Matérias Mais Lidas

imagemTravis Barker, do Blink-182, é hospitalizado às pressas e filha pede orações

imagemKerry King explica por que não assumiu o posto de guitarrista do Megadeth

imagemVeja diz que David Coverdale só passa vergonha nas redes sociais

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemMike Portnoy e a música do Rush que virou um grande sucesso do Guns N' Roses

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemNergal diz que Behemoth é mais que anti-religião e emociona-se com LGBTQ e aborto

imagemSammy Hagar conta como uma Ferrari fez ele entrar para o Van Halen

imagemCinco músicas que são covers, mas você acha que são as versões originais - Parte 2

imagemCinco álbuns que serão lançados no segundo semestre de 2022 e merecem a sua atenção

imagemSlash explica por que rejeitou Corey Taylor no Velvet Revolver

imagemAvenged Sevenfold e o álbum do Guns N' Roses que deveria ser mais valorizado

imagemKiko Loureiro explica por que acha uma merda seu solo de guitarra em "Rebirth"


Hatriot: amor pelo Thrash Metal realmente é coisa de família

Resenha - Heroes of Origin - Hatriot

Por Marcos Garcia
Em 21/02/13

Nota: 10

Esta resenha poderia acabar com a simples citação de um nome: Steve "Zetro" Souza.

Sim, o HATRIOT é a nova banda do nosso querido e lendário vocalista que, entre tantos trabalhos, já tem um currículo invejável, pois seu nome está associado à bandas como TESTAMENT (ainda em sua origem, quando a banda ainda se chamava LEGACY), EXODUS (onde marcou época), F-BOMB, DUBIN DEATH PATROL, e TENET. E o velhinho ainda trouxe os filhos Cody Souza (baixo) e Nick Souza (bateria), e assim, mostra que este amor pelo Thrash Metal realmente é coisa de família.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Óbvio que este é um disco de Thrash Metal, mas aos que esperam que o grupo fique se escorando no passado de Steve, é bom rever seus conceitos, já que 'Heroes of Origin' foge completamente do Thrash Metal Old School, flertando com influências do Metal Tradicional (especialmente nos solos de guitarra), mas a agressividade é latente e o som não soa datado ou retrô em momento algum. Vocais extremamente rasgados e agressivos, bases de guitarra muito bem construídas e pesadas, solos bem melodiosos, e uma cozinha rítmica para lá de pesada e técnica. E tudo isso soando coeso e pesado demais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Produzido por Juan Urteaga, a produção dá peso, agressividade e coesão ao som do grupo, sem deixar de soar limpo e com cada instrumento aparecendo na medida certinha; a parte visual, feita pelas mãos de Mark DeVito ficou muito bem feita.

Agora, verdade seja dita: este disco já pode ser considerado um dos melhores do ano, e isso estando ainda em fevereiro!!!

Primeiro de tudo: as músicas da banda transbordam energia e vida, além de serem tijoladas bem dadas na cara de qualquer um que se atreva a dizer o contrário. Segundo: o nível do disco é exagerado!

De ponta a ponta, as músicas empolgam e prendem a atenção do fã, especialmente por faixas como 'Suicide Run', um Thrashão assassino e rápido, com ótimos momentos das guitarras e bateria (como este cara usa bem os bumbos!); a alternada e contagiante 'Weapons of Class Destruction', com ótimos backings e com "Zetro" Souza mostrando que ainda tem muita lenha para queimar; o assassinato de 'Murder American Style', aquela típico Thrash para bater cabeça e cair no pogo; a não tão rápida, mas empolgante 'The Violent Times of My Dark Passenger', onde mais uma vez o batera se destaca pela técnica e utilização de blast beats muito bem sacados, fora os urros característicos de Steve; a cadenciada e azeda 'Globicidal', com a dupla de guitarras mostrando trabalho nas ótimas bases e solos bem variados; e a tijolada nos dentes de 'Heroes of Origin'.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Realmente, o nome de Steve "Zetro" Souza não é lendário à toa....

Em tempo: agradecemos à página brasileira oficial do HATRIOT no Facebook (que tem aval do próprio Steve) pela foto da banda usada nesta matéria.

Heroes of Origin - Hatriot
(2013 - Massacre Records - Importado)

Tracklist:

01. Suicide Run
02. Weapons of Class Destruction
03. Murder American Style
04. Blood Stained Wings
05. The Violent Times of My Dark Passenger
06. Globicidal
07. And Your Children to Be Damned
08. The Mechanics of Annihilation
09. Shadows of the Buried
10. Heroes of Origin

Formação:

Steve "Zetro" Souza – Vocal
Kosta Varvatakis – Guitarra
Miguel Esparza – Guitarra
Cody Souza – Baixo
Nick Souza – Bateria

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Contatos:

http://www.hatriotmetal.com
http://www.facebook.com/hatriot
https://www.facebook.com/hatriotbrazil
http://www.twitter.com/hatriotmetal
http://www.myspace.com/hatriot_metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".

Mais matérias de Marcos Garcia.