Matérias Mais Lidas

Por que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos TrilhaPor que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos Trilha

Anitta explora rock e punk em nova música Boys Don't Cry, segundo revistaAnitta explora rock e punk em nova música "Boys Don't Cry", segundo revista

Youtuber expõe miséria que Spotify repassa a bandas de metal brasileiroYoutuber expõe miséria que Spotify repassa a bandas de metal brasileiro

A opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano BrownA opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano Brown

A música do Metallica que Kurt Cobain não parava de pedir para Kirk HammettA música do Metallica que Kurt Cobain não parava de pedir para Kirk Hammett

Chega de Angra e Megadeth: Quais as favoritas do Kiko Loureiro pra tocar de boa em casa?Chega de Angra e Megadeth: Quais as favoritas do Kiko Loureiro pra tocar de boa em casa?

Judas Priest: a surpreendente música que colocou a banda no mainstreamJudas Priest: a surpreendente música que colocou a banda no mainstream

Black Sabbath: o dia que o jardineiro de Iommi chamou álbum da banda de Eternal IdiotBlack Sabbath: o dia que o jardineiro de Iommi chamou álbum da banda de "Eternal Idiot"

Iron Maiden: veja Adrian Smith cantando Wasted Years durante show do Smith/KotzenIron Maiden: veja Adrian Smith cantando "Wasted Years" durante show do Smith/Kotzen

O álbum que mudou vida de Tuomas Holopainen e possibilitou criação do NightwishO álbum que mudou vida de Tuomas Holopainen e possibilitou criação do Nightwish

Legião Urbana: conheça o casal que inspirou Eduardo e Mônica, que virou filmeLegião Urbana: conheça o casal que inspirou "Eduardo e Mônica", que virou filme

A forte resposta de Cazuza para sua mãe ao ser questionado sobre sua orientação sexualA forte resposta de Cazuza para sua mãe ao ser questionado sobre sua orientação sexual

Black Sabbath: Tony Martin achou que fosse apanhar de Dio no primeiro (e único) encontroBlack Sabbath: Tony Martin achou que fosse apanhar de Dio no primeiro (e único) encontro

Testament: Gene Hoglan não é mais o baterista da bandaTestament: Gene Hoglan não é mais o baterista da banda

Black Sabbath: Tony Martin revela que não gostava da banda quando era jovemBlack Sabbath: Tony Martin revela que não gostava da banda quando era jovem


Stamp

Bon Jovi: Os 30 anos do radiofônico "Slippery When Wet"

Resenha - Slippery When Wet - Bon Jovi

Por Igor Miranda
Em 18/08/16

Antes de "Slippery When Wet", o Bon Jovi era uma boa banda de hard rock. Tinha seus momentos, mas, no geral, o grupo fazia um tipo de som não tão comercial. Por vezes melódico demais, o quinteto apostou, em seus dois primeiros discos, em passagens manjadas e produções oitentistas demais, com teclado na linha de frente e músicas de trabalho indefinidas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O diferencial do Bon Jovi só veio em "Slippery When Wet", lançado em 18 de agosto de 1986. E não foi apenas em função dos músicos envolvidos: o produtor Bruce Fairbairn e o compositor Desmond Child fizeram a diferença em todo o processo. Ambos os profissionais deram a orientação pop que o grupo precisava para atingir o objetivo de estourar mundialmente.

Conscientes de que a medida poderia transformar a banda em uma potência do rock, os músicos do Bon Jovi não economizaram em empenho. Com Desmond Child, o grupo compôs 30 músicas e as tocou para adolescentes de Nova Jersey e Nova York. A ideia era ter a opinião deles, que, até então, formavam a base de fãs.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com um norte mais definido, a banda intensificou os trabalhos e chegou ao resultado final, com 10 hits em potencial. Parece exagero, mas não é: em "Slippery When Wet", todas as canções poderiam ser lançadas como single.

A evolução do Bon Jovi em "Slippery When Wet" não acontece só no repertório, como também na execução. Jon Bon Jovi usa melhor a própria voz, Richie Sambora passa a desenvolver ganchos e riffs de guitarra como ninguém - além de aparecer mais como backing vocal principal -, David Bryan parece aprender os momentos ideais para que seu teclado apareça e tanto o baixista Alec John Such quanto o baterista Tico Torres fazem o que uma cozinha deve fazer: dar sustentação.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após uma introdução climática de quase um minuto, com guitarra e teclados, a pesada "Let It Rock" abre o disco. A faixa não resume a proposta de "Slippery When Wet", justamente por ser a mais densa da tracklist em pegada, performance e tonalidade. Boa música.

Na sequência, o hino arena rock "You Give Love A Bad Name" mostra o diferencial da presença de Desmond Child. A canção, feita por ele originalmente para Bonnie Tyler, chegou a ser lançada com versos diferentes e o título "If You Were a Woman (And I Was a Man)". Não fez sucesso. Nas mãos do Bon Jovi, a música parece ter se encontrado - e o próprio Bon Jovi, aqui, encontrou a sua fórmula ideal, que é trabalhar o hard rock no limite aceitável do pop.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O mega-hit "Livin" On A Prayer", que vem a seguir, quase não entrou no disco. Jon Bon Jovi não estava convencido de que a música era boa o suficiente, mas Richie Sambora insistiu que a canção deveria entrar. Entrou e fez história, pois é o single de maior sucesso da história do grupo.

As duas próximas faixas destacam Richie Sambora. Enquanto a boba/divertida "Social Disease" evidencia a pegada de Sambora na guitarra, a climática "Wanted Dead Or Alive" mostra como o músico é preciso no violão. Apesar de ter se tornado um dos momentos de Sambora nos palcos, a canção foi feita em boa parte por Jon Bon Jovi, que admitiu, durante um show em 2008, que se inspirou bastante em "Turn The Page", de Bob Seger, durante o processo de composição.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Raise Your Hands" reúne todos os clichês possíveis em sua letra e, ainda assim, é divertida. O riff principal, o refrão pegajoso e o instrumental do solo de guitarra se destacam por aqui. Guiada pelos teclados de David Bryan, a semi-balada "Without Love" poderia ter um refrão melhor, mas é uma boa canção.

Arena rock de primeira, "I"d Die For You" é o momento que mais remete aos dois primeiros discos do Bon Jovi, especialmente por ser comandada pelos acordes cheios de David Bryan. Na sequência, a arrastadíssima balada "Never Say Goodbye" e a grudenta "Wild In The Streets" dão um fim tipicamente oitentista a "Slippery When Wet" - são duas músicas claramente datadas, mas ainda assim atraentes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Slippery When Wet" foi um disco planejado para seu fim: fazer muito sucesso. O trabalho chegou ao topo das paradas de sete países, incluindo os Estados Unidos, onde mais de 12 milhões de cópias foram vendidas até os dias de hoje. Estima-se que o número mundial de comercializações gire em torno de 30 milhões. Foi o início da construção de uma potência no rock.

Em uma década de excessos, o Bon Jovi mostrou, com "Slippery When Wet", que a fórmula do sucesso não muda - e ela não aborda os virtuosismos instrumentais/vocais que algumas bandas de hard rock daquela época apresentavam. Por mais que este álbum reproduza clichês à exaustão, basta saber como fazer boas músicas. Será difícil não agradar dessa forma.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bon Jovi - "Slippery When Wet"
Lançado em 18 de agosto de 1986

Jon Bon Jovi (vocal, guitarra, violão)
Richie Sambora (guitarra, violão)
Alec John Such (baixo)
Tico Torres (bateria)
David Bryan (teclados)

1. Let It Rock
2. You Give Love A Bad Name
3. Livin" On A Prayer
4. Social Disease
5. Wanted Dead Or Alive
6. Raise Your Hands
7. Without Love
8. I"d Die For You
9. Never Say Goodbye
10. Wild In The Streets

Comente: Este álbum é o ponto alto do Bon Jovi ou é pop demais?


Outras resenhas de Slippery When Wet - Bon Jovi

Bon Jovi: Quando faziam músicas decentes

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Professor de canto se impressiona com Belutti cantando Bon Jovi no CaldeirãoProfessor de canto se impressiona com Belutti cantando Bon Jovi no Caldeirão

Beto Alone: Bon Jovi no violão? (vídeo)

Belutti, sertanejo dupla de Marcos, canta Bon Jovi no Caldeirão e viralizaBelutti, sertanejo dupla de Marcos, canta Bon Jovi no "Caldeirão" e viraliza

Jon Bon Jovi: Um resumo da "carreira solo" e seus altos e baixos (vídeo)

Paul Di'Anno de bom humor em vídeo recebendo drenagem linfática e ouvindo Bon JoviPaul Di'Anno de bom humor em vídeo recebendo drenagem linfática e ouvindo Bon Jovi

Kerrang: 10 capas polêmicas de álbuns de rock e metal que sofreram censuraKerrang: 10 capas polêmicas de álbuns de rock e metal que sofreram censura

Humor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileirosHumor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileiros

Clássicos: hits que foram lançados há mais de 30 anos e fazem sucesso até hoje - Parte 1Clássicos: hits que foram lançados há mais de 30 anos e fazem sucesso até hoje - Parte 1

Bon Jovi: Sambora diz que sua função era calar a boca em relação a crédito das músicasBon Jovi: Sambora diz que sua função era "calar a boca" em relação a crédito das músicas

Bon Jovi: o detalhe fake nos clipes de Bad Name e Livin on a Prayer que muitos nem notamBon Jovi: o detalhe fake nos clipes de Bad Name e Livin on a Prayer que muitos nem notam

Lista: relembre 30 músicas que farão 20 anos em 2022 (e veja como o tempo voou)Lista: relembre 30 músicas que farão 20 anos em 2022 (e veja como o tempo voou)

Bon Jovi: "It's My Life" ganha versão em português pela The Kira Justice

Batalha de Álbuns: Bon Jovi x Europe (vídeo)

Jon Bon Jovi: filho do cantor e atriz de Eleven em Stranger Things oficializam namoroJon Bon Jovi: filho do cantor e atriz de Eleven em Stranger Things oficializam namoro

Jon Bon Jovi: cancelando show de última hora após testar positivo para CovidJon Bon Jovi: cancelando show de última hora após testar positivo para Covid


Bon Jovi: chocando companheiros de banda com confissãoBon Jovi: chocando companheiros de banda com confissão

1988: 99 discos de rock e metal lançados há 30 anos1988: 99 discos de rock e metal lançados há 30 anos

Jon Bon Jovi: o curioso truque dele para pegar mulher no passado, segundo Dee SniderJon Bon Jovi: o curioso truque dele para pegar mulher no passado, segundo Dee Snider


Slipknot: Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy MetalSlipknot
Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy Metal

Anthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil AnselmoAnthrax
Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.