Anger As Art: De longe o mais forte e inspirado álbum do quarteto

Resenha - Ad Mortem Festinamus - Anger As Art

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fabio Reis
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Eis uma banda pertencente a nova geração do Thrash Metal e que não é praticamente mencionada em mídias especializadas, porém é detentora de uma discografia consistente, formada por 5 ótimos álbuns.

Metallica: Jason explica o baixo apagado de And Justice For AllEm cana: os rockstars em suas fotos mais constrangedoras

O grupo iniciou atividades em 2004, na cidade de Pasadena, Califórnia, Estados Unidos. É constituída quase que inteiramente por ex-integrantes do Bitch e Abattoir, apresentando uma sonoridade extremamente competente e calcada nas bandas clássicas dos anos 80.

Após os lançamentos de "Anger as Art" e "Callous and Furor", ambos de 2006, o grupo ainda surpreendeu com os impecáveis "Disfigure" (2009) e "Hubris Inc." (2013), trazendo uma notória evolução se comparados aos dois anteriores e deixando os admiradores do bom e velho Thrash atentos aos próximos passos do grupo.

"Ad Mortem Festinamus" foi lançado oficialmente no dia 6 de março e certamente deverá pontuar uma guinada na carreira do Anger As Art, já que o disco é de longe o mais forte e inspirado do quarteto liderado pelo experiente guitarrista e vocalista Steve Gaines.

As composições trazem aquela sonoridade rápida e agressiva, repleta de riffs cortantes, andamentos desenfreados e apesar de soarem totalmente old school, os timbres usados são modernos e a produção do disco consegue ficar num meio termo bem agradável, não sendo nem cristalina demais, nem apelando para aquelas gravações forçadas que tentam remeter aos primórdios do Metal.

A parte rítmica constituída pelo baixo de Eric Bryan e a bateria de Rob Alaniz, é bem funcional e traz uma boa estabilidade para que as guitarras de Steve Gaines e Danny Oliverio possam se sobressair. Outro ponto alto são os vocais de Gaines, alternando de forma impressionante o rasgado e o gutural e feitos com a participação de todos os outros integrantes, através de backing vocals pontuais.

A construção das faixas são bem diversificadas, tornando a audição do álbum das mais agradáveis. "Ad Mortem Festinamus" consegue ser tão bom investindo em pedradas do porte de "Pissing On Your Grave", "L.A. State Of Mind" e "2 Minutes Hate", como em canções mais técnicas e trabalhadas como "Tombward", "We Hurry Into Death" e "Dim Carcosa".

O grupo ainda demonstra um lado mais melodioso na faixa "Praise Of The Firehead", onde Steve Gaines se mostra um vocalista extremamente versátil, cantando com vocais limpos e deixando de lado a agressividade, surpreendendo com uma interpretação intensa e acrescentando ainda mais elementos ao som do grupo.

Para aqueles que gostam de álbuns de Thrash Metal variados, com refrões marcantes e canções que fixam no subconsciente, este é um disco altamente recomendado. Excepcional banda pertencente a nova safra do gênero e que com toda a certeza, merece ser mais divulgada.

Integrantes:

Rob Alaniz (bateria)
Danny Oliverio (guitarra)
Steve Gaines (vocal, guitarra)
Eric Bryan (baixo)

Faixas:

1. Ad Mortem Festinamus
2. Pissing on Your Grave
3. Aim for the Heart
4. Tombward
5. L.A. State of Mind
6. Unknowing, Undead
7. Hammer, Blade, and Twisting Fire
8. We Hurry into Death
9. Two Minutes Hate
10. Praise of the Firehead
11. Dim Carcosa



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Anger As Art"


Metallica: Jason explica o baixo apagado de And Justice For AllMetallica
Jason explica o baixo apagado de And Justice For All

Em cana: os rockstars em suas fotos mais constrangedorasEm cana
Os rockstars em suas fotos mais constrangedoras

Angra: versões bizarras de músicas da bandaAngra
Versões bizarras de músicas da banda

Nightwish: Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãsNightwish
Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãs

Elvis Presley: De que ele morreu?Elvis Presley
De que ele morreu?

Guns N' Roses: tudo parece muito surreal para SlashGuns N' Roses
Tudo parece muito surreal para Slash

Estados Unidos: revista elege a melhor banda de metal de cada estadoEstados Unidos
Revista elege a melhor banda de metal de cada estado


Sobre Fabio Reis

Paulista, 32 anos, Editor do Blog Mundo Metal, fã de Rock Clássico e Diversos subgêneros do Metal. Banda favorita: Megadeth. Conheceu o Rock ainda quando criança por intermédio dos pais (amantes de Beatles) e com 11 anos já ia na galeria do Rock comprar seus primeiros LP's, desde sempre fez do Metal seu estilo de vida e até os dias de hoje essa paixão pela música só aumenta.

Mais matérias de Fabio Reis no Whiplash.Net.