Symptomen: banda mostra que tem tudo para se tornar referência

Resenha - Men Against Men - Symptomen

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

8


Quem acompanha de perto a cena metálica tem vislumbrado que com frequência têm surgido bandas com uma sonoridade bem voltada aos primórdios do estilo. E nessa linha, temos o que se convencionou chamar de "The New Wave of Tradicional Heavy Metal", ou seja, bandas atuais que tem uma sonoridade que remete de imediato o ouvinte ao metal tradicional praticado nos idos da década de 80, além de trazerem ainda grandes influências de NWOBHM. E agora já podemos dizer que o Brasil tem um grande representante nesta cena, o SYMPTOMEN, que já em seu debut mostra que tem tudo para se tornar referência no estilo.

Esqueçam a capa horrorosa do disco (que, sem dúvida, acaba por afastar os desavisados), e se concentrem apenas na sonoridade dos caras, pois o que temos aqui é puro metal tradicional, com algumas leves pitadas de power metal, com forte influência de bandas como ACCEPT, SAXON, IRON MAIDEN (em seus primeiros anos), PEGAZUS e ENFORCER.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas que fique claro: não se trata apenas de uma cópia dessas bandas, pois esse quarteto de Tatuí/SP tem muita personalidade, com composições fortes e energéticas, embora simples e de fácil assimilação.

E o grande destaque do disco fica para o guitarrista/vocalista/compositor Iago Pedroso, principalmente nas ótimas linhas vocais, que se sobressaem em todas as 8 faixas do disco, que tem como destaque a pedrada "Back to the 80´s", uma verdadeira homenagem ao estilo, que na parte lírica mostra bem a proposta da banda; "Army of the Children", com ótimos riffs, e um refrão marcante; "Symptomen", uma das mais pesadas do disco; e "Living in Danger", que gruda de imediato na cabeça do ouvinte, tendo tudo para se tornar mais um clássico do metal nacional.

publicidade

A produção do disco também é boa, pois embora simples, deixou tudo bem "certinho", o que torna a audição do material ainda mais satisfatória.

Assim, temos aqui um debut de muita qualidade, e que eleva o SYMPTOMEN ao status de uma das grandes promessas do metal nacional, tendo tudo para evoluir ainda mais nos próximos lançamentos. Agora, por favor, no próximo registro poderiam escolher com mais cuidado a arte da capa, pois isso faz sim diferença para uma pessoa que não conhece ter boa vontade em escutar as músicas da banda. No mais, um ótimo registro, que vale a aquisição sem pensar duas vezes.

Men Against Men - Symptomen
(2012 – Diefight - Nacional)

1. Back to the 80 s
2. Army of the Children
3. Bad Choices
4. Demean
5. Poisoned World
6. Maybe
7. Symptom Men
8. Living in Danger




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Cli336 WhiFin CliIL