Coverdale / Page: Dois monstros do Rock em um grande álbum

Resenha - Coverdale - Page - David Coverdale & Jimmy Page

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por R.C. Sanches
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Minha mãe sempre dizia: ''O mundo da voltas, filho''. E assim como a Lei de Murphy, essa afirmação também é Lei e, também rege todo o universo. Um exemplo no mundo do rock, é a dupla David Coverdale & Jimmy Page.

Jimmy Page: relembrando o primeiro show feito pelo Led ZeppelinMetal Alemão: as 10 melhores bandas segundo o About.com

''Como Assim?'', você se pergunta ai do outro lado. É simples, durante algum tempo, antes de se fazer o álbum em questão, David Coverdale afirmava que o Led Zeppelin plagiou muitas músicas ao longo da carreira. Essa afirmação feria, não só o pessoal inteiro do Led Zeppelin, mas em especial, um personagem crucial no negócio todo do álbum ''Coverdale - Page'', Jimmy Page.

E assim foi indo até uma linda tarde ensolarada do ano de 1991, há exatos 20 anos, que nosso querido David Coverdale, defensor dos plagiados e dos oprimidos, fora convidado para participar de um trabalho paralelo com Jimmy Page, sim amiguinhos, o mesmo que fora acusado de plágio pelo vocalista.

Negócios são negócios, e não há nada, entre dois monstros do rock, que não possa ser resolvido com um álbum que prometia vendagens exorbitantes, uma bruta turnê e umas garrafas de Jack Daniel's.

Foi na casa de Jimmy Page que a bagaça toda começou a ser feita. No estúdio caseiro do guitarrista foram feitas algumas jams, que empolgava, cada vez mais, os dois músicos, e por consequência fora assinado um contrato, e o projeto ''Coverdale - Page'' começava. Mas tudo foi feito por baixo dos panos, sem ninguém saber.

Com o álbum feito, o lançaram em 1993, e com os seguintes singles para a promoção do disco: ''Shake My Tree'', "Take Me for a Little While", "Take a Look at Yourself", "Over Now", e ''Pride And Joy''.

Com o álbum lançado, começam-se as turnês. A primeira turnê, e única, foi no Japão, e foi um sucesso total, com sete shows de ótima qualidade. Porém, nada disso bastou, e os convites para outras turnês na Europa e EUA não vieram.

O álbum não teve tanta repercussão como esperado, mas foi o suficiente para atiçar, um certo ciúmes, por parte de Robert Plant, que afirmava que Coverdale o copiava, e colocou um certo apelido ''carinhoso'' no vocalista do Whitesnake, ''Coverversion''.

A pouca repercussão e as apresentações de Coverdale nos shows deixavam os empresários mais incomodados com as vendagens do álbum. Elas eram boas, mas não exorbitantes, como era de se esperar de uma dupla de peso como aquela. E, negócios sendo negócios, não há nada, entre dois monstros do rock que não possa ser desfeito com um álbum sem vendagens exorbitantes, e sem turnês ao redor do mundo.

Com o fim do projeto, os empresários de Jimmy Page não perderam tempo, e fizeram uma parceria entre o guitarrista e seu antigo companheiro de Led Zeppelin, Robert Plant. Parceria essa que rendeu o álbum ''No Quarter'', de 1994, e o de inéditas ''Walking Into Clarcksdale'', de 1997. E David Coverdale voltou, em 1997, com o Whitesnake. Lançando no mesmo ano, dois álbuns, ''Restless Heart '', e o acústico ''Starkers In Tokyo''.

Mesmo não durando, a dupla feita por David Coverdale & Jimmy Page, deixou um grande álbum de rock, que apresentam músicas que se destacam na discografia dos dois músicos, como o rock com um belíssimo riif ''Shake My Tree'' (que foi executada em alguns shows de Jimmy Page com o Robert Plant), a balada com uma levada Zeppeliana ''Take Me For A Little While'', a com um refrão grudento do tipo Whitesnake ''Take A Look At Yourself'', o blues forte de ''Don't Leave Me This Way'', e a pesada ''Whisper A Prayer For The Dying'' que encerra o álbum com chave de ouro. Há outras músicas que não foram lançadas com o álbum, mas podem ser ouvidas no youtube, como ''Saccharin'', e ''Southern Comfort''.

Faixas:
1. Shake My Tree
2. Waiting On You
3. Take Me For A Little While
4. Pride And Joy
5. Over Now
6. Feeling Hot
7. Easy Does It
8. Take A Look At Yourself
9. Don't Leave Me This Way
10. Absolution Blues
11. Whisper A Prayer For The Dying




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Coverdale Page"Todas as matérias sobre "Led Zeppelin"Todas as matérias sobre "Whitesnake"Todas as matérias sobre "Jimmy Page"Todas as matérias sobre "David Coverdale"


Jimmy Page: relembrando o primeiro show feito pelo Led Zeppelin

Led Zeppelin: Jason ficou devastado quando projeto com Plant, Page e Jones não vingouLed Zeppelin
Jason ficou devastado quando projeto com Plant, Page e Jones não vingou

Solos de guitarra estendidos: os melhores feitos em shows ao vivoSolos de guitarra estendidos
Os melhores feitos em shows ao vivo

Em 20/08/1948: nascia Robert Plant, a lendária voz do Led ZeppelinEm 20/08/1948
Nascia Robert Plant, a lendária voz do Led Zeppelin

Heart: banda toca "Stairway To Heaven" em show; assista

Foo Fighters: vídeos da banda tocando Led com Page e Jones são divulgadosFoo Fighters
Vídeos da banda tocando Led com Page e Jones são divulgados

Robert Plant: falando brevemente sobre a explosão do grungeRobert Plant
Falando brevemente sobre a explosão do grunge

John Paul Jones: músico anuncia o novo projeto Sons of ChipotleJohn Paul Jones
Músico anuncia o novo projeto Sons of Chipotle

Led Zeppelin: Orquestra vai recriar sucessos no Allianz Parque Hall

Korn: álbum de covers deve rolar e pode ter até versão de LedKorn
álbum de covers deve rolar e pode ter até versão de Led

Rodz Online: Dia Mundial do Rock, o Live Aid 1985 (vídeo)

Lars Ulrich: a diferença entre o Purple, o Led e o SabbathLars Ulrich
A diferença entre o Purple, o Led e o Sabbath

Guitar World: melhores solos de guitarra de todos os temposGuitar World
Melhores solos de guitarra de todos os tempos

Solos de guitarra: 0s 10 melhores segundo a Classic Rock MagazineSolos de guitarra
0s 10 melhores segundo a Classic Rock Magazine


Metal Alemão: as 10 melhores bandas segundo o About.comMetal Alemão
As 10 melhores bandas segundo o About.com

Dave Mustaine: Kiko é o primeiro que me intimida desde FriedmanDave Mustaine
"Kiko é o primeiro que me intimida desde Friedman"

Separados no nascimento: Paul Stanley e Ioná MagalhãesSeparados no nascimento
Paul Stanley e Ioná Magalhães

Danilo Gentili: O sertanejo tem mais atitude roqueira que o próprio roqueiroBlack Sabbath: About.com elege os 5 melhores álbuns da bandaTop 10: Os melhores bateristas do rock alternativoOzzy Osbourne: dando "chega mais" em Mônica Apor na coletiva

Sobre R.C. Sanches

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336