Black Sabbath: Obrigatório, se você acredita em duendes!

Resenha - Sabbath Bloody Sabbath - Black Sabbath

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rodrigo Noé de Souza
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Desde sua criação, no dia 13 de Fevereiro de 1970 (numa sexta-feira!), o Black Sabbath virou o Rock de cabeça para baixo com riffs fúnebres de Tony Iommi, das letras sombrias do Geezer Butler e dos vocais jazzísticos de Ozzy Osbourne (antes dele estragar tudo por causa das bebedeiras!). Seus discos viraram peças obrigatórias para qualquer ex-hippie frustrado com aquela pregação de ¨Paz e Amor¨, extinta naquele fatídico festival de Altamont, durante a turnê dos Rolling Stones.
4443 acessosOzzy: madman confessa qual o pior dos vícios que ele já teve5000 acessosLuxúria: uma lista de alguns dos clipes mais sexys da história

Após o bem sucedido Volume 4, Ozzy/Tony Iommi/Geezer Butler/Bill Ward trocaram o estudio Record Plant e se hospedaram em um castelo chamado Clearwell Castle, no País de Gales, também refugio de bandas como Deep Purple, Led Zeppelin e Rush.

Durante as gravações, o guitarrista acreditava que teria visto assombrações naquele recinto, como gnomos, duendes, gárgulas, ruídos, sombras, alem de pregar peças em seus companheiros.

Se for verdade ou não, o que temos certeza é que Sabbath Bloody Sabbath se tornou mais um clássico da banda. A faixa-título é obrigatória por causa dos riffs, alem de destacar Sabbra Cadabra, Who Are You (ambas com a ajuda do mago Rick Wakeman), Killing Yourself to Live e a instrumental Fluff (Iommi tocando piano e Harpiscord).

O guitarrista ainda tocou flauta em Looking for Today e Will Malone fez arranjos em Spiral Architect.

Sabbath Bloody Sabbath ficou em 4º lugar na Inglaterra e 11º nos EUA. Obrigatório, se você acredita em duendes!

Tracklist:

1-Sabbath Bloody Sabbath
2-A National Acrobat
3-Fluff
4-Sabbra Cadabra
5-Killing Yourself To Live
6-Who Are you?
7-Looking For Today
8-Spiral Architect

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Sabbath Bloody Sabbath - Black Sabbath

2975 acessosBlack Sabbath: Uma espiral que eleva a genialidade ao supremo5000 acessosResenha - Sabbath Bloody Sabbath - Black Sabbath5000 acessosTradução - Sabbath Bloody Sabbath - Black Sabbath

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Madman confessa qual o pior dos vícios que ele já teve

1356 acessosTony Iommi: "Valeu a pena desde o 1° dia", diz sobre carreira435 acessosHeavy Lero: a segunda parte da história do Black Sabbath com Dio0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Tony IommiTony Iommi
"Foi uma honra poder tocar junto com Jon Lord"

Black SabbathBlack Sabbath
Tony Iommi conta como quase matou Bill Ward

"Farewell""Farewell"
10 bandas que fizeram turnê de despedida, mas voltaram

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

LuxúriaLuxúria
Uma lista de alguns dos clipes mais sexys da história

Cê tá de brincadeira?Cê tá de brincadeira?
Quando grandes nomes vacilam

Bizarre MagazineBizarre Magazine
Quão bizarro é... Ronnie James Dio

5000 acessosVoz: 10 músicos que cantam tão bem quanto os vocalistas de suas bandas (Parte I)5000 acessosAC/DC: isso sim é uma bela estrada para o inferno5000 acessosBandas Iniciantes: 17 maneiras de assassinar sua carreira musical5000 acessosTwisted Sister: Dee conta como Lemmy salvou sua vida5000 acessosEpica: "Eu e Simone não encaixávamos, trabalhamos melhor hoje", diz Mark Jensen5000 acessosNirvana: ex-baterista explica porque saiu da banda

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Rodrigo Noé de Souza

Nasci em 1984. Esse ano não é só o início de uma nova democracia, mas também é o ano em que vários discos foram lançados, como Powerslave (IRON MAIDEN), Stay Hungry (TWISTED SISTER), W.A.S.P., Don´t Break The Oath (Mercyful Fate), Slide It In (WHITESNAKE), 1984 (VAN HALEN), The Last In Line (DIO) e, o meu favorito de todos, Ride the Lightning (METALLICA). Sou um aficcionado por Metal, desde AC/DC e ZZ Top, até Anaal Nathrakh e Krisiun. Sou Jornalista, blogueiro, facebookeiro, o que for. Quem quiser saber o que eu escrevo, acessem meu blog: www.esporropublico.zip.net.

Mais matérias de Rodrigo Noé de Souza no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online