W.A.S.P.: "Dominator" trouxe tudo que os fãs esperavam

Resenha - Dominator - W.A.S.P.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8

Em mais um grande relançamento, desta vez a Shinigami Records coloca no mercado nacional 'Dominator', o 13º álbum de estúdio do W.A.S.P.. Lançado originalmente em 2007, o trabalho traz Blackie Lawless e sua trupe em grande forma, com aquele hard/heavy cru, direto e cativante que todos os fãs esperam da banda.

Humor: oito razões pra dormir com um bateristaTúmulos: alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUA

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Trazendo novamente o guitarrista Doug Blair (que já havia tocado com a banda nos anos 90, e aqui retornara), e baterista Mike Dupke ( que substituiu Stet Howland, que ficou na banda por 16 anos), além do baixistas Mike Duda, Lawless criou uma obra intensa e pesada, com uma dura crítica à política externa norte americana, como o próprio título do trabalho e a capa sugerem.

Os destaques do álbum ficam para as duas primeiras faixas, 'Mercy' e 'Long, Long Way', com ótimos riffs, muita energia, e refrãos grudentos para se cantar junto logo após a primeira audição.

Alias, a nova formação não fez feio, muito pelo contrário, mostrando grande entrosamento na parte instrumental, como fica claro na longa 'Heaven's Hung In Black'.

Portanto, temos aqui um trabalho digno da discografia da banda, trazendo a essência do que é o W.A.S.P., e que embora não seja considerado um clássico absoluto, tem ótimos momentos, sendo assim indispensável na coleção de seus fãs, ainda mais agora com sua versão nacional.

Dominator - W.A.S.P.
(Relançamento 2015 - Shinigami Records - Nacional)

01. Mercy
02. Long, Long Way To Go
03. Take Me Up
04. The Burning Man
05. Heaven's Hung In Black
06. Heaven's Blessed
07. Teacher
08. Heaven's Hung In Black (Reprise)
09. Deal With The Devil


Outras resenhas de Dominator - W.A.S.P.

WASP: pesado, visceral, furioso, direto ao pontoW.A.S.P.: tão bom como quase sempre foi




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "W.A.S.P."


Separados no nascimento: Blackie Lawless e ElviraSeparados no nascimento
Blackie Lawless e Elvira

Separados no nascimento: Mick Mars e Blackie LawlessSeparados no nascimento
Mick Mars e Blackie Lawless


Humor: oito razões pra dormir com um bateristaHumor
Oito razões pra dormir com um baterista

Túmulos: alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUATúmulos
Alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUA


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

adGoo336