Baktheria: Lusitanos matando a pau

Resenha - System Sickness - Baktheria

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

São 13 composições (incluindo uma introdução) distribuídas em 27 minutos. Isto é, estes portugueses do Baktheria não vieram pra enrolar, e isso fica bem evidente neste debut da banda que conta com Ruy (vocal/guitarra, Machinergy), Rui Marujo (baixo, Speedemon) e Alex Zander (bateria, My Enchantment).

Há quem goste: As 10 bandas mais odiadas do universoDiscórdia: alguns dos maiores insultos entre artistas

O trio junto tem passagens por bandas dos mais diversos estilos, mas que não refletem diretamente na sonoridade do Baktheria. O que temos aqui é um Crust com elementos de Death Metal, Thrash Metal e até Hardcore. Músicas objetivas, mas bem exploradas musicalmente compõe este trabalho.

Bases agressivas de guitarra, sem espaços pra solos comandam a selvageria que conta com um baixo nervoso e uma bateria devastadora para concluir o conjunto da obra. Ruy urra com raiva no coração e as letras seguem a temática que mais se encaixa ao estilo, isto é, a crítica social.

Sim, diante de sua objetividade a banda impõe velocidade e ritmos caóticos como meta, mas há momentos mais cadenciados e o trio se sai muito bem nisso. Como exemplo faixas como Traitor e Reset Your Life (To Null), que contam com momentos mais 'brandos' e provam que a agressividade permanece independente da rapidez.

Destaque ainda para as faixas Sorcery, Sickness, Murder e Blood. Adotando quebradas interessantes e rapidíssimas, o Baktheria consegue finalizar um álbum que pode ser ouvido diversas vezes seguidas sem soar cansativo. Aliás, o disco é empolgante do começo ao fim.

https://www.facebook.com/baktheria
https://soundcloud.com/baktheria




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Baktheria"


Há quem goste: As 10 bandas mais odiadas do universoHá quem goste
As 10 bandas mais odiadas do universo

Discórdia: alguns dos maiores insultos entre artistasDiscórdia
Alguns dos maiores insultos entre artistas

Separadas no nascimento: Amy Lee (Evanescence) e Shione Cooper (atriz pornô)Separadas no nascimento
Amy Lee (Evanescence) e Shione Cooper (atriz pornô)

Sexo e Rock and Roll: músicas com conotação sexualSexo e Rock and Roll
Músicas com conotação sexual

Marilyn Manson: 7 coisas que você não sabia sobre eleMarilyn Manson
7 coisas que você não sabia sobre ele

Sweet Home Alabama: O hino absoluto do Rock SulistaSweet Home Alabama
O hino absoluto do Rock Sulista

Richie Faulkner: ao invés do Judas Priest, ele poderia ter ido para o Iron Maiden?Richie Faulkner
Ao invés do Judas Priest, ele poderia ter ido para o Iron Maiden?


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336