Matérias Mais Lidas

imagemLady Gaga: "o Iron Maiden mudou a minha vida!"

imagemSummer Breeze Open Air Brasil acontece em abril de 2023 em São Paulo

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemAlice Cooper diz que em sua equipe "todo mundo é tratado como a banda"

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemPink Floyd: Suas 10 músicas mais subvalorizadas, segundo a What Culture

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemMax Cavalera diz quais foram os dois discos mais difíceis que já gravou

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemDavid Bowie recusou (mais de um) convite para produzir o Red Hot Chili Peppers

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs


Airbourne 2022

Symptomen: banda mostra que tem tudo para se tornar referência

Resenha - Men Against Men - Symptomen

Por Junior Frascá
Em 21/02/13

Nota: 8

Quem acompanha de perto a cena metálica tem vislumbrado que com frequência têm surgido bandas com uma sonoridade bem voltada aos primórdios do estilo. E nessa linha, temos o que se convencionou chamar de "The New Wave of Tradicional Heavy Metal", ou seja, bandas atuais que tem uma sonoridade que remete de imediato o ouvinte ao metal tradicional praticado nos idos da década de 80, além de trazerem ainda grandes influências de NWOBHM. E agora já podemos dizer que o Brasil tem um grande representante nesta cena, o SYMPTOMEN, que já em seu debut mostra que tem tudo para se tornar referência no estilo.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Esqueçam a capa horrorosa do disco (que, sem dúvida, acaba por afastar os desavisados), e se concentrem apenas na sonoridade dos caras, pois o que temos aqui é puro metal tradicional, com algumas leves pitadas de power metal, com forte influência de bandas como ACCEPT, SAXON, IRON MAIDEN (em seus primeiros anos), PEGAZUS e ENFORCER.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Mas que fique claro: não se trata apenas de uma cópia dessas bandas, pois esse quarteto de Tatuí/SP tem muita personalidade, com composições fortes e energéticas, embora simples e de fácil assimilação.

E o grande destaque do disco fica para o guitarrista/vocalista/compositor Iago Pedroso, principalmente nas ótimas linhas vocais, que se sobressaem em todas as 8 faixas do disco, que tem como destaque a pedrada "Back to the 80´s", uma verdadeira homenagem ao estilo, que na parte lírica mostra bem a proposta da banda; "Army of the Children", com ótimos riffs, e um refrão marcante; "Symptomen", uma das mais pesadas do disco; e "Living in Danger", que gruda de imediato na cabeça do ouvinte, tendo tudo para se tornar mais um clássico do metal nacional.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A produção do disco também é boa, pois embora simples, deixou tudo bem "certinho", o que torna a audição do material ainda mais satisfatória.

Assim, temos aqui um debut de muita qualidade, e que eleva o SYMPTOMEN ao status de uma das grandes promessas do metal nacional, tendo tudo para evoluir ainda mais nos próximos lançamentos. Agora, por favor, no próximo registro poderiam escolher com mais cuidado a arte da capa, pois isso faz sim diferença para uma pessoa que não conhece ter boa vontade em escutar as músicas da banda. No mais, um ótimo registro, que vale a aquisição sem pensar duas vezes.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Men Against Men - Symptomen
(2012 – Diefight - Nacional)

1. Back to the 80 s
2. Army of the Children
3. Bad Choices
4. Demean
5. Poisoned World
6. Maybe
7. Symptom Men
8. Living in Danger

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Garimpeiro das Galáxias: Beldades globais e sua paixão pelo rock


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá.