Adrenaline Mob: mais uma vez excepcional em sua nova empreitada

Resenha - Covertá - Adrenaline Mob

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Uma das bandas mais legais da atualidade, o ADRENALINE MOB, que é formado por Mike Portnoy (DREAM THEATER, AVENGED SEVENFOLD), Russell Allen (SYMPHONY X), Mike Orlando (SONIC STOMP) e John Moyer (Disturbed) lançou em 2012 um dos melhores discos do ano, o excelente "Omertá". E aproveitando a boa fase, e para mostrar para os fãs que não se tratava de um simples projeto de um disco só, mas uma banda de verdade, os caras acabam de soltar mais um registro, dessa vez contendo apenas covers de algumas de suas maiores influências no meio musical.

Bateristas: os dez músicos mais loucos de todos os temposDave Mustaine: 10 coisas que você não sabia sobre ele

E a banda se mostra mais uma vez excepcional em sua nova empreitada, demonstrando todo o talento dos músicos envolvidos, seja individualmente, seja em conjunto, com um entrosamento de dar inveja.

Mike Orlando mais uma vez dá uma aula de técnica e bom gosto com seus riffs soberbos e solos brilhantes, embora, na maioria dos casos, sendo fiel às versões originais (como em "High Wire", do BADLANDS). Mas há ainda momentos em que utiliza toda sua criatividade para tornar algumas ainda mais pesadas e agressivas, como em "Barracuda", do HEAT e "Break on Through", do THE DOORS.

Mike Portnoy mais uma vez mostra toda sua classe e competência, com uma performance de fazer cair o queixo e, embora sem a necessidade dos apuros técnicos de outrora, se mostra muito à vontade e solto no ADRENALINE MOB.

Porém, mais uma vez, fica claro que o grande destaque individual do disco é mesmo Russel Allen, com uma voz soberba e cativante, que sempre impressiona o ouvinte com tamanha qualidade, sendo, sem dúvida, um dos melhores vocalistas da atualidade. Para se ter uma ideia da excelência da voz do cara, basta ouvir as três "homenagens" ao saudoso mestre DIO constantes no disco, "Stand Up And Shout", "Kill the King" e "The Mob Rules". Realmente brilhante.

Um disco pesadíssimo, repleto de feeling, groove e muito amor pela música. Esse é "Covertá", mais uma grande obra criada por esses 4 músicos fantásticos, que certamente já fincaram seu nome como uma das mais importantes novas bandas do metal contemporâneo. Ah, e aproveitem que o disco acaba de ser lançado no mercado nacional via Hellion Records para adquirir sua cópia, pois vale cada centavo!

Covertá - Adrenaline Mob
(2013 - Hellion Records - Nacional)

Faixas:
01. High Wire (BADLANDS)
02. Stand Up And Shout (DIO)
03. Break on Through (THE DOORS)
04. Romeo Delight (VAN HALEN)
05. Barracuda (HEART)
06. Kill The King (RAINBOW)
07. The Lemon Song (LED ZEPPELIN)
08. The Mob Rules (BLACK SABBATH)


Outras resenhas de Covertá - Adrenaline Mob

Adranaline Mob: vem se firmando como uma boa opção para os fãsAdrenaline Mob: repleto de energia e esbanjando tesão




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Adrenaline Mob"


Adrenaline Mob: Um pouco sobre David Z.Adrenaline Mob
Um pouco sobre David Z.

Mike Portnoy: Adrenaline Mob não tem a ver com progressivoMike Portnoy
Adrenaline Mob não tem a ver com progressivo

Mike Portnoy e Vinny Appice: assista duelo de bateriaMike Portnoy e Vinny Appice
Assista duelo de bateria


Bateristas: os dez músicos mais loucos de todos os temposBateristas
Os dez músicos mais loucos de todos os tempos

Dave Mustaine: 10 coisas que você não sabia sobre eleDave Mustaine
10 coisas que você não sabia sobre ele

Andre Matos declara: O Angra tinha que acabar!Andre Matos declara
"O Angra tinha que acabar!"

Danilo Gentili: O sertanejo tem mais atitude roqueira que o próprio roqueiroBlack Sabbath: About.com elege os 5 melhores álbuns da bandaOs estranhos relacionamentos de Janis JoplinStewart Copeland: "Não levava Led Zeppelin a sério graças aos vocais"

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.