Somnia: sonoridade gélida e soturna do início da década de 90

Resenha - Above Time and Space - Somnia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcos Garcia
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


A Ucrânia, desde o fim do bloco socialista/comunista da U.R.S.S., tem cada dia mais mostrado uma enorme diversidade de bandas de Metal, e em vertentes do Metal que parecem estagnadas ou que pouco ou nada possuem a oferecer. E o SOMNIA, que faz um Black Metal voltado às origens do estilo, é mais um ótimo nome daqueles cantos, que chega com seu primeiro Full Length, 'Above Space and Time'.

Rockstars: Os 50 mais ricos do planetaHistória do Rock: dos primórdios aos anos 70

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Praticando um Black Metal ríspido, cru e com aquela sonoridade mais gélida e soturna do início da década de 90, sem exageros em velocidade ou em mostras de técnica individual, ou seja, priorizando o conjunto e a música propriamente dita (embora seu som esteja longe de ser simplista, pois as variações de andamento são muito boas), com muitos momentos climáticos e mais sortunos, e mesmo alguns pequenos inserts aqui e ali de Pagan Metal, e assim, o resultado é de alto nível e realmente cativante, unindo vocais rasgados em uma escola Dead/Nocturno Culto das antigas, riffs de guitarra fortes, secos e ríspidos, mas que empolgam o ouvinte, a cozinha rítmica bem coesa e pesada, com boas variações e andamento.

A produção sonora é realmente bem antenada com a proposta da banda, ou seja, suja e bem ríspida (mas limpa o suficiente para que os instrumentos não fiquem embolados), mantendo os instrumentos pesados e com os timbres buscados pela banda para sua música. A arte, por sua vez, é trabalhada em tons de amarelo, cinza e preto, usando imagens de florestas e da própria natureza (e para alguns fãs mais aficcionados do estilo, existe uma bela surpresa na arte das duas últimas páginas do encarte), fora a arte simples da capa, e com um detalhe: a banda disponibilizou as letras em traduções para o inglês, pois eles cantam em seu idioma pátrio. Uma ótima iniciativa.

Falando em termos de música, 'Above Space and Time' é um disco muito bom do início ao fim, mantendo o nível do CD sempre bem acima da média, e fará o coração de muitos fãs saudosos dos anos áureos da cena Black Metal terem momentos de puro prazer, como na agressiva, intensa e sem muita velocidade 'Лише одна мить', com ótimos vocais rasgados e riffs muito bem compostos; a variada e seca 'Птахи минулого', com momentos mais soturnos e gélidos, e a bateria mostra uma boa diversidade técnica; 'Як попіл...' segue a mesma linha da anterior, só com um pouco mais de agressividade; a ótima e soturna 'Останній спогад', que tem belas variações de vocal, com momentos sussurrados tétricos e rasgados agressivos, e isso tudo sobre uma massa sonora de respeito, especialmente pelos riffs de guitarra e belos solos, e a diversidade se faz mais uma vez presente; a climática e forte 'Пустий потік буття', que é introduzida por uma levada belíssima e bem soturna, antes de ganhar peso e rispidez sem perder o clima mórbido e intenso; a mais agressiva 'Шлях у безодню', mas sem perder a climática do CD, com riffs muito bons mais uma vez, inclusive com momentos mais limpos; e fechando, uma bela versão para 'Majestic Desolate Eye', do DARKTHRONE, que ficou fiel à original, mas ao mesmo tempo, ganha uma roupagem nova nas mãos do quarteto, mórbida e agressiva. E no tracklist abaixo, em parênteses, estão os títulos traduzidos (exceto no cover), fornecidos no próprio CD, mostrando a importância que a banda dá à sua mensagem.

http://www.youtube.com/watch?v=m5ZJpmWcqMk&feature=player_em...

Um ótimo nome da cena, uma grande revelação, e que possui distribuição brasileira pela Witch Store, tornando o CD acessível aos fãs brasileiros.

Agora, arrumem suas cópias, pois este CD é ótimo!

Above Time and Space - Somnia
(2012 - Hidden Marly Production - Importado)

Tracklist:

01. Лише одна мить (In a Trice)
02. Птахи минулого (Birds of the Past)
03. Як попіл... (Like Ashes...)
04. Останній спогад (The Last Recollection)
05. Пустий потік буття (Empty Stream of Being)
06. Шлях у безодню (The Road to Abyss)
07. Majestic Desolate Eye (DARKTHRONE cover)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Somnia"


Rockstars: Os 50 mais ricos do planetaRockstars
Os 50 mais ricos do planeta

História do Rock: dos primórdios aos anos 70História do Rock
Dos primórdios aos anos 70


Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".

Mais matérias de Marcos Garcia no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336