Aerosmith: 35 anos de "Night In The Ruts"

Resenha - Night In The Ruts - Aerosmith

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ronan Veloso
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


"Night In The Ruts" é o sexto álbum de estúdio da banda AEROSMITH, lançado em Novembro de 1979. A expressão "Night In The Ruts" é um trocadilho, na verdade está trocando o "N" e o "R", formando a frase "Right In The Nuts" (Bem nas Bolas).
5000 acessosAerosmith: tocante homenagem a Chris Cornell com "Dream On"5000 acessosFlea: "chegamos a um ponto em que não era mais divertido"

Em 1979 com a banda ainda no topo, a tensão crescia entre os membros da banda, principalmente STEVEN TYLER e JOE PERRY que pareciam querer mostrar quem era o "maior" dentro da banda e acabavam discutindo por qualquer coisa. Essa tensão acabou resultando na saída de JOE PERRY do AEROSMITH para iniciar sua carreira solo com o THE JOE PERRY PROJECT. Para o lugar de JOE PERRY foi contratado JIMMY CRESPO.

Ainda em 1979 STEVEN TYLER acabou sofrendo um acidente de moto que fez com que o projeto do novo álbum da banda atrasasse fazendo a expectativa dos fãs crescer ainda mais. Mesmo com a desculpa do "atraso" na produção do novo álbum da banda eles ainda conseguiram lançar seu novo álbum naquele mesmo ano. "Night In The Ruts" ainda conta com quase todas as faixas da guitarra solo gravadas por JOE PERRY antes de ele abandonar a banda, deixando apenas um ou outro "retoque" para JIMMY CRESPO. O álbum trazia como principais destaques as músicas "No Surprize" e "Remember (Walking In The Sand)" mas já mostrava que a saída de JOE PERRY não era muito positiva para a popularidade da banda que acabou não vendendo muito com esse álbum, chegando apenas a um disco de platina.

Pode-se dizer que este foi o álbum mais "empurrado-com-a-barriga" da banda. Nessa época, a banda já não se aguentava pelo vício das drogas. STEVEN TYLER já não tinha mais inspiração para escrever, sua vida era curtição.

Nas gravações, STEVEN TYLER e JOE PERRY constantemente faltavam, então a solução foi BRAD WHITFORD, TOM HAMILTON e JOEY KRAMER gravarem as bases e, quando STEVEN TYLER e JOE PERRY resolvessem aparecer pelo estúdio, gravarem o resto. E ainda STEVEN e PERRY nem podiam se encontrar no estúdio, pois seria briga na certa.

O resultado é um álbum com apenas seis composições próprias, e três covers: "Remember (Walking In The Sand)", "Reefer Head Woman" e "Think About It". As mais roqueiras ficaram por conta de "No Surprize" e "Bone To Bone (Coney Island White Fish Boy", esta primeira é uma das favoritas de muitos fans. Já a balada ficou para "Mia", uma música em homenagem à, até então considerada a "primeira" herdeira de STEVEN TYLER, que havia acabado de nascer.

Vamos às faixas:

1 - No Surprize – O álbum começa com a sua melhor canção , uma excelente pedrada, crua e com magia, que também conta a história da banda até esse ponto. 9,5/10

2 - Chiquita – Esta música chegou a ser um pequeno hit nas rádios norte-americanas da época. A faixa começa com bons riffs de guitarra, mas se perde um pouco nos refrões, principalmente pela voz meio desperdiçada de STEVEN TYLER. 7/10

3 - Remember (Walking In The Sand) – Um belo cover dos SHANGRI-LAS. Foi a canção escolhida para ser o hit do álbum. Talvez uma das músicas mais tristes do AEROSMITH. 8/10

4 - Cheese Cake – Começa com um riff lento e misterioso, e vai para o rock blues direto e seco. Apenas uma boa canção. 8/10

5 - Three Mile Smile – Outra música que merece total destaque, um hard rock blues, muito bem executado, a guitarra se encaixa perfeitamente com o baixo, gerando um groove contagiante. 9/10

6 - Reefer Head Woman – Um dos pontos maravilhosos do álbum! Nesta é o Aerosmith fazendo um blues clássico. Composta por J. BENNETT/ JAZZ GILLUM/ LESTER MELROSE, este é um dos melhores blues que eles já fizeram. 9,5/10

7 - Bone To Bone (Coney Island White Fish Boy) – Ritmo acelerado e pesado! Apenas uma música mediana para compor o álbum. 7/10

8 - Think About It – Este cover é impecável! Eu ouvi a versão original (YARDBIRDS) e eles têm uma dívida de gratidão para com o AEROSMITH por recriá-la com pura perfeição. 8/10

9 - Mia – Uma grande balada, um piano mantido em um clima melancólico e triste. O vocal de STEVEN ficou limpo e suave. Música escrita para a até então, única filha do vocalista. 8,5/10

Certificações - RIAA (Fonte Wikipedia):
EUA - Disco de Ouro - 13 de Março de 1980
EUA - Disco de Platina - 28 de Outubro de 1994

Track-List:

01 - No Surprize - 4:25
02 - Chiquita - 4:24
03 - Remember (Walking in the Sand) - 4:05
04 - Cheese Cake - 4:15
05 - Three Mile Smile - 3:42
06 - Reefer Head Woman - 4:02
07 - Bone to Bone (Coney Island White Fish Boy) - 2:59
08 - Think About It - 3:35
09 - Mia - 4:14

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

AerosmithAerosmith
Tocante homenagem a Chris Cornell com "Dream On"

1875 acessosAerosmith: Confira set list e vídeo do primeiro show da turnê989 acessosAerosmith: nasce a quarta neta de Steven Tyler0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Aerosmith"

AerosmithAerosmith
Steven Tyler tem mesmo um salsichão ou Adler mentiu?

AerosmithAerosmith
Tyler conta como comparação com Mick Jagger o feriu

AerosmithAerosmith
A história por trás do clássico "Sweet Emotion"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Aerosmith"

Red HotRed Hot
"Chegamos a um ponto em que não era mais divertido"

Pink FloydPink Floyd
Os álbuns da banda, do pior para o melhor, pela UCR

SlashSlash
Um resumo de suas experiências ao longo dos anos

5000 acessosGene Simmons: "Não me importa se você é Axl Rose"5000 acessosRoger Waters: irritado com os "cameramen de celular"5000 acessosArch Enemy: Angela fala sobre dificuldade em ser mãe5000 acessosTed Nugent: o que ele faria se seu filho fosse gay?4470 acessosStone Temple Pilots: Scott não tinha condições de ser o vocalista5000 acessosMetallica: as 10 melhores músicas com Cliff Burton no baixo

Sobre Ronan Veloso

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online