Dio: A pedra fundamental do Power Metal

Resenha - Holy Diver - Dio

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paulo Severo da Costa
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Ian Christie, no livro "Heavy Metal-A História Completa"(ARX) comparando as bandas da NEW WAVE OF BRITISH HEAVY com aquelas que vieram logo em seguida, afirma: "Quando estas bandas começaram a duplicar os atributos do Heavy Metal que anteriormente já entortavam cérebros, adicionando toneladas de esteróides aos momentos mais explosivos, elas criaram o Power Metal".

Rodz Online: 25 Anos de Philips Monsters of Rock 1994 (vídeo)Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conhecia

RONNIE JAMES DIO é muito anterior ao Power Metal; aliás é proto-metal, tendo iniciado sua carreira no final dos anos 50(!!). Foi vocalista de sua própria banda(ELF), tendo passagens que construíram a história do metal pelo RAINBOW (1975-78) e pelo BLACK SABBATH pós- OZZY (1980-82/1992) .

Depois de "Mob Rules"(81), RONNIE brigou com os TONY YOMMI e GEZZER BUTLER (em uma bizarra crônica que envolve o aumento dos vocais e bateria, em detrimento da guitarra e do baixo, na mixagem do disco) e, após um álbum ao vivo ("Live Evil"), monta a banda DIO e lança, em maio de 1983, a porrada sonora "Holy Diver".

Ok, o que isso tudo tem a ver com o papo de Power Metal lá em cima? Divergências a parte, na opinião desse redator, o disco inaugura o estilo que consagraria figurinhas como HELLOWEEN e BLIND GUARDIAN anos depois." Holy Diver" é forte, melódico, com os vocais épicos do estilo e as guitarras de VIVIAN CAMPBELL, (então um moleque), "pondo quente" nas composições.

"Holy Diver" - a canção - tem uma das melhores pegadas de metal de até então, soando como um RAINBOW revitalizado e brilhante. "Gipsy Kiss" deixa bem claro que DIO escutava muito AC/DC - vide a síncope utilizado pelo mesmo em suas tortas linhas melódicas. "Caught in the Middle" começa com um riff na onda de "Breaking the Law" do JUDAS, desembocando em um heavy dos infernos.

No quesito power ballad, duas canções se sobressaem no disco: enquanto "Don't Talk to Strangers" pegou o que de melhor o SCORPIONS podia oferecer em sua introdução e rapidamente dá uma guinada para a pancadaria, abrilhantada por um solo virtuoso de CAMPBELL (cortesia da escola RANDY RHOADS).Na mesma toada, "Invisible" é outra grande sacada da banda e outro ótimo solo.

Por fim, um comentário a parte: quem discorda do uso do termo Power Metal para esse disco, "Rainbow in the dark" é o quê ?

Track list:

1. "Stand Up and Shout"
2. "Holy Diver"
3. "Gypsy"
4. "Caught in the Middle"
5. "Don't Talk to Strangers"
6. "Straight Through the Heart"
7. "Invisible"
8. "Rainbow in the Dark"
9. "Shame on the Night"


Outras resenhas de Holy Diver - Dio

Dio: O primeiro álbum é genial do começo ao fimDio: Uma das obras mais espetaculares do Heavy MetalRonnie James Dio: Em 1983 era lançado o clássico Holy Diver




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Dio"Todas as matérias sobre "Rainbow"Todas as matérias sobre "Black Sabbath"


Rodz Online: 25 Anos de Philips Monsters of Rock 1994 (vídeo)Black Sabbath: "The Wizard" na trilha sonora da série Peaky Blinders

Black Sabbath: divulgada suposta primeira aparição do mascote da bandaBlack Sabbath
Divulgada suposta primeira aparição do mascote da banda

Heaven & Hell: divulgado vídeo raro de última sessão de autógrafos de DioHeaven & Hell
Divulgado vídeo raro de última sessão de autógrafos de Dio

Black Sabbath: em 1990, Tony Martin mostra todo seu potencial

Solos de guitarra estendidos: os melhores feitos em shows ao vivoSolos de guitarra estendidos
Os melhores feitos em shows ao vivo

Black Sabbath: banda estará na trilha sonora da quinta temporada da série Peaky BlindersBlack Sabbath
Banda estará na trilha sonora da quinta temporada da série Peaky Blinders

Resenha - Cross Purposes - Black SabbathBlack Sabbath
25 anos de um álbum subestimado

Black Sabbath: cena de Homem de Ferro em Ultimato com Iron Man fica épicaBlack Sabbath
Cena de Homem de Ferro em Ultimato com "Iron Man" fica épica

Bill McClintock: Metallica + Black Sabbath + Dokken + Herb Alpert

Black Sabbath: os crucifixos surgiram por causa de uma maldiçãoBlack Sabbath
Os crucifixos surgiram por causa de uma maldição

Black Sabbath: Gastão Moreira analisa o Master of Reality

Spotify: as bandas de hard rock e metal mais ouvidas no último mêsSpotify
As bandas de hard rock e metal mais ouvidas no último mês

Black Sabbath: box-set com 9 discos sai em setembroBlack Sabbath
Box-set com 9 discos sai em setembro

Collectors Room: os discos que marcaram a carreira de Dio (vídeo)

Black and Blues: a influência do lamento negro no Black SabbathBlack and "Blues"
A influência do lamento negro no Black Sabbath

Kerrang!: os 100 melhores álbuns de Rock em lista da revistaKerrang!
Os 100 melhores álbuns de Rock em lista da revista

Guitar World: os 100 melhores guitarristas de hard rockGuitar World
Os 100 melhores guitarristas de hard rock


Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

Bandas: Por que ninguém está indo a seus shows?Bandas
Por que ninguém está indo a seus shows?

Raul Seixas - Perguntas e RespostasRaul Seixas - Perguntas e Respostas
Raul Seixas - Perguntas e Respostas

Slash: Saul Hudson explica qual a origem de seu apelidoHelter Skelter: a música que Charles Manson "roubou" dos BeatlesMyles Kennedy: de início, ele se negou a cantar com o Guns no Rock HallSkank: muitos que vestem camiseta preta e se tatuam têm pouco de rock

Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n'roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: joaopsevero@bol.com.br.

Mais matérias de Paulo Severo da Costa no Whiplash.Net.