RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Summer Breeze 2024

Bad Salad: Prog Metal intrincado e grudento

Resenha - Uncivilized - Bad Salad

Por Ben Ami Scopinho
Postado em 25 de novembro de 2012

Nota: 8

Pouquíssimo tempo de estrada e já estreando com um disco tão bom! O Bad Salad iniciou suas atividades na Brasília de 2007, sem grandes preocupações em adotar uma linha musical específica, apenas tendo como objetivo escrever canções durante as jam sessions que realizavam. A procura pela formação ideal fez com que permanecessem em um hiato que se estendeu pelos próximos dois anos, mas tudo se ajeitou e o resultado agora se cristaliza no debut "Uncivilized".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Ainda que o Bad Salad admita que não tivesse como premissa um estilo específico, bastam alguns minutos de audição para concluir que toda a virtuose empregada situa "Uncivilized" no chamado Prog Metal, sendo inegável a influência do Dream Theater em suas composições – mas que de forma alguma desmereça qualquer aspecto deste primeiro disco, dada a fluidez e carisma que permeiam os mais de 70 minutos do repertório.

Ou seja, os brasilienses possuem garra mais do que suficiente para que cada canção se sustente por si própria. Intrincado de forma sensata ou com melodias que esbanjam feeling, cada músico possui espaço para mostrar a intimidade com seus respectivos instrumentos. E, mesmo que "Uncivilized" reserve novas descobertas ao longo de tantas variações rítmicas, algo que acrescenta de forma positiva é a capacidade do Bad Salad em oferecer freqüentes ocasiões 'grudentas'.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

São sete canções, onde apenas duas delas possuem menos de 10 minutos e, independente de "Crowded Sky" (excelente solo de guitarra) e "Nemesis" serem os singles, há algo muito especial envolvendo a introspectiva "Mourning", que vai crescendo e mostra um vocalista que convence pela ausência de exageros; e ainda a gostosa "Sights From Within", cheia de nuances, orquestrações e muita distorção.

Apenas como curiosidade, vale citar que o guitarrista Thiago Campos foi uma das primeiras pessoas a tecer comentários analíticos sobre "A Dramatic Turn Of Events", liberado pelo Dream Theater em 2011, argumentos que inclusive receberam o respaldo do próprio Mike Portnoy. Ou seja, este fato comprova que o Bad Salad sabe o que faz e está perfeitamente confortável neste estilo. Ao contrário da esquisitice do nome de batismo, a salada é boa!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

Contato:
http://www.badsalad.net/
http://www.reverbnation.com/badsalad

Formação:
Denis Oliveira - voz
Thiago Campos - guitarra
Felipe Campos - baixo
Caco Gonçalves - bateria

Bad Salad – Uncivilized
(2012 / independente – nacional)

01. Crowded Sky
02. Nemesis
03. Mourning
04. The Second Calling
05. Damned
06. Sights From Within
07. Dawn Of The Machine

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4

Outras resenhas de Uncivilized - Bad Salad

Bad Salad: "Salada", que de "ruim" não tem nada

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Perc3ption: A arte em situações extremas

"Here Comes The Rain", último registro do Magnum com Tony Clarkin, é mais um bom registro

Resenha - Nebro - Vesperaseth

Sepultura: Em plena forma e com mais um disco brilhante

Deep Purple: Who Do We Think We Are é um álbum injustiçado?

Deep Purple: Stormbringer é um álbum injustiçado?

Megadeth: recuperando a fúria que faltava


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Andre Facchini Medeiros | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Jesus Leitão Souza | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Roberto Andrey C. dos Santos | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".
Mais matérias de Ben Ami Scopinho.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS