Howl: mistura inusitada e competente entre Stoner e Death Metal

Resenha - Bloodlines - Howl

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

8


Após o ótimo "Full of Hell", de 2010, os americanos do HOWL, mesmo não atingindo grande repercussão mundial, conseguiram um certo reconhecimento no underground. E agora, com mais experiência, retornam para seu segundo trabalho, que mantém intacta sua sonoridade.

Bayley, Wilson e Cherone: grandes erros na história de grandes bandas

Curiosidade: capas de álbuns com ilusões de ótica

Com uma mistura bem interessante (e até certo ponto inusitada) entre stoner, doom, sludge e death metal, o HOWL tem uma sonoridade agressiva e pesadíssima. A parte instrumental é direta e víscera, com levadas, na maioria das vezes mais cadenciadas, com riffs cavalares e influências de bandas como BLACK SABBATH e CATHEDRAL. Já as linhas vocais seguem mais a linha do death metal.

Há ainda que se destacar o groove presente na grande maioria das faixas, e que deixa tudo mais intenso e energético.

Ao apertar o play, já somos surpreendidos de imediato com o riff absurdamente pesado de "Attrition", e já é possível perceber a excelente qualidade de gravação do material, em especial pela escolha dos timbres de guitarra.

Outros destaques ficam para a quebrada "Demonic", e para as pedradas "Down So Low" e "Of War", que mostram todo o potencial do HOWL, que embora possa ser uma banda que não irá mudar a vida de ninguém, consegue criar uma sonoridade diversificada, orgânica e fácil de agradar os fãs da música pesada.

Bloodlines - Howl
(2013 – Relapse - Importado)

Attrition
Midnight Eyes
Demonic
One Last Nail
Down So Low
Your Hell Begins
With a Blade
Of War
The Mouth of Madness
Embrace Your Nerve



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bayley, Wilson e Cherone: grandes erros na história de grandes bandasBayley, Wilson e Cherone
Grandes erros na história de grandes bandas

Curiosidade: capas de álbuns com ilusões de óticaCuriosidade
Capas de álbuns com ilusões de ótica


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin