Coverdale / Page: Dois monstros do Rock em um grande álbum

Resenha - Coverdale - Page - David Coverdale & Jimmy Page

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por R.C. Sanches
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Minha mãe sempre dizia: ‘’O mundo da voltas, filho’’. E assim como a Lei de Murphy, essa afirmação também é Lei e, também rege todo o universo. Um exemplo no mundo do rock, é a dupla David Coverdale & Jimmy Page.
3725 acessosDream Theater: 10 dos melhores covers tocados pela banda5000 acessosGastão Moreira: A coleção do VJ, apresentador e jornalista musical

‘’Como Assim?’’, você se pergunta ai do outro lado. É simples, durante algum tempo, antes de se fazer o álbum em questão, David Coverdale afirmava que o Led Zeppelin plagiou muitas músicas ao longo da carreira. Essa afirmação feria, não só o pessoal inteiro do Led Zeppelin, mas em especial, um personagem crucial no negócio todo do álbum ‘’Coverdale – Page’’, Jimmy Page.

E assim foi indo até uma linda tarde ensolarada do ano de 1991, há exatos 20 anos, que nosso querido David Coverdale, defensor dos plagiados e dos oprimidos, fora convidado para participar de um trabalho paralelo com Jimmy Page, sim amiguinhos, o mesmo que fora acusado de plágio pelo vocalista.

Negócios são negócios, e não há nada, entre dois monstros do rock, que não possa ser resolvido com um álbum que prometia vendagens exorbitantes, uma bruta turnê e umas garrafas de Jack Daniel’s.

Foi na casa de Jimmy Page que a bagaça toda começou a ser feita. No estúdio caseiro do guitarrista foram feitas algumas jams, que empolgava, cada vez mais, os dois músicos, e por consequência fora assinado um contrato, e o projeto ‘’Coverdale – Page’’ começava. Mas tudo foi feito por baixo dos panos, sem ninguém saber.

Com o álbum feito, o lançaram em 1993, e com os seguintes singles para a promoção do disco: ''Shake My Tree'', "Take Me for a Little While", "Take a Look at Yourself", "Over Now", e ''Pride And Joy''.

Com o álbum lançado, começam-se as turnês. A primeira turnê, e única, foi no Japão, e foi um sucesso total, com sete shows de ótima qualidade. Porém, nada disso bastou, e os convites para outras turnês na Europa e EUA não vieram.

O álbum não teve tanta repercussão como esperado, mas foi o suficiente para atiçar, um certo ciúmes, por parte de Robert Plant, que afirmava que Coverdale o copiava, e colocou um certo apelido ‘’carinhoso’’ no vocalista do Whitesnake, ‘’Coverversion’’.

A pouca repercussão e as apresentações de Coverdale nos shows deixavam os empresários mais incomodados com as vendagens do álbum. Elas eram boas, mas não exorbitantes, como era de se esperar de uma dupla de peso como aquela. E, negócios sendo negócios, não há nada, entre dois monstros do rock que não possa ser desfeito com um álbum sem vendagens exorbitantes, e sem turnês ao redor do mundo.

Com o fim do projeto, os empresários de Jimmy Page não perderam tempo, e fizeram uma parceria entre o guitarrista e seu antigo companheiro de Led Zeppelin, Robert Plant. Parceria essa que rendeu o álbum ‘’No Quarter’’, de 1994, e o de inéditas ‘’Walking Into Clarcksdale’’, de 1997. E David Coverdale voltou, em 1997, com o Whitesnake. Lançando no mesmo ano, dois álbuns, ‘’Restless Heart ‘’, e o acústico ‘’Starkers In Tokyo’’.

Mesmo não durando, a dupla feita por David Coverdale & Jimmy Page, deixou um grande álbum de rock, que apresentam músicas que se destacam na discografia dos dois músicos, como o rock com um belíssimo riif ''Shake My Tree'' (que foi executada em alguns shows de Jimmy Page com o Robert Plant), a balada com uma levada Zeppeliana ''Take Me For A Little While'', a com um refrão grudento do tipo Whitesnake ''Take A Look At Yourself'', o blues forte de ''Don't Leave Me This Way'', e a pesada ''Whisper A Prayer For The Dying'' que encerra o álbum com chave de ouro. Há outras músicas que não foram lançadas com o álbum, mas podem ser ouvidas no youtube, como ‘’Saccharin’’, e ‘’Southern Comfort’’.

Faixas:
1. Shake My Tree
2. Waiting On You
3. Take Me For A Little While
4. Pride And Joy
5. Over Now
6. Feeling Hot
7. Easy Does It
8. Take A Look At Yourself
9. Don't Leave Me This Way
10. Absolution Blues
11. Whisper A Prayer For The Dying

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Dream TheaterDream Theater
10 dos melhores covers tocados pela banda

1296 acessosHard Rock e Metal: em vídeo, os dez álbuns mais vendidos nos EUA774 acessosLed Zeppelin: Bonham é homenageado com placa em sua cidade natal793 acessosLed Zeppelin: advogados exigem que reclamantes paguem as custas1467 acessosThem Crooked Vultures: Grohl diz que banda deve retornar em breve0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Led Zeppelin"

Stones, Led, Nazareth e outrosStones, Led, Nazareth e outros
Rockers que já gravaram Reggae

AC/DC, Wings, Eagles e maisAC/DC, Wings, Eagles e mais
Os grandes álbuns lançados em 1976

Jimmy PageJimmy Page
Irritadíssimo quando questionado sobre uso de heroína

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Coverdale Page"0 acessosTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"0 acessosTodas as matérias sobre "Whitesnake"

Collectors RoomCollectors Room
A coleção de Gastão Moreira, ex-VJ do programa Fúria Metal

Collectors RoomCollectors Room
Baixos, guitarras, calcinhas, e máquina de pinball do Kiss?

Vanusa e Black SabbathVanusa e Black Sabbath
A notável coincidência nos riffs

5000 acessosMTV Unplugged: As 25 melhores apresentações da história5000 acessosMônica Guedes: "seus heróis morreram de overdose, os meus morrem na estrada, trabalhando"5000 acessosQueen: 10 coisas que você não sabe sobre Bohemian Rhapsody5000 acessosMyles Kennedy: para ele, Guns N' Roses prova que Gene Simmons está errado4110 acessosMegadeth: "meu dom veio de Deus", diz Dave Mustaine4610 acessosIron Maiden: as 10 melhores músicas co-escritas por Dave Murray

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre R.C. Sanches

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online