[maua]: Heavy Metal construído de maneira bastante peculiar

Resenha - Conscience - Maua

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  


Escutando algumas demos fica nítida a conclusão de que várias bandas já estão mais do que prontas para liberar um disco completo. E esse é o caso do «maua», natural de Aracajú (SE), que está na ativa desde 2004 e já tocou por toda a região nordeste. Foi em 2009 que liberaram o EP "Conscience", com um Heavy Metal construído de maneira bastante peculiar se comparado com a maioria das bandas deste Brasil.

Independente de quantas bandas atingiram o tal sucesso comercial seguindo esta linha, é fato que mesclar os mais variados dos subgêneros metálicos se transformou em uma prática adotada nos quatro cantos do planeta. E é nesta linha que o «maua» investe, trabalhando sobre os elementos do Thrash e Death Metal, mas com tal requinte técnico e uma visão realmente criativa que tornou a coisa toda bastante perturbadora.

publicidade

Ou seja, não tem como "Conscience" passar despercebido, em especial pela forma como os sergipanos exploram as mudanças de ritmos, inteligentes e muitas vezes inesperadas. Além de serem músicos muito bons, o pessoal conta com um vocalista insano e que se encaixa perfeitamente à proposta, adorando linhas sempre ríspidas. E, ainda que as cinco faixas sejam excelentes, dá para destacar "Bitch", "Probably The End" e "Nothing Is Like The Same".

publicidade

O público que aprecia o trabalho de nomes como Pantera, Lamb Of God e Meshuggah terão muitos motivos para conhecer o «maua». E, sobre sua estréia em disco, a banda já deixou recado que o mesmo estará sendo disponível ainda em 2012, então guardem esse nome aí, pois se o debut possuir a força que é "Conscience"...!

Contato: www.myspace.com/mauabr

publicidade

Formação:
Groman - voz
Cabral - guitarra
Maha - guitarra
Jess - baixo
Thomas - bateria

[maua] – Conscience
(2009 / CD-demo – nacional)

01. Bitch
02. Probably The End
03. The Awake In The Beginning Of The End
04. Nothing Is Like The Same
05. Relief


Outras resenhas de Conscience - Maua

Maua: Death/Thrash brutal de rasgar os ouvidos




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Mustaine: Aos 15 entrei na magia e conheci o lado negro!Mustaine
"Aos 15 entrei na magia e conheci o lado negro!"

Rammstein: Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!, diz Till LindemannRammstein
"Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!", diz Till Lindemann


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin