Matérias Mais Lidas

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemEddie aparece em versão samurai no primeiro show do Iron Maiden em 2022; veja foto

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemDee Snider cutuca bandas com falsas aposentadorias e ingressos caros

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden tocou no primeiro show de 2022

imagemO clássico do Helloween que fez Angra mudar nome original de "Running Alone"

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemEvanescence anuncia a saída da guitarrista Jen Majura

imagemIron Maiden apresenta Eddie em versão samurai ao vivo; veja vídeo oficial

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemComo CDs e MP3s decepcionaram Jimmy Page

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos

imagemRobert Trujillo conta como uma abelha e "migué" quase causaram treta com James Hetfield


Stamp

Vain: Este não é mais um caça-níqueis ridículo

Resenha - Enough Rope - Vain

Por Ben Ami Scopinho
Em 12/10/11

Nota: 8

Os últimos anos apresentaram forte tendência em as bandas aposentadas retornar à cena com algum novo álbum, e o que tem aparecido de caça-níqueis ridículos por aí não é brincadeira. De qualquer forma, este não é o caso do norte-americano Vain, competente banda de Hard Rock surgida na Bay Área de 1985 e que debutou com o invejável "No Respect" (89), seguindo determinado com mais quatro álbuns para ceder e encerrar as atividades em 1995.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Esse foi um hiato que perdurou por uma década, e boa parte do público ficou muito satisfeito com o anúncio de que "On The Line" marcava o retorno do Vain com a formação original praticamente intacta. E este, sim, é um retorno que merece ser levado a sério, pois agora está chegando ao mercado "Enough Rope", um sucessor que continua mostrando uma gratificante (e subestimada) habilidade e inspiração depois de tanto tempo.

Novamente mantendo a integridade artística, o Vain explora seus arranjos com um senso melódico dos mais apurados, onde os guitarristas Scott e West disparam riffs muito bons; e naturalmente a infalível voz estranhamente resmungona e arrogante de Davy continua mantendo todas as características de sua juventude. E, ainda que o repertório seja bem equilibrado, são canções como a suja "Triple X", a adrenalina de "Solid Gold", "Vain" (a canção) ou "Worship You" as que se destacam com folgas.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Mesmo com os compreensíveis detratores, os dias de glória que o Hard Rock desfrutou nos anos 80 já fazem parte de uma história que é referência direta para muitos conjuntos da nova geração. Se o citado "No Respect" continua recebendo elogios em pleno novo milênio, o Vain comprova estar em ótima forma ao fazer com que "Enough Rope" funcione tão bem quanto. Indicadíssimo aos amantes do gênero!

Contato:
http://www.davyvain.com
http://www.myspace.com/vainkeepshiningon

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Formação:
Davy Vain - voz
Jamie Scott - guitarra
Danny West - guitarra
Ashley Mitchell - baixo
Tommy Rickard - bateria

Vain - Enough Rope
(2011 / Jackie Rainbow Records – importado)

01. Greener
02. Triple X
03. Hot Stage Lights
04. Stray Kitten Burns
05. Cindy
06. Treasure Girl
07. Enough Rope
08. Solid Gold
09. Distance Of Love
10. Vain
11. Worship You

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.