Matérias Mais Lidas

Led Zeppelin: por que Robert Plant não gosta de cantar Stairway to Heaven?Led Zeppelin: por que Robert Plant não gosta de cantar "Stairway to Heaven"?

Humor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileirosHumor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileiros

Metallica: quando Tracii Guns encontrou James Hetfield bêbado num bar em Nova YorkMetallica: quando Tracii Guns encontrou James Hetfield bêbado num bar em Nova York

Ian Gillan: Dio e Klaus Meine, dois baixinhos junto com o giganteIan Gillan: Dio e Klaus Meine, dois baixinhos junto com o gigante

Charlie Brown Jr: filho de Chorão dá sua versão sobre briga com Thiago e MarcãoCharlie Brown Jr: filho de Chorão dá sua versão sobre briga com Thiago e Marcão

Land of Souls: falece o guitarrista Elton Machado, vítima de COVIDLand of Souls: falece o guitarrista Elton Machado, vítima de COVID

Exodus: acordei e estava fora da banda, isso quase acabou comigo, diz ex-guitarristaExodus: "acordei e estava fora da banda, isso quase acabou comigo", diz ex-guitarrista

Alter Bridge: Não sei se Deus existe, mas espero que exista, diz Mark TremontiAlter Bridge: "Não sei se Deus existe, mas espero que exista", diz Mark Tremonti

Ozzy Osbourne: a piada que virou música e fez a banda do Madman ganhar um GrammyOzzy Osbourne: a piada que virou música e fez a banda do Madman ganhar um Grammy

Rock Progressivo: 4 bandas atuais que provam ainda haver espaço para expansão criativaRock Progressivo: 4 bandas atuais que provam ainda haver espaço para expansão criativa

Metallica: o dia que Cronos, do Venom, teve que acalmar chilique no backstageMetallica: o dia que Cronos, do Venom, teve que acalmar chilique no backstage

Rock e metal: 10 álbuns de destaque lançados nesta sexta-feira (26/11) para você ouvirRock e metal: 10 álbuns de destaque lançados nesta sexta-feira (26/11) para você ouvir

Korn: Eu vi alguém que eu gosto morrer e não vou fazer isso de novo, afirma vocalistaKorn: "Eu vi alguém que eu gosto morrer e não vou fazer isso de novo", afirma vocalista

Mamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloideMamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloide

Metallica: por que James Hetfield não gosta do Guns N' Roses, com quem tocou em 1992Metallica: por que James Hetfield não gosta do Guns N' Roses, com quem tocou em 1992


Garimpeiro
Stamp

Unisonic: Mais Metal, mas sem deixar de lado o Hard Rock

Resenha - Light Of Dawn - Unisonic

Por Fabio Reis
Em 07/08/14

O Unisonic, como todos sabem, foi formado em 2009 pelo ex-Helloween Michael Kiske, os membros do Pink Cream 69, Dennis Ward e Kosta Zafiriou, além de Mandy Meyer do Krokus. Pouco antes das gravações do "Debut" auto intitulado "Unisonic" (2012), Michael Kiske convidou para integrar o grupo, nada menos que uma das figuras mais importantes e respeitadas do cenário mundial: Kai Hansen.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com um "Line Up" como esse, a expectativa para o primeiro lançamento era bem grande e a banda não decepcionou. Nos brindou com um álbum muito bom, onde a sonoridade pendia mais para o Hard Rock do que para o Metal propriamente dito. Este fato em nenhum momento comprometeu a qualidade do trabalho, que agradou tanto os fãs antigos do Helloween, como também conquistou novos ouvintes.

Na turnê de divulgação, tocaram por diversos locais do mundo e foram atrações nos principais festivais europeus, executando ótimos covers do Helloween além das faixas de seu primeiro registro. A recepção por parte do público e da media foi extraordinária e Michael Kiske depois de muito tempo afastado do Metal e da música pesada em geral, finalmente fazia o seu retorno oficial ao estilo que o consagrou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Neste novo álbum, ao contrário do que se imaginava, o principal compositor e responsável pelas canções serem mais rápidas foi Dennis Ward. Kai apenas incluiu alguns arranjos e participou do processo de produção. Não compôs sequer uma música por que encontrava-se ocupado com o Gamma Ray e se mais recente lançamento.

Ao começar a audição de "Light Of Dawn" fica logo evidenciado que se trata de um registro de Power Metal. Após a breve introdução "Venite 2.0", "Your Time Has Come" explode nos alto falantes e de cara já nos remete aos clássicos "Keeper Of The Seven Keys", uma faixa de abertura ultra veloz com um grande refrão e solos matadores. A terceira canção, "Exceptional" é um Hard Rock de primeira linha, onde Kiske exibe toda a sua técnica vocal, mostrando mais uma vez por que é considerado uma das melhores vozes do estilo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Seguindo, temos "For The Kingdom", o primeiro "single" do trabalho, novamente com uma musicalidade que nos faz lembrar do Helloween. Faixa veloz, com um belo trabalho de guitarras e um refrão que gruda na cabeça. Uma das melhores do registro com toda certeza.

"Not Gonna Take Anymore" é um Hard Rock mais cadenciado, enquanto "Night Of The Long Knives", depois de uma lenta e breve introdução, se mostra uma faixa vibrante e cheia de energia. Na sequência "Find Shelter" faz o Metal retornar com outro momento onde o Power Metal mostra-se presente.

Michael Kiske sempre compôs e interpretou boas baladas em toda a sua carreira, "Light Of Dawn" não ficaria sem a presença delas, "Blood" apesar de se enquadrar nesta descrição, é uma grata surpresa e até mesmo se destaca em um contexto geral.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"When The Deed Is Done" é talvez, o momento de menos brilhantismo, uma faixa que presa pela cadência, possui um refrão comum e me soou um pouco deslocada perante as demais. De forma alguma pode ser considerada ruim, mas não empolga como todas as outras até aqui. Acabou servindo apenas como uma ponte para as maravilhosas "Throne Of The Dawn" e "Manhunter". A primeira, um Heavy/Power de altíssimo nível, com um belíssimo "riff" introdutório e a segunda, uma típica canção de Kai Hansen, ou melhor, a que ele mais ajudou com ideias. Daquelas que todas as bandas do estilo copiam mas nenhuma faz igual.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O álbum termina com mais uma balada, "You And I", que mesmo sendo de muito bom gosto, poderia juntamente com "When The Deed Is Done" ter ficado de fora, dando uma maior dinâmica ao registro.

Fazendo uma análise geral, "The Light Of Dawn" corresponde as expectativas. Mostra um Unisonic com uma cara diferente (mais Metal) mas sem deixar de lado seu jeito Hard Rock. Em muitos momentos, o álbum soa extremamente rápido e energético, em outros, se torna cadenciado e melodioso. Com toda certeza, estará presente em diversas listas de melhores do ano com todos os méritos. Particularmente, penso que a banda tem muito mais a oferecer num futuro próximo. Um ótimo álbum, mas que deixa a sensação que poderia ser muito melhor.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Formação:

Michael Kiske (Vocal)
Kai Hansen (Guitarra)
Mandy Meyer (Guitarra)
Dennis Ward (Baixo)
Kosta Zafiriou (Bateria)

Faixas:

1. "Venite 2.0"
2. "Your Time Has Come"
3. "Exceptional"
4. "For the Kingdom"
5. "Not Gonna Take Anymore"
6. "Night of the Long Knives"
7. "Find Shelter"
8. "Blood"
9. "When the Deed Is Done"
10. "Throne of the Dawn"
11. "Manhunter"
12. "You and I"


Outras resenhas de Light Of Dawn - Unisonic

Unisonic: Resgate ao power metal com grandiosidade

Unisonic: Para amantes do Power Metal e saudosistas do HelloweenUnisonic
Para amantes do Power Metal e saudosistas do Helloween

Unisonic: Mostrando o lado mais pesado e melódico no 2º trabalho

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Tarmat
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Helloween: Comemorando três décadas de história em primeiro disco com nova formaçãoHelloween
Comemorando três décadas de história em primeiro disco com nova formação


Helloween: Kiske aceitaria reunião por 2 milhões de Euros?Helloween
Kiske aceitaria reunião por 2 milhões de Euros?

Power Metal: As bandas mais populares segundo o FacebookPower Metal
As bandas mais populares segundo o Facebook

Unisonic: Somos melhores que o Helloween!Unisonic
"Somos melhores que o Helloween!"


Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos


Sobre Fabio Reis

Paulista, 32 anos, Editor do Blog Mundo Metal, fã de Rock Clássico e Diversos subgêneros do Metal. Banda favorita: Megadeth. Conheceu o Rock ainda quando criança por intermédio dos pais (amantes de Beatles) e com 11 anos já ia na galeria do Rock comprar seus primeiros LP's, desde sempre fez do Metal seu estilo de vida e até os dias de hoje essa paixão pela música só aumenta.

Mais matérias de Fabio Reis.