Dark Salvation: sonoridade voltada para o Melodic Death Metal

Resenha - Der letzte Weg - Dark Salvation

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Liechtenstein é o quarto menor país da Europa com uma população de pouco menos de 40 mil habitantes e, mesmo assim, o Metal se infiltrou por lá. De lá vem essa grata surpresa chamada Dark Salvation que, apesar do nome em inglês, canta em alemão que é a língua oficial daquelas poucas terras.
5000 acessosHeavy Metal (o filme): trilha sonora do caralho!5000 acessosExcessos: como os rockstars gastam os seus milhões

Este é o segundo trabalho do quinteto que demonstra em sua sonoridade algo voltado para o contestado Melodic Death Metal. Portanto, o que se ouve em "Der letzte Weg" não é novidade nenhuma, mas acrescenta e muito para o estilo, já que os caras o fazem com muita técnica e competência.

O primeiro importante quesito é a coesão da banda que é percebida já nas primeiras audições. Outro fator importante é a melodia na dose certa, ou seja, a banda não exagera na água com açúcar e equilibra muito bem isso com o peso. Fechando, a produção sonora do trabalho ficou muito boa deixando todos os instrumentos nítidos.

Destaque para a bela intro do trabalho, que deixa a gente naquela tensão, além de faixas como Schatten e suas belas quebradas, Lauf der Zeit e sua pegada maléfica e Endzeit com seus toques progressivos que fecham o disco com chave de ouro. Um ótimo álbum que merece ser conferido.

http://www.dark-salvation.li/DE/Default.asp

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Dark Salvation"

Heavy MetalHeavy Metal
Universo em fantasia; uma trilha sonora do caralho!

ExcessosExcessos
Como os rockstars gastam os seus milhões

Black SabbathBlack Sabbath
Décadas depois a participação de Gillan causa espanto

5000 acessosRolling Stone: as 10 melhores bandas de Heavy Metal5000 acessosEdu Falaschi: os dez vocalistas brasileiros preferidos dele5000 acessosMotorhead: a gafe nazista de Lemmy em Nuremberg5000 acessosResenha - Marilyn Manson (Maximus Festival, São Paulo, 07/09/2016)5000 acessosGene Simmons: declarações polêmicas sobre bandas de sucesso5000 acessosTr00s Virtuais: Como se tornar um em 100 passos

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online