Evile: deixaram de ser uma promessa para se tornar uma realidade

Resenha - Skull - Evile

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

9


Quem acompanha a cena thrash metal já sabe que há muito tempo os britânicos do EVILE deixaram de ser uma promessa para se tornarem uma grande realidade, despontando com uma das melhores bandas do estilo. Seja em sua fase mais direta e agressiva, como no debut "Enter the Grave", ou na mais trabalhada , como em "Infected Nation" e "Five Serpent’s Teeth", o quarteto sempre mostrou muito talento, alcançando reconhecimento tanto do público como da mídia especializada, o que certamente ocorrerá novamente, pois esse quarto registro dos caras, "Skull", é um de seus melhores trabalhos.

Mantendo a pegada mais trabalhada dos dois discos anteriores, mas incluindo uma dose extra de peso (tanto que esse sem dúvida é o disco mais brutal da banda desde seu debut), a banda dos irmãos Matt e Ol Drake nos traz nove faixas excelentes, com uma pegada moderna, mas sem deixar de lado os elementos de thrash "old school" que sempre caracterizaram sua sonoridade.

publicidade

Contudo, não se trata de um som nada original, pois são evidentes influências de bandas como TESTAMENT, SLAYER e, principalmente, METALLICA, na fase do álbum "And Justice for All". Faixas como "Underworld", "Skull", "Head to the Demon" (uma das melhores do disco) e "What You Become" (mais cadenciada, mas pesadíssima) são algumas das melhores do disco, e mostram bem essas influências do grupo.

publicidade

Mas nada que retire a excelência do álbum, uma vez que a banda tem uma capacidade enorme de criar faixas cativantes, repletas de riffs excelentes, cozinha precisa, e linhas vocais muito marcantes. Alias, Matt está cantando muito bem, em sua melhor performance até hoje com a banda.

A produção crua e direta, embora moderna, é um outro ponto chave para o destaque do disco, evidenciado ainda mais a brutalidade dos caras.

publicidade

Ainda é cedo para dizer que "Skull" é o melhor disco do EVILE, mas só de suscitar essa possibilidade na cabeça do ouvinte já merece todos os créditos, até porque estamos falando de uma das melhores bandas de thrash da atualidade.

É fã do estilo? Então corra já atrás do seu!

Skull - Evile
(2014 – Importado – Erache Records)

1. Underworld
2. Skull
3. The Naked Sun
4. Head of the Demon
5. Tomb
6. Words of the Dead
7. Outsider
8. What You Become
9. New Truths, Old Lies

publicidade


Outras resenhas de Skull - Evile

Evile: o melhor álbum do grupo britânico




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Evile: Banda assina contrato com Napalm Records


Thrash metal: 20 novas bandas pra atualizar o ouvidoThrash metal
20 novas bandas pra atualizar o ouvido

Rock e Metal: as vozes da nova geraçãoRock e Metal
As vozes da nova geração


Iron Maiden: o pior momento de Bruce Dickinson no palcoIron Maiden
O pior momento de Bruce Dickinson no palco

Metal Progressivo: os dez melhores álbuns do estiloMetal Progressivo
Os dez melhores álbuns do estilo


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin