Poodles: Calcado em décadas passadas mas sem cheirar a mofo

Resenha - Performocracy - Poodles

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Bom, certamente muitos não levariam tão a sério assim uma banda que se batiza como The Poodles, mas este quarteto vem mostrando muita competência e uma sensível progressão desde 2006, ano em que marcaram sua estreia em disco. E estas são observações que novamente se aplicam a seu quarto álbum, "Performocracy", um fruto típico da cena musical da Suécia.

A vibração de "Performocracy" é ótima, com todo o Hard Rock de melodias grudentas, refrões bombásticos e um permanente clima de festa, mesmo que se invista em arranjos mais pesados que cheguem a beirar o território do Heavy Metal propriamente dito em algumas ocasiões. E, ainda que o repertório seja fortemente calcado na cena do final dos anos 1980 e início da década seguinte, nada cheira a mofo, o pessoal sabiamente faz questão em exibir uma veia mais contemporânea, resultado de cuidadosa atenção aos detalhes nos estúdios.

publicidade

Ainda que a audição seja das mais gratificantes, dá para pinçar como destaques a abertura "I Want It Al", que define bem a tendência do disco, além de o single "Cuts Like A Knife" e a pesadíssima "Your Time Is Now" mostrarem como a banda evoluiu positivamente nestes poucos anos. E as baladas continuam sendo um fator importantíssimo nos álbuns do gênero, tendo em "As Time Is Passing" um exemplo de ‘finesse’ nos arranjos e um ótimo desempenho do vocalista Jakob Samuel.

publicidade

O "Performocracy" é praticamente um tributo aos nomes que fizeram história no período de outro do Hard Rock. Um item que merece constar na prateleira de qualquer apreciador do Hard Rock, já tão explorado por nomes como Treat e TNT, além de feras mais atuais como Wigwam e H.E.A.T. – agora só falta a Hellion Records acordar para a vida e liberar logo esse disco no mercado brasileiro... Já prometeram faz tempo!

publicidade

Contato:
http://www.poodles.se
http://www.myspace.com/thepoodles

Formação:
Jakob Samuel - voz
Henrik Bergqvist - guitarra
Pontus Egberg - baixo
Christian Lundqvist - bateria

The Poodles – Performocracy
(2011 / Frontiers Records – importado)

publicidade

01. I Want It Al
02. Until Our Kingdom Falls
03. Father To A Son
04. I Believe In You
05. Cuts Like A Knife
06. As Time Is Passing
07. Love Is All
08. Your Time Is Now
09. Action!
10. Bring Back The Night
11. Vampire´s Call
12. Into The Quiet Night




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Power Metal: os dez álbuns essenciais do gêneroPower Metal
Os dez álbuns essenciais do gênero

Roadrunner: os melhores frontmen de todos os temposRoadrunner
Os melhores frontmen de todos os tempos


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin