Borknagar: O primeiro grande álbum de heavy metal de 2016

Resenha - Borknagar - Winter Thrice (2016)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collectors Room
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Décimo álbum do Borknagar, "Winter Thrice" traz a banda norueguesa em um dos mais belos discos de black metal lançados nos últimos anos. Com a experiência e pedigree de um line-up formado por músicos criativos e altamente rodados, o grupo voa alto e sem medo.

5000 acessosComo enviar conteúdo ou se tornar um colaborador do Whiplash.Net?5000 acessosOzzy Osbourne: Madman dá a cura para a ressaca

A gangorra característica do Borknagar, equilibrando-se entre o black metal e o rock progressivo, segue dando o tom em "Winter Thrice". As oito faixas do trabalho transitam, invariavelmente, por momentos de agressividade e outros mais limpos e calmos, sempre conduzidas por intrincadas e belas linhas vocais, onde Vintersorg e ICS Vortex alternam-se no protagonismo.

Com sabedoria e habilidade, a banda se posiciona no meio termo entre a pomposidade barroca e muitas vezes exagerada do Dimmu Borgir e a crueza e rispidez sonora marcantes do black metal oriundo da Noruega. Isso faz com que a sonoridade de "Winter Thrice" seja gorda, limpa e agressiva ao mesmo tempo, mas sem cair nos excessos. A parte instrumental é intrincada e cheia de reviravoltas, com todas essas passagens sendo costuradas pelos excepcionais vocais.

Há uma riqueza sonora e harmônica onipresente em todo o disco, com as ideias propostas pela banda entrando pouco a pouco no ouvinte, até conquistá-lo por inteiro. Sem soar pretensioso ou desnecessário, o grupo coloca para fora a complexidade de seu processo criativo, e o resultado é absolutamente deslumbrante. Em uma analogia que pode ou não fazer sentido, o novo álbum do Borknagar soa como se o Gentle Giant fosse uma banda de black metal.

Muito além dos adeptos do gênero, "Winter Thrice" é um daqueles discos multifacetados, cheios de nuances e movimentos, que encontramos de tempos em tempos pelo caminho. Você não vai colocá-lo para ouvir e esquecê-lo em um canto. Não, isso não é possível. Você retornará para suas faixas em um ciclo que durará um longo período, e fará isso com uma satisfação cada vez maior.

Tá na mão o primeiro grande álbum de heavy metal de 2016, e ele atende pelo nome de "Winter Thrice". Deguste-o sem moderação.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 11 de fevereiro de 2016

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Borknagar"

MetallicaMetallica
As 5 melhores versões de terceiros dos seus clássicos

Metal norueguêsMetal norueguês
As dez melhores bandas segundo o About.com

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Borknagar"

Whiplash.NetWhiplash.Net
Como enviar conteúdo ou se tornar um colaborador do site?

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Madman dá sua receita para curar ressaca

SlipknotSlipknot
Corey explica desvantagens das máscaras

5000 acessosNamore um cara que goste de Metal5000 acessosSlash: guitarrista enumera seus 10 riffs favoritos5000 acessosSexo: como se comportam os fãs de cada vertente de Metal?5000 acessosÁlbuns de estreia: o Top 10 da história do Rock/Metal5000 acessosDelcídio Amaral: "Sempre fui roqueiro, odeio pagode"5000 acessosMetallica: Lemmy, um dos principais motivos desta banda existir

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online