Anthrax: Belladonna está no auge, e não está sozinho

Resenha - Worship Music - Anthrax

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Christiano K.O.D.A.
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


A espera por esse álbum foi algo tão esperado quanto incerto em relação à sua qualidade. Afinal, depois de tantos rolos envolvendo troca de vocalistas (John Bush é genial, que conste nos autos), muitos ficaram com um pé atrás do que estaria por vir. E particularmente depois de assistir ao DVD do Big four e ficar meio descontente com o timbre de Joey Belladonna ao vivo, tudo ficou ainda mais inseguro.
1809 acessosManowar, Joan Jett e outros: gravando Rap antes do New Metal?5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1989

E ao ouvir o primeiro canto do cara... PUTZ, ELE CANTA MUITO!!! Foi um tremendo alívio. Pois agora é possível afirmar com todas as letras: Belladonna está no auge, e obviamente não está sozinho. Afinal, o time que compõe a Anthrax é no mínimo extraordinário. O que dizer de Charlie Benante, com sua incrível criatividade na bateria? E dos “riffers” Scott Ian e Rob Caggiano? Sem comentários, não? Obviamente que não podemos nos esquecer do carismático Frank Bello, que toca baixo e agita como poucos.

E a surpresa já começa logo após a introdução, num surpreendente blast beat de Benante em “Whorship”, a melhor faixa do disco. Já abriram muito bem e o nível se mantém alto por todo o play, sem baixas. Mas vale destacar também “Revolution Screams”, bastante agressiva e pesada, numa levada realmente empolgante.

É difícil dizer hoje que a Anthrax faz thrash metal, ou melhor dizendo, somente thrash metal. Os caras estão num estágio da carreira que executam simplesmente metal pesado e mesmo assim, alternado com sons mais “mansos”, mas sempre muito bem executados.

Já falei um pouco das guitarras, mas retomo o assunto, já que o trabalho feito aqui é brilhante. Mais uma vez a dupla estava inspiradíssima quando criou cada riff, cada melodia. Simplesmente um espetáculo. Ao lado do vocal, as doze cordas são o outro pilar de “Whorship Music”.

Quanto à arte gráfica, é interessante falar da capa que, a princípio, parece bastante simples, mas ao olhar atentamente e perceber seus detalhes, você fica impressionado com os cuidados em sua criação. Aliás, vejam também a ilustração interna, com os integrantes lutando contra eles mesmos, em versão zumbi. Que obra de arte excepcional! Ah, sim, e ao desdobrar o encarte, você dá de cara com um mini-poster da capa do disco. Lindo!

Esse trabalho já entra para os maiores da discografia do grupo. De certo modo, é um retorno que orgulha a cena metálica mundial (viu, Morbid Angel?). O negócio é correr atrás do álbum e se deliciar com tantas composições elaboradas. E um ótimo lembrete: a Laser Company (www.lasercompanymusicstore.com.br) trouxe a versão nacional com música bônus. Aí, sim!

Anthrax – Worship Music
Laser Company – 2011 – Estados Unidos
http://www.myspace.com/Anthrax

Tracklist
1. Worship (Intro)
2. Earth on Hell
3. The Devil You Know
4. Fight 'Em 'Til You Can't
5. I’m Alive
6. Hymn 1
7. In the End
8. The Giant
9. Hymn 2
10. Judas Priest
11. Crawl
12. The Constant
13. Revolution Screams
14. New Noise (Refused Cover) - Bônus

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Worship Music - Anthrax

2077 acessosAnthrax: Um dos melhores lançamentos de 20112301 acessosAnthrax: "Workship Music" é uma avalanche de riffs e solos5000 acessosAnthrax: Worship Music é o fim de uma longa novela5000 acessosAnthrax: Um discaço de Metal, altamente recomendado5000 acessosAnthrax: Já na lista de melhores lançamentos de 20113800 acessosAnthrax: Este é o disco que os fãs estavam esperando

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Manowar, Joan Jett e outrosManowar, Joan Jett e outros
Gravando Rap antes do New Metal?

2036 acessosLoudwire: as 10 melhores bandas americanas de Metal3115 acessosRudy Sarzo: nova banda de Thrash com ex-Anthrax e ex-Journey0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Anthrax"

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1987

AnthraxAnthrax
Spitz afirma que Jesus é a razão de ele ainda respirar

Andreas KisserAndreas Kisser
"Tocar com o 'Big Four' foi incrível"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Anthrax"

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1989

SlayerSlayer
Cronologia de Jeff, da picada da aranha até a morte

PoeiraPoeira
A fúria de Ian Anderson pra cima do Led Zeppelin

5000 acessosRobert Plant: "quase saí do Led quando meu filho morreu"5000 acessosMetromix: a lista dos vocalistas mais irritantes do rock5000 acessosGuitar World: revista elege os 50 guitarristas mais rápidos5000 acessosDavid Lee Roth: Cocaína, putaria e mais cocaína5000 acessosSteven Adler: memórias perdidas com Lars Ulrich e John 55000 acessosAC/DC e Guns: Incontinência urinária de Slash bêbado ajudou na escolha de restaurante

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online