RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemPaul McCartney quase foi atropelado ao tentar recriar famosa cena de capa de disco

imagemA atitude punk da Legião Urbana que causou irritação e deu trabalho na gravação

imagemOs 10 maiores álbuns da história do grunge, em lista do Brave Words

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemQual era a opinião de Tony Iommi sobre Ozzy Osbourne solo e Randy Rhoads em 1984?

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemO conselho realista de John Petrucci para bandas que estão começando agora

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemO que faltou para o Overkill entrar no "Big Four" do thrash, segundo D. D. Verni

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagem5 motivos para assistir ao novo RockGol 2023 que estreia em fevereiro


Blues Pills: Uma das gratas surpresas do rock contemporâneo

Resenha - Blues Pills - Blues Pills

Por Junior Frascá
Postado em 28 de abril de 2015

Após chamar a atenção do underground com o ótimo EP "Devil Man", finalmente a banda multinacional (com membros franceses, suecos e americanos) BLUES PILLS lançou em 2014 esse seu excelente debut, que acaba de chegar ao mercado via Voice Music/Nuclear Blast.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E, embora siga essa tendência que muitas bandas atualmente seguem, de fazer uma sonoridade retro, com forte influência dos anos 60 e 70, e que até está meio saturada ultimamente, o BLUES PILLS consegue se diferenciar e criar um estilo bem característico, com melodias fortes e coesas, e composições de muito bom gosto, lembrando uma mistura dos melhores momentos de bandas como LED ZEPELLIN e ROLLING STONES, mas sem soar como mera cópia, graças a alguns elementos especiais.

Os grandes destaques da banda ficam para a vocalista sueca Elin Larsson, com uma bela voz, que da um tom bem obscuro às faixas (lembrando claramente Janis Joplin, além de ter uma certa influência de bandas de occult rock com vocais femininos), e as ótimas linhas de guitarra do francês Dorian Sorriaux, com uma avalanche de ótimos riffs, e solos inspirados.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O disco traz diversas faixas de destaque, com cara de hits imediatos, como "High Class Woman", "Black Smoke", e a já conhecida "Devil Man". A versão nacional do trabalho ainda conta com duas bônus tracks, "Dig In" e "Time is Now".

Portanto, temos aqui uma banda que, embora não seja inovadora, faz o que se propõe com muita qualidade, caracterizando-se como um dos grandes nomes surgidos nos últimos anos na música pesada, com grande destaque inclusive na mídia internacional. Confiram!

Nota 9,0

Blues Pills - Blues Pills
(Voice Music/Nuclear Blast - Nacional - 2014)

High Class Woman
Ain t No Change
Jupiter
Black Smoke
River
No Hope Left for Me
Devil Man
Astralplane
Gypsy (Chubby Checker Cover)
Little Sun
Bonus tracks:

Dig In
Time is Now

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Blues Pills - Blues Pills

Resenha - Blues Pills - Blues Pills

Resenha - Blues Pills - Blues Pills

Resenha - Blues Pills - Blues Pills

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Occult Rock 2: mais 10 ótimas bandas para conhecer além do Ghost

O machismo no rock está acabando? Cantora do Blues Pills responde

Feeling: Existe no rock/metal moderno? 7 músicas que comprovam


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.
Mais matérias de Junior Frascá.