Insomnium: Não é só mais uma banda da Finlândia

Resenha - One For Sorrow - Insomnium

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por José Antonio Alves
Enviar Correções  

8


O Insomnium é uma banda finlandesa formada na cidade de Joensuu que nos apresenta seu quinto trabalho, "One For Sorrow", lançado em 2011. Na ativa desde 1997, a banda definitivamente se junta ao hall de grandes bandas do país com o novo trabalho que nos mostra um Death Metal Melódico que não vai pelo caminho dos clichês adotados normalmente, segue um caminho que mescla ainda um pouco de Doom Metal para enriquecer e transformar o álbum em algo muito interessante.

publicidade

Niilo Sevänen (Vocal, Baixo), Markus Hirvonen (Bateria), Ville Vänni (Guitarra) e Ville Friman (Guitarra, Backing Vocals) chegam a este quinto registro com a proposta de fazer um dos álbuns mais diversificados da história da banda. As melodias empregadas são destaque, faixas como a abertura "Inertia" e a seguinte, "Through The Shadows" (esta última com um refrão mais encorpado) criam uma atmosfera cheia de detalhes que prendem o ouvinte.

publicidade

Fortes influências do Doom Metal em faixas como "Song Of The Black Bird" e a faixa título "One For Sorrow" são evidentes, mas também há espaço para faixas mais agressivas como a ótima "Every Hour Wounds", outras mais modernas como "Only One Who Waits" e também o carro-chefe do trabalho, a faixa "Unsung", canções que possuem elementos desde o antigo Amorphis até coisas mais antigas do In Flames.

publicidade

As guitarras estão bem encaixadas, com riffs que até podem ter lá sua semelhança com trabalhos anteriores da banda, mas ganharam uma roupagem diferente aqui. Os vocais guturais são mesclados com vocais limpos nos momentos certos, aliás, estes são um bom destaque neste trabalho, linhas vocais fortes que demonstram bem o potencial vocal da banda, como na faixa "Regain The Fire".

publicidade

A Finlândia é um dos maiores celeiros de banda do mundo, e o Insomnium é uma novidade já não tão nova que deve agradar aos fãs do estilo. Principalmente pelo fato da produção ser excelente, e também da banda não ter medo de ousar com seu som, o que torna este registro um marco importante na discografia destes finlandeses.

Faixas:

01. Inertia
02. Through The Shadows
03. Song Of The Blackest Bird
04. Only One Who Waits
05. Unsung
06. Every Hour Wounds
07. Decoherence
08. Lay The Ghost To Rest
09. Regain The Fire
10. One For Sorrow

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Os Simpsons: bandas de Rock na versão amarelaOs Simpsons
Bandas de Rock na versão amarela

Metallica: NME elege as 10 melhores músicas do grupoMetallica
NME elege as 10 melhores músicas do grupo


Sobre José Antonio Alves

Aventureiro, mochileiro, amante da cultura latina e claro, fã de um dos estilos mais fascinantes deste universo musical: o Heavy Metal!

Mais matérias de José Antonio Alves no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin