Matérias Mais Lidas

Metallica: Jason Newsted conta o segredo para manter uma boa grana até hojeMetallica: Jason Newsted conta o segredo para manter uma boa grana até hoje

A banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício BrancoA banda brasileira mais transgressora dos anos 1980, segundo Maurício Branco

O recado de Bruno Sutter para roqueiros que não entendem sucesso de outros estilosO recado de Bruno Sutter para roqueiros que não entendem sucesso de outros estilos

Iron Maiden: Bruce Dickinson não vai pilotar avião da banda nas próximas turnêsIron Maiden: Bruce Dickinson não vai pilotar avião da banda nas próximas turnês

A categórica opinião de Kiko Loureiro sobre SlashA categórica opinião de Kiko Loureiro sobre Slash

O motivo pelo qual Regis Tadeu considera Phil Collins deprimenteO motivo pelo qual Regis Tadeu considera Phil Collins deprimente

Metallica: segundo Jason, acidente que quase fez James perder a vida salvou a bandaMetallica: segundo Jason, acidente que quase fez James perder a vida salvou a banda

Anitta lança clipe de Boys Don't Cry, com estética rock e punk; assistaAnitta lança clipe de "Boys Don't Cry", com estética rock e punk; assista

Acredite se quiser: Iced Earth lançou novo álbum; ouça A Narrative SoundscapeAcredite se quiser: Iced Earth lançou novo álbum; ouça "A Narrative Soundscape"

O principal motivo pelo qual o rock nacional falhou, segundo Diogo DefanteO principal motivo pelo qual o rock nacional falhou, segundo Diogo Defante

Steve Vai teve que malhar quando começou a tocar com Lee Roth; Parecia um macarrãoSteve Vai teve que malhar quando começou a tocar com Lee Roth; "Parecia um macarrão"

Red Hot Chili Peppers: banda divulga vídeo com trecho de possível música inéditaRed Hot Chili Peppers: banda divulga vídeo com trecho de possível música inédita

Dark Tranquillity: morre Fredrik Johansson, que fez parte da banda nos anos 1990Dark Tranquillity: morre Fredrik Johansson, que fez parte da banda nos anos 1990

Chris Barnes, ex-Cannibal Corpse, é chamado de bundão após falar mal do death atualChris Barnes, ex-Cannibal Corpse, é chamado de bundão após falar mal do death atual

Vocalista do Exodus é categórico, não tem ex-fã de metal; ou é headbanger ou não éVocalista do Exodus é categórico, não tem ex-fã de metal; "ou é headbanger ou não é"


Stamp

Centurias: Veteranos apresentam melhor forma desde a retomada

Resenha - Centurias (Abertura do Raven, Limeira, 23/03/14)

Por Willba Dissidente
Em 05/04/14

Quem foi ao Bar da Montanha no domingo em que a cidade de Limeira, interior de São Paulo, recebeu a lenda da New Wave of British Heavy Metal RAVEN ama o Heavy Metal Tradicional. Sim, pois quem preteriu ver os ingleses como abertura do METALLICA para assisti-los enquanto headliner é fissurado nos primórdios do Metal. Nesse contexto, o show da clássica banda brasileira CENTURIAS foi um grata surpresa, e não somente pelo som do grupo se encaixar perfeitamente nessa ceara do metal pesado; mas também por se tratar, na opinião de muitos que acompanham os paulistas há tempos, como a melhor apresentação de Cachorrão e cia desde o retorno.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Formada em São Paulo em 1980, o CENTURIAS passou por diversas formações e momentos marcantes na carreira. Os clássicos discos lançados pela Baratos Afins, a dissolução no começo dos anos 1990 e a vola, à principio tímida, na década seguinte. Todos esses processos desembocaram no single "Rompendo o Silêncio", que marca a volta do grupo da fase "Ninja", que é o show que a banda promoveu na abertura do aguardado evento internacional no Bar da Montanha.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com excelente sistema de som e iluminação, além de toda a estrutura que nada deixa a dever aos badalados bares de Capital e espaço agradabilíssimo, o Bar da Montanha foi novamente o templo de êxtase dos Headbangers: tanto os que conheciam a banda, como os que foram pelo Thrash Metal do CIRCLE OF INFINITY ou pela quebradeira do RAVEN, foram arrebatados pelo peso e a competência do CENTURIAS. Por volta das 20:00, sem aviso prévio, a banda que estava passando o som há algum tempo, ataca a clássica "Guerra e Paz". Logo o público vem chegando, meio timidamente, à frente do palco. Após o solo da música, o carismático vocalista Cachorrão brinca "foi um prazer, Limeira, até a próxima". Imediatamente o público, que só fazia crescer, mostra descontentamento com tal informação, então o cantor explica "Não saiam dai que em 10 minutos estaremos de volta". Tratava-se do último sound-check.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Dez minutos depois, sob iluminação baixa e gelo seco, sobe ao palco Will Dissidente, cerimonialista do Triumph Of Metal, festival realizado em Pouso Alegre, Minas Gerais, para apresentar ao público o CENTURIAS. Contando um pouco da trajetória da banda e conclamando todos os bangers para curtirem o show, "já que o CENTURIAS toca para quem ama o rock/metal e e sei que não há posers por aqui", o Bar da Montanha, já com sua lotação máxima para a noite, atende o chamado e se posta "em peso" em frente ao palco enquanto os músicos entram e são aplaudidos. A banda abre, oficialmente, a apresentação com "Guerra e Paz" e "Fortes Olhos", dobradinha do disco "Ninja", lançado em 1988 pela última encarnação da banda; que incluía os atuais Ricardo Ravache no baixo e Cachorrão nos vocais, além de muitas da músicas terem co-autoria de Roger Vilaplana, que atualmente é o guitarrista do grupo. Antes de soltar a mais nova "Sobreviver", composição do baterista Julio Príncipe, a banda indica que está sendo pintado um quadro em cima do palco. Por mais surreal que pareça, havia um autor retratando o Lemmy, na fase mais atual do MOTÖRHEAD! De fato, todo o Bar da Montanha é decorado com quadros do mesmo artista, que ilustram inúmeras personalidades do rock e alguns da MPB.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O show segue com "Cidade Perdida", faixa de encarramento do "Ninja", que não é tocada normalmente. Nesta ocasião, ela foi dedicada ao headbanger Cláudio Soares, da banda HARPPAGO, fã confesso do CENTURIAS. Ao final da canção, o bem humorado Cachorrão, diz que está sendo xingando por alguém da platéia que não para de gritar "Animal", nome da canção do mesmo disco que seria levada bem para frente no espetáculo. Após as risadas gerais do pessoal, foi a vez de "Senhores da Razão", tema muito apreciado pelos presentes. Vale ressaltar que a presença de palco do CENTURIAS evoluiu consideravelmente desde que essa formação estreou em Julho de 2012. Não que faltasse qualidade, mas agora é nítido o quanto os veteranos estão entrosados. A banda toda agita muito mais e se delicia mais ainda com a recepção calorosa do público. Esse movimento da banda "dando sangue" no palco era retro-alimentada pela plateia que agitava com gosto os sons tocados. Um exemplo foi o guitarrista Roger. Donos de riffs ardidos e solos arrebatadores, o músico começou o show com dois anéis na mão direita, porém um deles escorregou do dedo, fazendo com que mestre das seis cordas segurasse o anel com a boca até o final do música, para poder guardá-lo sem errar uma única nota do que tocava.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Duas músicas mais recentes seguiram o show "Inúteis Palavras" - gravada para o documentário "Brasil Heavy Metal",("que espero que um dia saia"), esse foi o som mais desconhecido da plateia, ainda que a banda o esteja apresentando regularmente, o mesmo não foi registrado oficialmente em disco - e "Ruptura Necessária", composição do carismático Ricardo Ravache, dono de um baixo pulsante e de linhas criativas, que abre o single "Rompendo o Silêncio". Finalmente, foi a vez da requisitada "Animal" sacudir os Headbangers presentes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Momento mais que especial para os CENTURIAS, o baterista Paulo Thomas, atualmente no KAMBOJA e BARANGA, membro fundador do grupo, sobe ao palco para agitar "Arde Como Fogo", empolgando os presentes e compartilhando um pouco de sua bebida com a banda. Assim como no disco "Ninja", "Arde como Fogo" é acompanhada da saidera "To Hell", com os presentes gritando efusivamente o nome da curta composição. Ao final dessa, o vocalista Cachorrão aparece com a clássica placa "Proibido Posers", sendo efusivamente aplaudido pelos presentes ele explica "Poser não é som ou visual, é falta de atitude. É que tá ai assistindo Fantástico e não vem pro Rock". Acompanhando a clássica placa, o baixista Ravache oferece seu instrumento para o público. Outro momento sui generis que veio corroborar para a mágica metalizante do momento foi a dobradinha "Duas Rodas / Portas Negras", músicas do LP "SP Metal", de 1984, que incluía ainda os grupos AVENGER, VIRUS e SALÁRIO MÍNIMO. Esse medley foi amplamente aplaudido pelo público, pois era muito esperado. Destaque para a bateria pesada e marcada do baterista Júlio Príncipe, que é aprovada pelos membros antigos da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando todos já estavam naquele nível máximo de satisfação que um show de Heavy Metal proporciona, o CENTURIAS fecha a noite com "Metal Comando". Novamente do disco "Ninja", este é um de seus maiores hinos, e que havia ficado de fora do festival Super Peso Brasil (realizado ao final de 2013 na capital paulista). Encerrada a comemorada apresentação, após foto com a platéia, a banda se despede com o vocalista Cachorrão gritando "Centurias! Centurias!" sem microfone e sendo aplaudido por todos; como já ressaltamos, tanto os fãs da banda, quanto os demais foram conquistados pelo poder de fogo do Heavy Metal tradicional do grupo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ficaram de foras as faixas "Ninja" e "Não Pense, Não Fale", que seria a única original do disco "Última Noite". Como conclusão final fica nítido que o CENTURIAS que voltou atingiu seu nível de entrosamento e performance como banda, gerando um espetáculo com muita bateção de cabeça e satisfação. As músicas novas seguem a mesma pegada do "Ninja", agradando em cheio o gosto da maioria dos headbangers e mostrando que o CENTURIAS encontrou a fórmula que só fará o grupo crescer nos shows e nos futuros lançamentos: respeitar a tradição sem soar repetitivo. Que venham os próximos!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A noite logo seguiu com os thrashers competentes do CIRCLE OF INFINITY, de Limeira, e um show insano dos ingleses do RAVEN, mas isso é assunto para outras resenhas...

CENTURIAS é:

César "Cachorrão" Zanelli (ex- SANTUÁRIO)- Vocal
Ricardo Ravache (ex- HARPPIA)- Baixo
Roger Vilaplana (ex- NOSTRADAMUS) - Guitarra
Júlio Príncipe (ex- FIREBOX, AGRESSION TALES) - Bateria

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Discografia:

SP Metal I (participação em coletânea, 1984)
Última Noite (EP, 1986)
Ninja (LP, CD, 1988)
Rompendo o Silêncio (Single, 2013)

Set-List no Bar da Montanha, Limeira, SP, 23/03/2014.

01 . Guerra e Paz
02 . Fortes Olhos
03 . Sobreviver
04 . Cidade Perdida
05 . Senhores da Razão
06 . Inúteis Palavras
07 . Ruptura Necessária
08 . Animal
09 . Arde Como Fogo / To Hell
10 . Duas Rodas / Portas Negras
11 . Metal Comando

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Centúrias: como surgiu a placa No Posers?Centúrias
Como surgiu a placa "No Posers"?


Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Heavy Metal: O início do movimento e a origem do termoHeavy Metal
O início do movimento e a origem do termo


Sobre Willba Dissidente

Willba Dissidente é fã das bandas de hard rock dos anos 70 e 80 e de metal oitentista dos mais variados países. Quem quiser saber mais deve acessar seu canal no youtube. Obrigado! Stay Hard (True As Steel)!

Mais matérias de Willba Dissidente.