Hope: um rock'n'roll de forte acento alternativo

Resenha - First Impressions - Hope

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Natural do Pará, o Hope começou suas atividades em 2008 e, antes mesmo de se apresentar ao vivo, deu início às gravações das composições que fariam parte de seu primeiro disco. Ainda que não tivesse uma formação estabilizada, o pessoal seguiu adiante para, em 2011, liberar "First Impressions" no formato digital, que agora encontra sua versão física através da parceria com a Alternative Music Records.

"First Impressions" se revela um título bastante apropriado. O Hope abraça gêneros como o Grunge, algo do Punk e possui uma veia Metal bastante atualizada, e dá para considerar o resultado final como sendo um rock´n´roll de forte acento alternativo, ora nervosão, ora sofrido ou introspectivo, bem na linha mainstream do gênero norte-americano. Os músicos são muito bons, em especial o desempenho de Bruno Corey, que prova estar bastante à vontade atrás do microfone.

publicidade

Após a primeira metade de "First Impressions", já dá para sacar que as canções são bem diferentes entre si e, o melhor, possui aquela importante linha de coerência mantendo tudo devidamente amarrado. Ou seja, mesmo com pouco tempo de estrada, o Hope soube como conduzir o processo de composição de forma a definir sua identidade e o grande destaque fica por conta de "California" e, logo atrás, "Church Of Everybody" e "Oliver".

publicidade

A produção de Marcell Cardoso (Edu Ardanuy, Bittencourt Project) e Chico Dehira (Karma) no estúdio paulista Fábrica de Som mantém equilibrados a sujeira e a polidez, além de os timbres estarem muito bem escolhidos. Ainda que simples, o trabalho gráfico de Antônio Cesar (Angra, Amanda Somerville) é eficiente e de bom gosto, e finalizado em digipak. Ou seja, O Hope tomou inúmeros cuidados para que as primeiras impressões de seu debut fossem as melhores possíveis. Se o leitor aprecia o estilo, pode conferir!

publicidade

Contato:
http://www.myspace.com/hoperock

Formação:
Bruno Corey - voz
Marcelo bRain - guitarra
Renan Chady - guitarra
Vinci Slap - baixo
Wagner Nugoli - bateria

Hope - First Impressions
(2012 / Alternative Music Records – nacional)

01. Still There's A Hope
02. California
03. Church Of Everybody
04. My Hope
05. Oliver
06. Who's Guilty Anyway??
07. Just 4 Me And U
08. Wishing' Upon A Star
09. Need
10. Still On The Runnin'
11. Three Dots (...)
12. July 2K7

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Felipe Andreoli: Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra...Felipe Andreoli
"Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra..."

Sepultura: Pavarotti gravou uma versão de Roots Bloody Roots?Sepultura
Pavarotti gravou uma versão de "Roots Bloody Roots"?


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin