Anthrax: Já na lista de melhores lançamentos de 2011

Resenha - Worship Music - Anthrax

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Oito anos se passaram desde que o ANTHRAX lançou “We´ve Come for You All”, e desde então a banda perdeu o vocalista John Bush, teve Joey Belladonna novamente por um curto período de tempo, efetivou o vocalista Dan Nelson, que teve uma passagem meteórica pela banda, teve o retorno também passageiro de John Bush (apenas para alguns shows), e agora efetivou Joey Belladonna novamente, e enfim chega a seu décimo álbum de estúdio. E que álbum legal!
1827 acessosManowar, Joan Jett e outros: gravando Rap antes do New Metal?5000 acessosRockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus

Quem teve a oportunidade de assistir aos shows da banda no Big Four, teve a oportunidade de presenciar o tanto que a banda está matadora ao vivo com a “nova” formação, tendo uma das melhores performances do festival. Mas todos os fãs estavam mesmo apreensivos para saber como a banda soaria novamente em estúdio, com sua formação clássica, já que no álbum anterior modernizou muito seu som.

E mesmo tendo se passado mais de 20 anos do último álbum com Joey nos vocais (seu último álbum foi “Persistence of Time”, de 1990), temos a impressão que os músicos nunca se separaram, tendo em vista tamanho entrosamento e afinidade musical entre a banda e o vocalista (apesar das rugas ainda existentes entre alguns dos demais membros da banda e o frontman), que continua sendo muito carismático, possuindo uma das vozes mais legais do thrash metal.

Neste novo lançamento, a banda não abandonou de vez os elementos modernos que incorporou em seu som, principalmente nas quebradas no momento dos refrões, repletos de melodia. Mas é evidente que incluíram muito mais elementos de thrash metal nas composições se comparado com seus lançamentos anteriores, mas investindo mais no peso do que na velocidade, com destaque principalmente para as guitarras de Scott Ian e Rob Caggiano, com seus riffs marcantes e muito bem estruturados.

Após a introdução com a faixa título, temos a pesadíssima “Earth on Hell”, repleta de riffs no melhor estilo ANTHRAX clássico, com passagens rápidas e repletas de felling, e um refrão excepcional, cheia de coros, além de algumas passagens de bateria com blast beats, novidade para os padrões da banda.

A já conhecida “The Devil You Know” mantem a pegada do trabalho, tendo como grande destaque os vocais de Joey, aliando passagens melódicas e agressivas com maestria. O refrão é um pouco mais comercial, mas nada que comprometa a qualidade da composição. “Fight Em Til You Can´t” é a típica faixa thrash metal da velha escola, com riffs muito criativos, vocais agressivos, bateria insane, baixo marcado e solos marcantes, sendo sem dúvida uma das melhores do trabalho, tendo tudo para se tornar mais um clássico da banda.

“I´m Alive” é um pouco mais cadenciada, mas sem perder o peso, e possui um belo refrão. E após mais uma intro “Hymn 1”, segue a épica “In the End”, recheada de climas e ultra pesada, cheia de riffs inspirados e com uma lírica viciante, daquelas que não se cansa de ouvir. Na minha opnião a melhor do disco, seguindo a linha de músicas como “Indians”.

“The Giant” é mais uma canção típica do ANTHRAX, cheia de peso e groove, com Charlie Benante quebrando tudo na batera. Na sequencia, mais uma intro (“Hymn 2”) abre espaço para a excelente “Judas Priest”, também repleta de riffs e vocais espetaculares.

Na reta final do álbum, temos a semi balada “Crawl”, bem pesada e com harmonias carregadas, no melhor estilo DOWN; a cadenciada “The Constant”, totalmente influenciada por PANTERA, com muito peso e groove; e “Revolution Screams”, que lembra um pouco SUICIDAL TENDENCIES.

Um excelente retorno do ANTHRAX, podendo este “Worship Music” figurar facilmente entre os melhores álbuns da rica discografia da banda, embora não tenha a mesma pegada dos seus primeiros discos. Já na lista de melhores lançamentos de 2011. Vida longa ao thrash metal, vida longa ao ANTHRAX!

Worship Music - Anthrax
(2011 – Laser Company - Nacional)

Formação:
Joey Belladonna - Vocals
Scott Ian - Guitars
Rob Caggiano - Guitars
Frank Bello - Bass
Charlie Benante - Drums

Track List:

1. Worship (intro)
2. Earth on Hell
3. The Devil You Know
4. Fight Em Til You Can t
5. I m Alive
6. Hymn 1
7. In the End
8. The Giant
9. Hymn 2
10. Judas Priest
11. Crawl
12. The Constant
13. Revolution Screams

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Worship Music - Anthrax

2081 acessosAnthrax: Um dos melhores lançamentos de 20112301 acessosAnthrax: "Workship Music" é uma avalanche de riffs e solos5000 acessosAnthrax: Worship Music é o fim de uma longa novela3987 acessosAnthrax: Belladonna está no auge, e não está sozinho5000 acessosAnthrax: Um discaço de Metal, altamente recomendado3800 acessosAnthrax: Este é o disco que os fãs estavam esperando

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 15 de setembro de 2011

Manowar, Joan Jett e outrosManowar, Joan Jett e outros
Gravando Rap antes do New Metal?

2064 acessosLoudwire: as 10 melhores bandas americanas de Metal0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Anthrax"

Whatculture!Whatculture!
Site elege dez maiores discos de Thrash Metal

Metal HeavyMetal Heavy
10 clássicos para entender o Thrash Metal

O Metal continua relevante?O Metal continua relevante?
As melhores músicas lançadas recentemente

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Anthrax"

Blasfêmias?Blasfêmias?
Rockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus

Thrash MetalThrash Metal
20 bandas brasileiras de qualidade inquestionável

MetallicaMetallica
Hammett e Ulrich escolhem álbuns e músicas da década

5000 acessosLemmy: "as pessoas se tornam melhores quando morrem"5000 acessosAs regras do New Metal/Nu-metal5000 acessosHeadbangers: o preconceito mostrado em vídeo bem-humorado5000 acessosO Rock Nunca Morrerá: duas bandas finlandesas que você precisa conhecer5000 acessosPattie Boyd: o infernal triângulo com George Harrison e Eric Clapton5000 acessosAquiles Priester sobre Whiplash: "Também já sangrei tocando"

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online