Graveyard Ghoul,Cryptic Brood: Podreira obscuridade

Resenha - Graveyard Brood - Graveyard Ghoul/Cryptic Brood

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Duas bandas alemãs, fãs da podreira e obscuridade resolvem se unir e lançar um split CD, isto é, algo típico do underground que une esses povos alternativos no mundo da música. Coincidentemente, trata-se de dois power trios que se formaram recentemente, não mais que há quatro anos.

5000 acessosHeavy Metal: os 10 melhores solos de guitarra de todos os tempos5000 acessosBehemoth: ser cristão e curtir metal é esculhambado e louco


O trabalho foi lançado em CD e LP, e quem abre a bolacha é o Graveyard Ghoul, banda oriunda de Westerstede. Praticando um Death Metal primitivo que flerta com o Thrash e até o Black Metal, o grupo destila um som sujo, raivoso, mas que não é focado somente na velocidade da luz. As músicas são rápidas e agressivas, mas sem exageros. Amantes de Celtic Frost e Possessed irão gostar de imediato do grupo.

Já o Cryptic Brood vem de Wolfsburg e opta por um Death Metal mais fúnebre e até com linhas Doom Metal. Seu som é menos rústico, mas ainda sim primitivo. Alternância de ritmos mais dinâmicos com quebradas arrastadas é o grande trunfo da banda, que também conta com um bom vocal gutural agonizante. Destaque para faixa Basement Funeral.

A produção do trabalho é bem orgânica, chegando a soar quase amadora. Mas, por incrível que pareça, a captação ficou boa e a qualidade combina com a proposta das bandas. A arte gráfica e a ótima capa ficaram por conta de Mark Riddick e Marc Niederhagemann, que deram o aspecto ideal para os sons propostos pelas duas bandas.

https://www.facebook.com/GraveyardGhoul
http://www.crypticbrood.de/

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Graveyard Ghoul"0 acessosTodas as matérias sobre "Cryptic Brood"

Heavy MetalHeavy Metal
Os 10 melhores solos de guitarra de todos os tempos

BehemothBehemoth
Ser cristão e curtir metal é louco

Skid RowSkid Row
Impressionante versão por uma única pessoa

5000 acessosRock e Heavy Metal: E se as capas dos álbuns fossem honestas?5000 acessosRock In Rio 2017: ausência do "Dia do Metal" é compreensível5000 acessosSlayer: o que acontece quando tentam tocar com um violão?5000 acessosBon Jovi: "Tive contato com drogas muito jovem, e amadureci cedo"5000 acessosRob Halford: o que ele faria da vida se não fosse o Metal God?5000 acessosU2: Bono cita brasileiros ao criticar Donald Trump

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online