Disgrace and Terror: Death ríspido e bem trabalhado

Resenha - Terror Nuclear/Shadows of Violence - Disgrace and Terror

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Christiano K.O.D.A., Fonte: Som Extremo
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


A banda já tem lá seus bons anos de estrada, mas por alguma razão injustificável, nunca apareceu entre as grandes do Metal extremo nacional... por que será? Afinal, com o material aqui apresentado, lançado pela Distro Rock e outros selos, eles demonstram que deveriam estar no "top of mind" dos headbangers brasileiros.

Separados no nascimento: Dave Mustaine e Mika HakkinenRoadrunner: os dez melhores vídeo-clipes da gravadora

Com um Thrash Metal com pitadas de Death ríspido e bem trabalhado, mas quase sempre veloz, a Disgrace and Terror atinge nossos ouvidos de maneira certeira, sendo que os felizardos proprietários do disco terão, na realidade, a junção do "full length" "Shadows of Violence" (2005 - gravado no Da Tribo Studio, aos cuidados do insuperável Ciero) e o split com a Inferno Nuclear "Terror Nuclear" (2009 - obviamente que somente as faixas da Disgrace) em um único registro, que soma mais de uma hora de poluição sonora.

Interessante notar que, mesmo os materiais tendo quatro anos de "distância" no lançamento, a diferença na qualidade do som é bem pequena. Aliás, no aspecto gravação, não há do que reclamar!

Chama a atenção o vocal rasgado e poderoso de Rot, numa levada Black Metal, mas que deu um belo show no estilo executado pelo conjunto. Parabéns também para os numerosos e bons riffs pesados de Sérgio Inferno e Alan Rod - guitarristas que gravaram respectivamente o split e o "full" -, sem deixar de lado as boas variações do competente baterista Aldyr Rod, rápido e técnico na medida certa para o som do quarteto, que é completado pelo baixista Romulo Machado.

E o encarte vem completinho, rico, cheio de letras e informações técnicas, com direito às duas bonitas capas dos trabalhos que compõem o CD e até a uma biografia da banda.

Difícil destacar uma ou outra composição, já que todas carregam as características já mencionadas. Logo, esse Thrash/Death Metal de primeiríssima tem que ser como um "livro de cabeceira" para amantes de som extremo. Que aula de como fazer bem feito!

Disgrace and Terror - Terror Nuclear/Shadows of Violence - European Tour - Especial Edition
Distro Rock Records/CD Rock/Impaled Records - 2011 - Brasil

http://www.myspace.com/disgraceandterror

disgraceandterror@yahoo.com.br

http://www.twitter.com/disgraceterror

Tracklist

1. Gas Chamber 04:08
2. Slaves of Hate 04:34
3. Legado do Mal 03:44
4. Bomberman 04:11
5. The Senasation is Dedad 04:43
6. Shadows of Violence 05:28
7. Human Remain 03:27
8. Live and Die 03:01
9. Terrorism 04:24
10. Time Has Come 03:38
11. Infection 04:15
12. Welcome to Extermination City 04:31
13. Controlled 04:58
14. Nefertem 02:29
15. The War 02:26
16. And War Again... 01:19 instrumental
Total: 01:01:16

http://www.twitter.com/som_extremo




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Disgrace And Terror"


Separados no nascimento: Dave Mustaine e Mika HakkinenSeparados no nascimento
Dave Mustaine e Mika Hakkinen

Roadrunner: os dez melhores vídeo-clipes da gravadoraRoadrunner
Os dez melhores vídeo-clipes da gravadora

Dane-se Bruce Dickinson: Simone Simons no metrô é muito melhorDane-se Bruce Dickinson
Simone Simons no metrô é muito melhor

Metallica: James Hetfield explica suas tatuagens preferidasMassacration: saiba quem é o baterista que tocava "de verdade"Myles Kennedy: de início, ele se negou a cantar com o Guns no Rock HallSkank: muitos que vestem camiseta preta e se tatuam têm pouco de rock

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.