Rotting Flesh: A mais violenta putrefação auditiva

Resenha - Submandible Linphatic Muscles - Rotting Flesh

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Christiano K.O.D.A., Fonte: Som Extremo
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 9


Há tempos eu queria falar desse CD aqui. Para quem não sabe, a Rotting Flesh foi um dos maiores, melhores e mais influentes conjuntos de goregrind do país. E influenciou também muita banda lá fora. Em outras palavras, sua importância para o underground é indiscutível.

Nirvana: colunista da Folha pergunta se banda planeja shows no Brasil e viralizaR.E.M.: banda é dona da faixa que mais faz o homem chorar

A banda do interior de São Paulo manda ver na mais violenta putrefação auditiva, suja e doentia, recheada de blast beats, guitarras com baixa afinação, vocais guturais e cheios de efeito, e o baixo fazendo aquela deliciosa serra elétrica. Basicamente é o seguinte: ao apertar o "play", você automaticamente aciona o botão de autodestrição do seu aparelho de som.

Bom, e as letras, claro, não poderiam falar de outro assunto que não fossem doenças, deformidades e tragédias em geral. Tá, isso foi chover no molhado, mas é sempre bom dar uma reforçada na ideia anormal.

O álbum já abre com uma das melhores do disco, "Suppurated Inflammation of Fecal Excretor", muito podrona, violenta e - que raridade - com um solo! Depois da avalanche, vem a calmaria... ok, mentira, quem estou querendo enganar? Aqui só tem porrada, sem nenhum instante de sossego. Outros destaques? "Unincinerated Inner - Crematorium Furnace", "Blood Carnage (Human Flesh Exposed)" (coverizada pela não menos fenomenal Neuro-Visceral Exhumation), "Encephalic Difuse Enema", "Decomposition of Fetid Limbs", "Intestinal Virulency" (riff bacana) e "Manifestation of Chronic Disease", todos títulos bastante... patológicos e inspirados, vamos dizer.

A capa de "Submandible Linphatic Muscles", assim como as partes de dentro e de trás da caixinha do CD trazem aquelas fotos indigestas típicas do estilo. O encarte é bastante simples, resumido às letras em fundo preto, o que talvez até seja bom. Afinal, o material aqui já choca o suficiente, né? Para que precisaria de mais agressões aos olhos?

A qualidade da gravação não é lá essas coisas, mas se considerarmos que o registro ocorreu há mais de 15 anos, então, temos um produto excelente! E o melhor: o disco traz o 7'' EP "Infanticious Monstrosities", de 1993, como bônus, mas com uma mixagem diferente da versão original. O resultado deixou a sonoridade próxima à das músicas que compõem "Submandible Linphatic Muscles".

E pensar que todo esse barulho foi efetuado por apenas 2 seres vivos! É um trabalho curto, é verdade, com pouco mais de 20 minutos de duração, mas a força e o extremismo das composições valem mais do que inúmeros full lengths de bandas consagradas do underground mundial.

Quem tiver a sorte de achar esse álbum para vender, pode se considerar uma pessoa realizada. Rotting Flesh: essencial para a história do goregrind global.

Rotting Flesh - Submandible Linphatic Muscles
Lofty Storm Records - 1995 - Brasil

Tracklist
1. Suppurated Inflammation of Fecal Excretor
2. Unincinerated Inner - Crematorium Furnace
3. Phlebothrombosis (Intensive Bloodsoacked on Arterial Ducts)
4. Blood Carnage (Human Flesh Exposed)
5. Encephalic Difuse Enema
6. Consumed By Neo - Cannibalistic Worms
7. Thoraco - Abdominal Traumatism 8. Embryonic Fecundation (Maceration Part II)
9. Bizarre Anti - Putrefaction Embalming
10. Mucouteral Maceration
11. Truculent (Cortuse - Cut) Diembowel

Bonustracks (Infanticious Monstrosities Single):
12. Manifestation of Chronic Disease
13. Consumed by Neo - Cannibalistic Worms
14. Decomposition of Fetid Limbs
15. Intestinal Virulency
16. Mucouteral Maceration
17. Cerebral Hemorrhage
18. Malignant Pulmonarcy Cancer



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Rotting Flesh"


Nirvana: colunista da Folha pergunta se banda planeja shows no Brasil e viralizaNirvana
Colunista da Folha pergunta se banda planeja shows no Brasil e viraliza

R.E.M.: banda é dona da faixa que mais faz o homem chorarR.E.M.
Banda é dona da faixa que mais faz o homem chorar


Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin