RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO álbum que dava medo no adolescente Kisser: "Trancava vinil no armário para dormir"

imagemPara Regis Tadeu, só existe uma coisa mais chata que o som do Dream Theater

imagemA única banda inédita em condições de ser headliner do metal no RIR, segundo Rick Dallal

imagemNamorada de Slash posta vídeo do Guns N' Roses ensaiando música inédita

imagemVídeo mostra Ozzy Osbourne caminhando com muita dificuldade pelas ruas

imagemO solo da discórdia que fez Marty Friedman sair do Megadeth, segundo Dave Mustaine

imagemQuando Raul Seixas "se vendeu ao sistema", mas deixou escondida uma sementinha anárquica

imagemEngenheiros do Hawaii não era uma banda amiga da galera, diz ex-baterista

imagemGuns N' Roses lança vídeo oficial de "You Could Be Mine" ao vivo no Ritz de 1991

imagemEntrevista de Roger Waters pode arruinar venda bilionária do Pink Floyd

imagemOzzy Osbourne diz que David Lee Roth era meio biruleibe das ideias

imagemFãs assustam Serj Tankian quando o encontram e gritam "WAKE UP!" em seu ouvido

imagemA música de Paul McCartney que flopou nos Beatles, mas bombou em carreira solo

imagemIron Maiden anuncia "The Future Past Tour", com foco no "Somewhere in Time" e "Senjutsu"

imagemCópias físicas de novo álbum do Slipknot saíram com erro no título


Stamp

Vintersorg: Cheio de honestidade, respeito e dignidade

Resenha - Jordpuls - Vintersorg

Por Pierre Cortes
Fonte: Heavy Nation
Em 16/11/11

Após quatro longos anos de silêncio desde o excelente álbum Solens Rötter, lançado em 2007, o VINTERSORG reaparece para a grande alegria dos fãs da música extrema com Jordpuls ("O Pulso da Terra", em sueco), seu mais novo trabalho.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Muito bem, a fórmula é basicamente a mesma utilizada não somente no álbum anterior, mas ao longo da trajetória destes suecos. Todo o trabalho é cantado no idioma nativo e ao longo dos quase 47 minutos de audição, os fãs irão se deparar com riffs de guitarra poderosos e rápidos, vocais limpos que se alternam com os rasgados e agressivos, excelente marcação na bateria e refrãos contagiantes.

De cara já nos deparamos com "Världsalltets Fanfar", cujos 4 segundos iniciais nos mostram um Vintersorg calmo e praticamente atmosférico - puro engano. A música é porradaria pura e certamente é a mais rápida do álbum. A faixa seguinte, "Klippor Och Skär", também de começo mais lento e andamento mais acelerado posterior, é recheada com teclados que dão uma ambientação e que justificam o estilo folk da banda.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

As faixas seguintes que mais se destacam são "Mörk Nebulosa", com uma bateria rápida, precisa e bem marcante; "Skogen Sover", de início bastante devagar, suave e com um som de fundo que mistura um uivo de lobo ao vento, transportando os ouvintes para o alto de uma montanha nas terras geladas; "Vindögat", trazendo linhas vocais extremamente rasgadas e agressivas em grande parte da música e que em alguns momentos se harmonizam com vozes mais calmas e limpas, finalizando com um coro que lembra um hino de guerra.

Enfim, Jordpuls não é aquele tipo de álbum que mostra um VINTERSORG diferenciado e repleto de novidade. Pelo contrário. Mas uma coisa é fato: eles continuam bons, técnicos, fiéis e fazendo música cheia de honestidade e muito, mas muito respeito e dignidade.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Line-up:
Vintersorg – Vocais, Guitarra, Teclado, Baixo, Efeitos Digitais, Bateria Programada
Mattias Marklund – Guitarra

Faixas:
1. Världsalltets Fanfar
2. Klippor Och Skär
3. Till Dånet Av Forsar Och Fall
4. Mörk Nebulosa
5. Stjärndyrkan
6. Skogen Sover
7. Vindögat
8. Palissader
9. Eld Och Lågor


Outras resenhas de Jordpuls - Vintersorg

Resenha - Jordpuls - Vintersorg

Resenha - Jordpuls - Vintersorg

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

NFL Steve Harris


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Geologia: Os 5 lugares mais "Metal" do planeta

Fotos de Infância: Gene Simmons, do Kiss

Marilyn Manson: ele removeu costelas para praticar autofelação?


Sobre Pierre Cortes

Pierre Cortes, paulistano, bacharelado em Publicidade e em Cinema, amante da fotografia e escrita, apreciador do Heavy Metal e todas as suas subdivisões desde o início dos anos 80, colaborador do Whiplash.Net desde 2011, Twitter - @pierrecortes.

Mais matérias de Pierre Cortes.