Alcest: "Shelter" é um divisor de águas na carreira da banda

Resenha - Shelter - Alcest

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fábio Braga
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Shelter é o quarto disco de estúdio do ALCEST, e pode ser considerado o ''divisor de águas'' de sua carreira. Depois do aclamado ''Les Voyages de l'âme'' que é considerado por muitos sua obra-prima, a dupla NEIGE e WINTERHALTER decidiu largar suas raízes metálicas de lado para se aventurar em um gênero que pode trazer novas possibilidades para a banda, o shoegaze.
5000 acessosCover: 15 bandas que são quase tão boas quanto o original5000 acessosBig Four: astros da cena Heavy escolhem banda preferida

Simplesmente batizado de ''Shelter'' ou em português ''Abrigo'', o disco traz músicas inspiradas e dedicadas ao mar, que segundo NEIGE é o seu principal abrigo, já que ele passava horas e horas observando sua beleza e seu poder de limpar a alma.

Embora não tenha nenhuma influência vinda do metal, as músicas continuam cativantes e com a beleza típica do ALCEST, e mesmo que alguns acreditem que a banda perdeu sua originalidade, o disco veio para provar que as novas direções podem render ótimas inspirações, pela primeira vez foi usado um conjunto de cordas (o mesmo da banda SIGUR RÓS) e participações de Monike da banda sueca PROMISE AND THE MONSTER e NEIL HALSTEAD vocalista/guitarrista e fundador do ícone do shoegaze SLOWDIVE.

Durante as oito faixas ouvimos um som mais orgânico, sem riffs pesados, blast beats e guturais que eram a marca da banda, a bela e serena ''Wings'' abre o disco e logo é embalada por ''Opale'' que traz um clima mais feliz e um refrão pegajoso.''La Nuit Marche Avec Moi'' é a faixa mais indie, com toques mais suaves no vocal e guitarra, ''Voix Sereines'' mistura momentos serenos com um final mais ''pesado'', se é que posso dizer isso, acontece que as guitarras aqui lembram algo do disco ''Les voyages de l'âme''. "L' éveil de Muses'' é uma música hipnotizante e mais dark, com paredes de guitarras que criam uma atmosfera de outro mundo, a faixa título ''Shelter'' tem uma linha de teclado bem marcante em seu refrão e algumas distorções bem influenciadas por COCTEAU TWINS,

''Away'' conta com a participação de NEIL HALSTEAD, e foi novidade por ser tratar de uma música acústica, mas mesmo assim de uma sonoridade rica, com cordas e guitarras no melhor estilo shoegaze.

''Délivrance'' foi uma ótima escolha para fechar o disco, ela tem mesmo um clima épico de final, talvez um pouco triste, um fato interessante é que ela não possui letra, durante os 8 minutos de música NEIGE usa o chamado Idioglossia (palavras escolhidas totalmente em aleatório sem alguma coesão ou contexto lógico), e mesmo assim o resultado final foi incrível e fecha o disco majestosamente.

01. Wings
02. Opale
03. La nuit marche avec moi
04. Voix sereines
05. L'éveil des Muses
06. Shelter
07. Away
08. Délivrance

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Shelter - Alcest

1245 acessosAlcest: os franceses renovam seu estilo

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Alcest"

Black MetalBlack Metal
Cinco bandas contraindicadas para quem é "true"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Alcest"

CoverCover
15 bandas que são quase tão boas quanto o original

Big FourBig Four
Astros da cena Heavy escolhem banda preferida

Câncer na línguaCâncer na língua
Outros cinco músicos que sofreram deste mal

5000 acessosSeparados no nascimento: Ritchie Blackmore e Mr. Bean5000 acessosMotorhead: Segundo Lemmy Kilmister, "Rap não é música"5000 acessosBlack Sabbath: o dia em que Tony Iommi quase matou Bill Ward5000 acessosGhost: qual a identidade secreta de Papa Emeritus?5000 acessosSkid Row: Sebastian Bach de volta? Nem passou pela cabeça deles!5000 acessosImmortal: Banda se pronuncia sobre a saída de Abbath

Sobre Fábio Braga

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online