Brutal Brain Damage: mistura entre Death, Gore, Grind e Splatter

Resenha - Brain Soup - Brutal Brain Damage

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Christiano K.O.D.A.
Enviar Correções  

publicidade

9


Uma mistura perfeita entre o Death Metal, o Gore, o Grind e o Splatter. Assim fazem os portugueses da Brutal Brain Damage, em seu 'debut' extraoridinário. E pasmem, a banda surgiu em 2011! Revelação do underground é pouco!

Bandas: Por que ninguém está indo a seus shows?Ivete Sangalo: "Ouço muito SOAD, Linkin Park, Slipknot e Rush"

Os riffs que abrem o disco lembram espantosamente a Cannibal Corpse, mas logo descambam para um som próprio e bem brutal. No aspecto geral, as vinte faixas são bastante agressivas e dotadas de uma riqueza digna de bandas já consagradas no cenário, com muitas variações rítmicas, mas quase sempre calcadas na velocidade. No entanto, as mais Goregrind, como no início de "Spit Fire", entre outros exemplos, empolgam muito!

Como destaques, praticamente todas as composições entram na lista, mas apenas por mencionar, tem a poderosa "Suicide Jesus", a violenta faixa-título e a viciante "Who Helps Me", com um riff sensacional e um pequeno trecho em que os vocais variam de forma bem criativa entre o gutural e o rasgado.

Hilária a letra "profunda" de "See U Later" (vídeo abaixo). Não há nada escrito no encarte, mas é possível entender o que é urrado. A última, apropriadamente intitulada de "W.T.F.?!", traz uma canção rodada de trás para frente. Quem se habilita a "desvirá-la"?

O vocal de Carlos Lopes é ferrenho, um urro maravilhoso e potente, tido como um elemento de valor primordial no grupo.

A gravação está espetacular, uma das melhores do gênero nos últimos tempos, com o peso absoluto das cordas (não há baixista, embora haja baixo registrado por Luís Neves) e um timbre de bateria maravilhoso.

E o capricho na parte visual também enche os olhos. Ilustrações bem feitas, combinando com a proposta doentia do quarteto. O pessoal soube investir na imagem!

Só fica o protesto para a curta duração do material – cerca de 26 minutos. Deixar a gente na vontade não vale!

Se alguém ainda tem dúvida do potencial do conjunto, aí vai: "Brain Soup" é, fácil, uma das melhores aquisições de 2012. Podem começar a correr atrás para aproveitar bem essa saborosíssima sopa de cérebros.

Brutal Brain Damage – Brain Soup
Vomit Your Shirt/Sevared Records – 2012 - Portugal

http://www.facebook.com/brutalbraindamage
http://brutalbraindamage.bandcamp.com/
http://www.myspace.com/brutalbraindamage
brutalbrain[email protected]

Tracklist:
1. Intro 00:52 instrumental
2. Ten Ten 00:52
3. You Must Die 01:53
4. Suicide Jesus 01:20
5. Shit Happens 01:33
6. First Blood 01:04
7. Grunt 01:27
8. Scum On 01:18
9. Sex Ritual 01:07
10. Squirt 00:24
11. Big Slow 00:10
12. Spit Fire 02:42
13. Brain Soup 01:45
14. See U Later 00:59
15. Who Helps Me 01:09
16. I Scream Milk 01:18
17. Pussy Grinder 01:05
18. Wannabe 01:08
19. Unleash the Fury 01:39
20. W.T.F ?! 02:07
Total: 25:52



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bandas: Por que ninguém está indo a seus shows?Bandas
Por que ninguém está indo a seus shows?

Ivete Sangalo: Ouço muito SOAD, Linkin Park, Slipknot e RushIvete Sangalo
"Ouço muito SOAD, Linkin Park, Slipknot e Rush"


Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin