosPensadores e autores que inspiraram o Heavy Metal: Friedrich Nietzsche5000 acessosSeparados no nascimento: Ian Hill e Stênio Garcia5000 acessosIvete Sangalo: "Ouço muito SOAD, Linkin Park, Slipknot e Rush"5000 acessosBlack Sabbath: pouco importa se Deus está vivo ou morto5000 acessosJoe Satriani: "Kirk Hammett foi um ótimo aluno"5000 acessosGuns N' Roses: qual a porcentagem de Axl, Slash e Duff no butim?

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online