Sad Theory: certamente o melhor da banda até o momento

Resenha - Descritica Patologica - Sad Theory

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

8


Completando 10 anos de carreira, os curitibanos do SAD THEORY chegam a seu quarto disco de estúdio, "Descritica Patologica", mais uma vez pelo selo Die Hard Records. E o disco, que já estava gravado desde 2008, sem dúvida é o melhor da banda até o momento, e certamente ampliará ainda mais a quantidade de fãs do conjunto.

Com uma sonoridade ainda mais agressiva, trazendo elementos de música extrema (Thrash e Death metal, em especial) e de metal tradicional, a banda se mostra bem madura e consistente, exarando fúria e agressividade em cada nota tocada, e em cada verso cantado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Além disso, as letras da banda são bem complexas e profundas, com temas introspectivos e fortes, e que farão a grande maioria dos fãs irem até o dicionário para procurar o significado de diversas palavras ali encontradas. Realmente, até nesse ponto a banda se destaca, com muita inteligência e criatividade.

Musicalmente falando, temos aqui ótimos riffs de guitarra, uma cozinha competente e grandes linhas vocais, agressivas e bem timbradas, contando o disco ainda com uma produção excelente, que deixou tudo bem direto e sujo como tem que ser, sem excessos de modernidade.

publicidade

A faixa "Sincretismo", que abre o disco, e "Outro", são os grandes destaques do material, como ótimos arranjos, muito peso, e com letras fantásticas (mas muito complexas, como já mencionado), sendo duas das melhores composições da banda até hoje. Mas não se engane: o disco é todo excelente, e merece uma audição completa com atenção.

Assim, "Descritica Patologica" é um disco altamente indicado a todos os fãs da música pesada, principalmente da sua vertente mais extrema, e mostra que o SAD THEORY é uma banda criativa e cativante, formada por músicos inteligentes, e que não se voltam a modismos. Não deixe de conferir!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Descritica Patologica – Sad Theory
(2012 – Die Hard Records - Nacional)

1. Sincretismo
2. Shahmat
3. Três Patetas Céticos
4. Refluxo
5. Epilético
6. Grãos de Pólvora
7. Outro
8. Aurora Morbidus
9. Tauromaquia Revertida
10. Espinhos
11. Concreto




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Slayer: Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismoSlayer
Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismo

Marilyn Manson: Sou ainda pior fora do palcoMarilyn Manson
"Sou ainda pior fora do palco"


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Cli336 WhiFin Cli336