RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemA atitude punk da Legião Urbana que causou irritação e deu trabalho na gravação

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemO conselho realista de John Petrucci para bandas que estão começando agora

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemDeep Purple: David Coverdale revela quem quis como substituto de Ritchie Blackmore

imagem"Quem não gosta de Beatles bom sujeito não é", diz João Gordo

imagemAndi Deris tem problemas de saúde e shows do Helloween são adiados

imagemProdutor da turnê de Paul Di'Anno explica problemas no primeiro show

imagem5 motivos para assistir ao novo RockGol 2023 que estreia em fevereiro

imagemClipe de "From The Ashes" ultrapassa 1 milhão de views e Fernanda Lira celebra

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical


Stamp

Bad Salad: "Salada", que de "ruim" não tem nada

Resenha - Uncivilized - Bad Salad

Por Rodolfo Stanic
Postado em 09 de agosto de 2012

Nota: 10

Começo esta resenha com uma pergunta que me intriga: quem ainda tem a audácia de dizer que brasileiro não consegue fazer música boa? O vocalista ANDRE MATOS – que lançará seu terceiro disco solo agora no dia 22 de agosto – disse muitas vezes em entrevista que praticamente toda vez que ele vai ao Japão em turnê, ouve o pessoal comentando que os brasileiros tem um jeito especial de tocar que pouca gente tem. E não estamos nos referindo apenas à música típica das terras tupiniquins, aos ritmos nascidos no país. Entre canções mais refinadas da nossa bossa nova e outras de gosto duvidoso como os "oi oi oi", "lererê" e "tchererê" que tocam por aí, sempre vejo músicos talentosos que conseguem se encaixar em estilos estabelecidos no exterior, neste caso o rock pesado, e criar algo com mesmo nível de qualidade. Infelizmente, poucos desses músicos são valorizados pelo nosso povo e consequentemente ficamos com essa imagem manchada da música brasileira, mas isso é assunto para outra hora.

O BAD SALAD, literal e comicamente "salada ruim" em inglês, é uma banda brasiliense de metal liderada por Thiago Campos (guitarra) e fundada em 2007, com a ideia de fazer jam sessions e compor músicas com ideias de todos os integrantes. Surgiu aí o nome "salada", que de "ruim" não tem nada. Com algumas mudanças, a formação que gravou o álbum de estréia, "Uncivilized", se integrou em 2010. Se você gosta de DREAM THEATER, provavelmente deve ter visto o vídeo tributo split-screen da música "Metropolis Pt. 1", que já passou da casa dos 1,1 milhões de acessos no YouTube (confira o vídeo abaixo). Este projeto de covers, o VRA, divide membros com o BAD SALAD e poderia até ser chamado de projeto paralelo.

O álbum começa as músicas "Crowded Sky" e "Nemesis", já disponibilizadas anos atrás em versões demo para divulgação da banda. A partir da próxima música, "Mourning", uma quase-balada bem interessante, já conseguimos perceber que "Uncivilized" não é um álbum de composições fracas. Os Salads sabem criar músicas que abusam das variações rítmicas, algo típico do rock progressivo, sem soar como um "copiei, colei" de ideias aleatórias. O álbum, apesar de conter essencialmente músicas longas, segue uma coerência que mostra o quanto a banda se preocupou em pensar e estruturar suas músicas. Os solos de baixo de Felipe Campos e a competência de Caco Gonçalves na bateria também merecem destaque.

Como já era de se esperar para quem veio acompanhando o trabalho dos integrantes do BAD SALAD, durante todos os 78 minutos de duração do disco, a influência de DREAM THEATER é bem evidente e a banda cai em alguns clichês, algo muito perceptível especialmente na pesada introdução da música "The Second Calling", gravada com uma guitarra de sete cordas e com riffs que poderiam ter sido facilmente compostos por John Petrucci. Mesmo assim, eles não me parecem uma cópia descarada do grupo norte-americano: os vocais de Denis Oliveira são diferentes para o padrão do estilo, algo que a banda sempre mostrou ser intencional. Elementos do rock alternativo e de outros gêneros estão presentes também, fazendo com o que disco, ao mesmo tempo que pareça familiar, tenha uma sonoridade moderna e bacana.

Acredito que esse disco seja um prato cheio para os fãs de metal progressivo, estilo ainda não tão popular, porém em constante crescimento. Recheado de músicas épicas, equilibra a quebradeira musical com muita melodia, músicos virtuosos sem exibicionismo e exageros. É realmente uma pena que ele tenha optado por sair da banda, mas os sons de teclado de César Zolhof (antigo baterista do KHALLICE) fazem toda a diferença, sejam nas camadas orquestrais ou nos solos muito bem elaborados. "Uncivilized" é mais um forte indício de que o metal nacional não morreu e vai muito bem, obrigado. Entretanto, é triste que, ironicamente, a nossa música esteja sendo mais valorizada nos outros países do que pelos próprios brasileiros.

Uncivilized - Bad Salad
Lançado em 24 de julho de 2012

Tracklist:
1 - Crowded Sky (6:31)
2 - Nemesis (11:33)
3 - Mourning (10:09)
4 - The Second Calling (12:37)
5 - Damned (9:29)
6 - Sights from Within (12:37)
7 - Dawn of the Machine (15:29)

Esta resenha pode ser lida também no Caravela Virtual.
http://www.caravelavirtual.com.br/2012/07/resenha-uncivilized-bad-salad/

[an error occurred while processing this directive]


Outras resenhas de Uncivilized - Bad Salad

Resenha - Uncivilized - Bad Salad

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal