Zaltana: Uma das grandes revelações nacionais do ano

Resenha - Zaltana - Zaltana

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

9


Tito, embora não seja o mais famoso dos irmãos Falaschi, sem dúvida é o músico mais completo. Com um talento bem acima da média para compor ótimas faixas, e uma grande competência como produtor musical, todos os trabalhos que contam com sua participação merecem no mínimo ser ouvidos com a máxima atenção. E sua nova empreitada é o ZALTANA, banda na qual é baterista, baixista em algumas faixas, e faz também alguns vocais, e é acompanhado por Mischa Marmade (vocal), Hilton Torres e Dann Feltrin (guitarras).

Além disso, Tito também é o produtor do deste álbum de estreia da banda, o que, por si só, já dá indícios de que se trata de algo de muita qualidade. E ao apertar o play, mesmo já esperando por coisa boa, não há como não se impressionar com a qualidade do material apresentado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com ótimos riffs, seja nos momentos mais brutais, seja nos mais cadenciados, cozinha precisa e técnica, e linhas vocais variadas, com alterações entre o gutural e lírico de forma orgânica e bem equilibrada, a banda conseguiu criar um trabalho consistente e de fácil assimilação, embora não tão simples como poderia parecer, e que em momento algum deixa o peso de lado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E é esse clima moderno e variado que torna a audição do álbum tão interessante. A faia de abertura, "2 Can Play This Game", por exemplo, é bem agressiva, com toques de thrash e até algo de metalcore, contrastando com a que vem na sequência, a ótima "Skullface", com vários elementos de power metal, e com um groove excelente, e um dos melhores refrãos do disco. E o trabalho segue nessa vibe diversificada e interessante até o seu final, valendo citar ainda a "arrasa quarteirão" "Quid Pro Quo", na qual Mischa mostra todas as possibilidades de sua voz, com momentos que até lembram ARCH ENEMY; "Heartstrings", com alguns dos melhores riffs do álbum, e uma levada contagiante; e "Sovereign", a mais obscura e viajada de todo o disco.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sem dúvida uma obra ousada e de muito bom gosto, que impressiona por fugir da mesmice e dos padrões chatos que muitas vezes engessam a evolução do metal. Já na lista dos melhores lançamentos nacionais de 2014!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Zaltana - Zaltana
(2014 - Nacional)

Formação:

Mischa Marmade - Vocal
Hilton Torres - Guitarra e vocal
Dann Feltrin - Guitarra e vocal
Tito Falaschi - Bateria, baixo e vocal

Tracklist:

01. 2 Can Play This Game
02. Skullface
03. Always Left Behind
04. Quid Pro Quo
05. Heartstrings
06. Hungry for Life
07. Sovereign
08. Terminal Speed
09. Outliars
10. Dukkha-Satya


Outras resenhas de Zaltana - Zaltana

Zaltana: Novo projeto de Tito Falaschi, ex-Symbols




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Pink Floyd: a história por trás de AnimalsPink Floyd
A história por trás de "Animals"

Hard Rock: As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1Hard Rock
As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336 Cli336 Goo336