Valhalla: Um grande lançamento do underground brasileiro

Resenha - Petrean Self - Valhalla

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Christiano K.O.D.A., Fonte: Som Extremo
Enviar Correções  

publicidade

9


Há quase uma década o Brasil testemunhou um dos grandes lançamentos de sua cena underground. E foi de Brasília que veio o petardo thrash/death metal "Petrean Self", da banda feminina Valhalla.

Aerosmith: Steven Tyler e três mulheres nuas no chuveiro

Hard Rock e Heavy Metal: Os 10 videos mais toscos "sem querer"

As garotas já estão na ativa desde 1989, mas até então, nunca haviam tido de fato uma chance de mostrar toda a sua competência para o mundo. Pois foi com esse álbum, um marco na história do metal brazuca, que tiveram o reconhecimento há tempos merecido.

O nível técnico das músicas assusta. O CD possui uma incrível qualidade e criatividade. As meninas (bom, nessa gravação, foi um homem que tocou bateria) são brutais, e fazem miséria com seus respectivos instrumentos. É death metal sem frescura, mas muito bem executado. Sim, as garotas despejam uma avalanche de bons riffs, e juntamente com a bateria, alcançam uma sonoridade fabulosa, praticamente perfeita.

E são os riffs maravilhosos de "Between Dimensions" que impressionam. "Renunciation" também é grandiosa, cheia de peso e alguma melodia. A sexta música – "Battle by Truth" – também é um show de técnica e precisão. Que brutalidade! E a última faixa – "In the Darkness of Limb" – é na verdade uma regravação da música que dava título ao disco lançado em 1994. Mas querem saber? A versão original é melhor, tem mais pegada! Ainda sim, meus amigos, é tudo de altíssimo nível. A capa é linda, assim como o logotipo da banda e o restante do encarte, e a gravação é um tanto crua, mas muito boa!

Em 2009, as garotas soltaram o MCD "Innerstorm", e depois, deram uma sumida. Que não demorem para lançar outra obra-prima, pois são grandes trabalhos como "Petrean Self" que dão argumento a nós, brasileiros, de que o death metal daqui é um dos melhores do planeta. Alguém discorda?

Valhalla – Petrean Self
Hellion Records – 2002 – Brasil
http://www.myspace.com/valhalladeathmetal

Tracklist
1. Intro
2. Unleash the Power
3. Between Dimensions
4. Renunciation
5. Celebrate of Circle
6. Battle by Truth
7. Inside
8. Labyrinth of Memories
9. Raven
10. The Last of Beings
11. In the Darkness of Limb


Outras resenhas de Petrean Self - Valhalla

Resenha - Petrean Self - Valhalla




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Aerosmith: Steven Tyler e três mulheres nuas no chuveiroAerosmith
Steven Tyler e três mulheres nuas no chuveiro

Hard Rock e Heavy Metal: Os 10 videos mais toscos sem quererHard Rock e Heavy Metal
Os 10 videos mais toscos "sem querer"


Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin